domingo, 20 de Abril de 2014, 7:45
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Ongoing preocupada com resultados semestrais da Impresa

29 de Julho, 2011
As contas semestrais apresentadas na quinta-feira pelo grupo Impresa, que apontam para um resultado líquido negativo de 32,6 milhões de euros, «justificam a preocupação» que a accionista Ongoing «tem manifestado com a saúde financeira da empresa».

Fonte oficial da Ongoing manifestou hoje o desejo de que as preocupações apontadas pela empresa quanto à Impresa não resultem, «de novo, em mais notícias contra a Ongoing», manifestando ainda esperança que a gestão do grupo de media liderado por Francisco Pinto Balsemão tome «as melhores decisões para que a situação do grupo não se torne, como eles próprios a descreveram, 'apavorante'».

A Impresa apresentou na quinta-feira um resultado líquido negativo de 32,6 milhões de euros até Junho, valor que compara com o lucro de 3,3 milhões de euros obtidos no período homólogo de 2010. Em nota enviada pelo presidente do grupo aos trabalhadores, e a que a agência Lusa teve acesso, foi dito que a Impresa está a fazer tudo para que a situação económica do grupo «não se torne apavorante» face às circunstâncias europeias e nacionais.

«As contas semestrais apresentadas pela Impresa justificam a preocupação que a accionista Ongoing tem manifestado com a saúde financeira da empresa onde somos accionistas de referência e a insistência em ter resposta para diversas questões, entre as quais as relacionadas exactamente com o reconhecimento de imparidades e o 'goodwill', que pesaram sobremaneira nestes resultados», adianta fonte oficial da empresa liderada por Nuno Vasconcellos.

«Esta preocupação mantém-se, porque se mantêm as questões anteriormente levantas (o 'goodwill' representa dois terços dos activos da Impresa e a dívida mantém-se em níveis elevados). Além disso, as contas apresentadas mostram uma degradação do desempenho operacional da Impresa, não se sabendo de que forma a gestão pretende inverter essa situação», disse ainda o responsável.

Em Abril, a Ongoing, que detém 23 por cento do capital da Impresa, falhou a tentativa de integrar o conselho de administração da empresa dona da SIC e do Expresso.

A empresa dona do Diário Económico participou posteriormente a situação às autoridades reguladoras do mercado e recorreu aos meios judiciais para «conseguir exercer os seus direitos de accionista minoritário» no grupo Impresa.

Contactada pela agência Lusa, fonte oficial da Impresa escusou-se a comentar as declarações da Ongoing.

Lusa/SOL




3 Comentários
provinciana
01.08.2011 - 13:50
Reciclagem, sim! é disso que todas as tv,s precisam urgentemente. Vamos sonhando.
analfaveto
30.07.2011 - 13:01
Alimento fortes esperanças de que todas as tv's lixo vão rápidamente parar ao ecoponto e sigam para reciclagem. Não há uma que se aproveite. Só mherda.
Platao
30.07.2011 - 09:10
Ongoing... esta coisa nova no mundo empresarial, nasceu de onde?

Pelos vistos queria exercer alguma influencia na Impresa. Nos ultimos anos e bem claro que a xuxaria procura o controlo dos media... depois de ter conseguido controlar o governo do pais.

Pais sinistro este...


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt