segunda-feira, 21 de Abril de 2014, 3:01
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Irão: petróleo custará 150 dólares por barril

29 de Janeiro, 2012
O presidente da petrolífera estatal iraniana afirmou hoje que o preço do crude vai atingir 120 a 150 dólares por barril, no dia em que as autoridades do Irão discutem um embargo às vendas de petróleo para União Europeia.

Citado pela agência oficial, IRNA, Ahmad Qalehbani disse também que Teerão irá aumentar a sua capacidade de refinar petróleo a nível interno, em vez de vender para os mercados internacionais.

A União Europeia anunciou na semana passada um embargo ao petróleo iraniano para pressionar Teerão devido ao seu polémico programa nuclear.

O embargo deverá entrar em vigor no verão, mas o Irão diz que poderá cortar a venda de crude para a Europa antes disso.

O Irão diz que a União Europeia representa apenas 18% das suas exportações de petróleo e que não será difícil encontrar outros clientes, pelo que o embargo prejudicará mais o ocidente do que o Irão, fazendo aumentar os preços.

«Parece que vamos ter preços de 120 a 150 dólares no futuro, disse Qalehbani», sem adiantar mais pormenores ou prazos.

Na sexta-feira, o crude era transaccionado nos EUA a 99,56 dólares por barril.

Com uma produção diária de 3,5 milhões de barris, o Irão é o segundo maior produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP).

Cerca de 80% das receitas estrangeiras do país provêm da exportação de 2,2 milhões de barris de petróleo por dia.

Lusa/SOL




10 Comentários
ravp
30.01.2012 - 12:45
"O Irão é democrático". Um gajo lê cada uma.
factos
30.01.2012 - 08:44
Irão: petróleo custará 150 dólares por barril.


Bem meu caros amigos preparen-se, porque o começo do fim aproxima-se.

quando o preço do petróleo chegar entre 150 dólares e 200 dólares,é o sinal da Maçonaria para fazer pagar ao Irão com fizeram com o Iraque, o não terem assinado o acordo com os Estados Unidos, de petróleo,por dólares americanos .

O dólar perdera o seu valor brevemente e toda a Economia Mundial ficara de arrasto, 2012 não é o fim do Mundo, mas sim o principio da Nova Ordem Mundial, uma nova moeda uma só religião.

Pois é meus amigos quem vai pagar é o mexilhão (o Povo) podem crer.

fundamentalista00
29.01.2012 - 23:48
o irão é democratico informem-se. o problema da frança é o seguinte, os ingleses tinham o controlo da africa rica do egito suez e deram aos franceses o controlo da africa mais perigosa e dificil de dominar, a africa das florestas densas e desertos dominados por religiões como a islamica, até aqui tudo igual, mas na argelia vive a comunidade islamica mais conservadora de todas, conservadora porque sobre a mulher é muito notorio isso. a argelia foi colonia francesa, e depois tiveram os despojos da colonizaçao, tal como portugal recebeu a sua dose de negros, a frança tambem, so que para alem destes teve e tem os tais conservadores islamicos da argelia, grupos fundamentalistas islamicos.

coisa que o irão nao tem, o irão pertence a uma parte do islão que ninguem do resto do islão admira, tem haver com factos historicos, em que a maioria dos iranianos é a nivel religioso a minoria no resto do mundo árabe.

o irão permite mulheres nas universidades. permite ainda mulheres no parlamento. é um regime conservador, sim, mas permite por exemplo que um presidente seja nao padre ou teologo, ou seja é um civil um cidadão comum que chegou a presidente, é ele tambem um conservador, que tem os apoios dos conservadores das regioes menos desenvolvidas e nao ligadas à capital e outras metropoles, que vivem com luxos e tecnologia ocidental porque os seus habitantes das cidades tem rendimentos superiores e acesso a coisas como internet.

o irão tem universidades, e prospera nas areas da engenharia, e industrias.

e nem por isso tem um exercito poderoso, é quase nada comparado com israel, ou a coreia do norte.

a nivel da marinha, inclusive portugal deve estar melhor equipado que a republica do irão.

o irão tem estradas, barragens, e todo um sistema politico que funciona..

não é perfeito e tem falhas, mas ao que sei nunca invadiram ninguem, nunca atacaram ninguem.
Resistente
29.01.2012 - 22:50
pois é fundamentalista00... O Irão está cheio de inteligencia. Se por acaso ficarem com armas nucleares, bem podemos dizer adeus ao mundo como o conhecemos. E não me venham com o argumento de que Israel também as tem: Israel jamais atacará pela via nuclear nenhum país árabe em primeiro lugar, nem nunca ameaçou varrer ninguém da face da Terra. Se o modelo árabe fundamentalista vingar, as mulheres voltam à Idade Média, o mundo volta às trevas. Aliás basta ver o que está a acontecer aos países europeus em que as comunidades muçulmanas estão a aumentar: em breve vão perder a sua identidade, se nada fizerem. Basta olhar para os dois casos mais dramáticos para mim que são a França e a Holanda. Basta também olhar para a Nigéria e Egito em que comunidades cristãs estão a ser chacinadas por muçulmanos "tolerantes". Enquanto não houver uma resposta à altura, as coisas só podem piorar. A tolerância é um valor importante, mas apenas quando lidamos com pessoas que também demonstram a mesma vontade em relação aos que os rodeiam. Se não, passa a ser vista como fraqueza e torna-se uma desvantagem. Se queremos preservar um modo de vida que levou séculos a conquistar, temos de pensar em lutar contra o que está errado e o fundamentalismo de alguns animais é claramente uma delas.
gipsyking
29.01.2012 - 20:27
Lá bou ter que botar de lado o candieiro a pritól e usar as belas...
fundamentalista00
29.01.2012 - 18:15
A Europa só da tiros nos pés, e a velocidade de cruzeiro comandada por idiotas como aquele do concordia vamos todos para o fundo, e alguns vao mesmo por acabar por ficar por lá...
Adao
29.01.2012 - 17:09
O que ainda não consegui perceber e tambem ninguem ainda explicou é; porque razão a União Europeia, que compra 20% do seu petroleo ao Irão decidiu avançar com o embargo?
Sabendo que paises como a China e a India, vem desde há muito tentando aumentar as suas quotas de crude com o Irão.
Chamam a isto embargo! O Irão vai continuar a vender toda a sua produção, e desta vez a preços ainda mais elevados, pois o embargo vai fazer disparar os preços.
Será que só temos aprendizes de feiticeiros como politicos na União Europeia?....
fundamentalista00
29.01.2012 - 16:45
O Irão tem inteligencia a mais para os idiotas dos europeus.

São mesmo os mordomos dos EUA estes europeus.
quijote
29.01.2012 - 13:49
O melhor é fazer como preconizam os comunistas da QuerCus, por toda a gente a andar de bicicleta ou de transporte público. O automóvel é um perigo para o comunismo global.
mossdeb
29.01.2012 - 12:14
No dia em que perceberem que o não investimento noutras formas de energia só dá poder a meia dúzia de loucos no mundo, pode ser que consigamos atingir alguma forma de equilíbrio e um novo estado de evolução.


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt