quinta-feira, 17 de Abril de 2014, 4:50
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Sexta-feira reabrem 23 salas de cinema em Leiria, Loures e Albufeira

21 de Agosto, 2013
Vinte e três salas de cinema em Loures, Leiria e Albufeira, que eram detidas pela exibidora Socorama e que tinham sido encerradas no começo deste ano, vão reabrir ao público na sexta-feira, revelou hoje a empresa Grupo Orient.

As 23 salas estão localizadas no AlgarveShopping (Albufeira), no LouresShopping e no LeiriaShopping, três centros comerciais detidos pelo grupo Sonae Sierra, onde operava a exibidora Socorama, empresa que, no começo deste ano, abriu falência.

Aquelas 23 salas de cinema passam agora a ter a designação Cineplace, uma marca detida pela empresa brasileira Grupo Orient, que opera pela primeira vez em Portugal.

Esta é a primeira fase da reabertura de uma série de salas de cinema que eram exploradas pela exibidora Socorama nos centros comerciais detidos pela Sonae Sierra.

De acordo com a empresa brasileira, até ao final do ano deverão ser reabertas as salas de cinema nos restantes sete comerciais previstos no acordo de exploração com a Sonae Sierra.

O Grupo Orient vai reabrir as salas de cinema do Parque Atlântico (Ponta Delgada, Açores), do Centro Comercial Continente de Portimão, Estação Viana (Viana do Castelo), MadeiraShopping (Funchal), RioSul Shopping (Seixal), Serra Shopping (Covilhã) e 8.ª Avenida (São João da Madeira).

Estas salas tinham sido encerradas em Janeiro deste ano, e na altura a administração da exibidora Socorama justificou a decisão por quebras sucessivas no sector.

Só semanas depois do encerramento de quase 50 salas, incluindo as dos centros comerciais Sonae Sierra, é que a Socorama admitiu ter aberto um processo de insolvência, alegando uma dívida de 12 milhões de euros, levando ao despedimento, na altura, de 75 trabalhadores.

A Socorama era uma das maiores exibidoras de cinema em Portugal, detendo mais de uma centena de salas em todo o país.

Os credores, incluindo alguns trabalhadores, aguardam o agendamento de uma assembleia para discutirem o plano de recuperação da empresa.

De acordo com o grupo Sonae Sierra, a empresa brasileira grupo Orient "registou, em 2012, uma facturação global de cerca de 30 milhões de euros, com mais de 4,5 milhões de espectadores nas suas salas, e desde 2007 tem em curso um processo de internacionalização em África, que agora alarga a Portugal".

Lusa/SOL




2 Comentários
icebreaker
24.08.2013 - 01:11
então, e se meterem uma "brasa" a vender os bilhetes e a dançar o samba.. o pessoal nem desgruda, e vai numa de sessões contínuas, tipo Politeama..
DEFENDEPORTUGAL
22.08.2013 - 13:08
é vergonhoso que várias cidades não tenham um cinema. que raio de autarcas temos nós?

Não custa nada, e ajuda.
Ajuda Portugal a lutar contra Espanha, e a libertar os territórios que nos conquistaram.
Somos poucos e estamos a perder território, precisamos de todos os patriotas.
É gratuito, defendes a nação, lutando, criando as tuas empresas, liderar partidos ou até o nosso Pais, segue o link:
www.erepublik.com/pt/referrer/Peac+eis+GOOD
LUTA POR PORTUGAL !!!!!
Chega pelo menos ao nível 10 (é muito rápido).
Espero por vós


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt