sexta-feira, 25 de Abril de 2014, 3:25
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Crise política ameaça meta orçamental do défice

15 de Julho, 2013
O cumprimento da meta do défice para este ano, de 5,5% do PIB, está em risco devido aos "recentes desenvolvimentos no plano político", alertou a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO).

Numa nota informativa a que a agência Lusa teve acesso, a UTAO alerta que "os recentes desenvolvimentos no plano político podem constituir um elemento de incerteza e de risco acrescido em torno das perspectivas para o desempenho orçamental", que estão já pressionadas pelos números do primeiro trimestre.

Na argumentação, a UTAO refere que, "na sequência das recentes perturbações de natureza política", a agência de notação financeira Standard and Poor's reviu, a 05 de Julho, as perspectivas da dívida soberana de Portugal de estáveis para negativas e que o jornal Financial Times, na semana passada, alertou para "os riscos orçamentais associados à instabilidade política" no país.

No documento, os técnicos que apoiam a Assembleia da República indicam que, em contas nacionais, o défice do primeiro trimestre (de 10,6%) "é o mais elevado desde o início do programa" e que, considerando apenas os desempenhos relativos aos primeiros trimestres, é o mais alto desde 2009.

As estimativas da UTAO indicam ainda que, entre Janeiro e Março deste ano, foi já consumido 46% do total do défice previsto para o conjunto de 2013.

Entre Janeiro e Março deste ano, o défice das administrações públicas, em contas nacionais, atingiu os 4.151,8 milhões de euros, o que representa 10,6% do Produto Interno Bruto (PIB).

Na sétima avaliação regular ao Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF), a meta para o défice foi revista em alta, pela segunda vez desde o início do programa, para os 5,5% do PIB no conjunto de 2013.

Apesar de advertir para as pressões orçamentais existentes, a UTAO explica que "não é possível, a partir do resultado do primeiro trimestre, aferir o desempenho orçamental para o conjunto do ano, sendo frequente o défice deste trimestre exceder o valor anual posteriormente alcançado".

Lusa/SOL




12 Comentários
Portugalix
16.07.2013 - 09:48
É porque chove muito, Nossa Senhora de Fátima não fez o milagre, também se farta e agora a crise veio mesmo a dar jeito. Assim as incompetências passam despercebidas.
Allentejo
15.07.2013 - 23:33
OS "GAROTOS" FAZEM AS BIRRAS

E NÓS PAGAMOS A CONTA !!!

CONFIANÇA E ...ESTABILIDADE,DIZEM ELES...

ESTÁ BEM,ESTÁ !!!
pontaesquerda
15.07.2013 - 23:24
nada que um bom resgate não resolva!...a pagar quando o papa vier a fatima e fizer o milagre...
donnisinnod
15.07.2013 - 21:17
uyjuytjuty! LUTA POR PORTUGAL!
entra neste GRANDE jogo online completamente gratis, onde podes ser um grande MILITAR, POLITICO de sucesso, jornalista e muito mais... PRECISAMOS DE AJUDA PARA ESPULSAR OS ESPANHOIS DO NOSSO TERRITORIO..ajuda-nos............
http://bit.ly/11Eyqpf
jcesar
15.07.2013 - 19:02
«Crise política ameaça meta orçamental do défice».

A meta do défice já estava ameaçada antes da crise política, défice de 10.6% no primeiro trimestre.

Com estes incompetentes e aldrabões que nos desgovernam está sempre ameaçada.
AJPC
15.07.2013 - 18:08
Não é só da crise não, também é da incompetência das bestas que nos desgovernam.
tratorderasto
15.07.2013 - 16:36
Depois do meu último comentário,recebi emails até dar com pau de partidos que ainda não estão formados,tambem querem ser ouvidos,de preferência ao sábado.GDM-a missa do Galo é quando os padres quiserem
donnisinnod
15.07.2013 - 16:16
tretre!!!! LUTA POR PORTUGAL !!!!!
entra neste GRANDE jogo online completamente gratis, onde podes ser um grande MILITAR, POLITICO de sucesso, jornalista e muito mais... PRECISAMOS DE AJUDA PARA ESPULSAR OS ESPANHOIS DO NOSSO TERRITORIO..ajuda-nos...
.........
http://bit.ly/11Eyqpf
tratorderasto
15.07.2013 - 15:56
Eu penso que o déficit é perfeitamente recuperavel,o problema é o ps não conseguir fazer um governo.GDM-ó trator,existe uma forma do ps formar governo,é convidar os partidos que não conseguiram ser eleitos para a Assembleia para uma reunião no domingo.(depois da missa do Galo)
Vonshephodher
15.07.2013 - 15:17
Cheira-me que a coisa ainda vai ficar mais preta!
Sedan
15.07.2013 - 15:14
Aqui, pela Europa, já toda a gente fala num segundo resgate. Depois dessa grave crise politica que parece não ter fim, o que vos espera, independentemente de quem for governo, é um segundo resgate e com ele mais medidas de austeridade! Não há hipóteses!
parasol
15.07.2013 - 14:55
Então já não é o TC?


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt