sexta-feira, 25 de Abril de 2014, 8:37
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Produtores de leite consideram-se ‘ameaçados’ com aumento de IVA

16 de Outubro, 2010
A Associação dos Produtores de Leite de Portugal assinala o Dia Mundial da Alimentação, que hoje se comemora, com críticas a medidas do Governo, realçando a decisão de aumentar o IVA para produtos lácteos que consideram uma ameaça

Depois da mudança de ministros da Agricultura, «parecia ter mudado a política, mas estão de volta os pesadelos para os agricultores» e os produtores de leite estão «agora ameaçados com o aumento do IVA nos produtos lácteos, como o leite achocolatado, aromatizado, vitaminado e bebidas ou sobremesas lácteas», refere um comunicado da APROLEP.

Para a associação, ao aprovarem um orçamento que «não considere os produtos lácteos como bens essenciais», o Governo e os partidos «vão colocar mais um prego no caixão da produção de leite e mostrar muito claramente que o sector da agricultura só é estratégico em discursos pontuais».

Os leites achocolatados, os refrigerantes ou os produtos agrícolas são apenas alguns dos produtos que vão passar de uma taxa de 6 por cento de IVA para 23 por cento, de acordo com uma proposta preliminar do Orçamento do Estado para 2011.

«Celebramos o Dia Mundial da Alimentação, uma necessidade básica para o ser humano que devia ser estratégica para qualquer Governo preocupado com a sobrevivência da população do seu país. Em Portugal, não é bem assim», defende a associação.

Os produtores listam as várias dificuldades que o sector leiteiro enfrenta e que incluem preços ao produtor abaixo dos custos de produção, a «recusa pública [do sector da] Distribuição de ajustar os preços» ou as portagens nas auto-estradas sem custos para os utilizadores (Scuts) de regiões onde se concentra a produção leiteira.

Lusa / SOL




8 Comentários
Kalvin
19.10.2010 - 21:57
Quem é que teve a infelicidade de dizer aos ministros deste governo que percebem alguma coisa de finanças ?
CondedeMenteTriste
19.10.2010 - 08:53
Para avivar a memória a quem, por norma, não anota!!!
Um dos Motivos porque o Governo se tornou fiador de 20 mil milhões de euros de transacções intra-bancárias...???
Os de hoje, vão estar como gestores de Banca amanhã, pois os de ontem, já estão por lá hoje.
Correcto???
Se pensa que não, vejamos:
PARA QUE A PLEBE SAIBA:
--Fernando Nogueira:
Antes - Ministro da Presidência, Justiça e Defesa
Agora - Presidente do BCP Angola
--José de Oliveira e Costa:
Antes - Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais
Agora - Presidente do Banco Português de Negócios (BPN)
--Rui Machete:
Antes - Ministro dos Assuntos Sociais
Agora - Presidente do Conselho Superior do BPN e Presidente do Conselho Executivo da FLAD
--Armando Vara:
Antes - Ministro adjunto do Primeiro Ministro
Agora - Vice-Presidente do BCP
--Paulo Teixeira Pinto:
Antes - Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros
Agora - ex-Presidente do BCP - depois de 3 anos de 'trabalho', saiu com 10 milhões de indemnização!!! mais 35.000EUR x 15 meses por ano até morrer...
--António Vitorino:
Antes - Ministro da Presidência e da Defesa
Agora -Vice-Presidente da PT Internacional e Presidente da Assembleia Geral do Santander Totta,e ainda... umas 'patacas' como comentador RTP
--Celeste Cardona:
Antes - Ministra da Justiça
Agora - Vogal do CA da CGD
--José Silveira Godinho:
Antes - Secretário de Estado das Finanças
Agora - Administrador do BES
--João de Deus Pinheiro:
Antes - Ministro da Educação e Negócios Estrangeiros
Agora - Vogal do CA do Banco Privado Português
--Elias da Costa:
Antes - Secretário de Estado da Construção e Habitação
Agora - Vogal do CA do BES
--Ferreira do Amaral: Antes - Ministro das Obras Públicas (que entregou todas as pontes a jusante de Vila Franca de Xira à Lusoponte)
Agora - Presidente da Lusoponte, com quem se tem de renegociar o contrato.

etc, etc, etc...
O que é isto?
Cunha?
Gamanço?
- Não, não é a América Latina, nem Angola.
É Portugal no seu esplendor...
... e depois até querem que se declarem as prendas de casamento e o seu valor.
Já é tempo de parar!
Não te cales, DENUNCIA!
Passa este e-mail, fá-lo circular.
QUEREMOS ESTABELECER UM Mecanismo Anticorrupção NACIONAL!!
CondedeMenteTriste
19.10.2010 - 08:51
Excelentíssimos senhores deputados dos partidos:
Deixem de ser a trapaça que são intitulando-se da Nação e representantes do povo que os elegeu quando na realidade foram escolhidos pelos partidos de que são sequazes e em que povo, com a ilusão de melhor vida que não chega, votou.
Condenem, a bem do povo de quem se dizem ser mandatários, essa burla de orçamento que não tem outro fim que não manter dádivas generosamente doadas a quem faz da política, mais que função, a sua religião mesmo reconhecendo-se incrédulos e agnósticos, em suma aos parasitas do sistema.
Não sei a percepção que fazem do substancial aumento de impostos a quem trabalha para manter criaturas e organismos que nunca tiveram qualquer utilidade e sustentam-se à conta desse mesmo orçamento.
Não sei se chegam a aperceber-se que a ignóbil alteração de escalão do IVA sobre determinados produtos, nomeadamente o do leite com chocolate que é a primeira refeição de uma multidão de crianças e deixando a lagosta e o caviar no mesmo, além de abjecto, não é austeridade é PERVERSA MALVADEZ
Ao menos uma vez sejam conscientes que é o povo, de quem não são mandatários nem representam, ao contrário do que querem fazer crer, quem labuta e é intensamente tributado pelo trabalho quem os remunera e que vós constantemente desprezais em prol de quimeras de mouras encantadas e cantos de sereia sem ver a realidade que os cerca.
Reconheçam que este diploma vai atingir a grei, depauperar ainda mais a fraca economia, aumentar desemprego, incentivar a fuga ao fisco e o que é pior estimular a compra de produtos essenciais no país vizinho reactivando a candonga pelos almocreves que já vão aparecendo especialmente em terras fronteiriças.
MEDITEM E AJAM COM A CONSCIÊNCIA DE QUEM QUER E DEVE SERVIR A PÁTRIA!
pinto2007
18.10.2010 - 23:34
infelizmente não é só o sector leiteiro em perigo!
nunca se viu tanta estupidez no governo!
é aflitivo!
DGGSILVA
17.10.2010 - 17:43
Pede-se um País com uma alimentação mais saudável. Para evitar mais gastos com o sector da saúde. Mas por outro lado aumenta-se escandalosamente o IVA em produtos essenciais para uma alimentação desse tipo. Em que é que ficamos? Naturalmente muitos portugueses irão preocupar-se mais com a "saúde" das suas carteiras. A saúde física e psíquica que aguarde.
pinto2007
16.10.2010 - 14:10
...e todo o mercado agro-alimentar!
a espanha ri, e agradece tanta estupidez porttuguesa!
o governo socialista de socrates vai de facto liquidar o que ainda mexe na industria portuguesa!
adeus economia!
tokarev
16.10.2010 - 14:04
Com cada copo de leite tome sempre um comprimido de sinvastatina, para a saúde do seu coração.
Zedk
16.10.2010 - 12:39
Talvez o dinheiro aplicado em anúncios da TV incitando ao consumo de leite, bem de primeira necessidade indispensavel numa alimentação racional, esteja a fazer falta em aplicações úteis. Digo eu que sou ignorante.


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt