domingo, 20 de Abril de 2014, 21:59
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Empresas públicas com prejuízos de quase 500 milhões

28 de Novembro, 2013
Os prejuízos do Sector Empresarial do Estado (SEE), excluindo a saúde, agravaram-se em 447,4 milhões de euros, totalizando 486,6 milhões de euros no final do segundo trimestre deste ano, de acordo com o Boletim Informativo sobre o SEE.

Na comparação entre o segundo trimestre de 2012 e o mesmo trimestre deste ano, o sector da saúde teve "uma evolução desfavorável em cerca de 165,8 milhões de euros, atingindo um resultado líquido agregado de -244,7 milhões de euros".

Já o sector dos transportes apresentou, no segundo trimestre deste ano, "o maior crescimento em termos absolutos do resultado líquido", com uma melhoria de 347,6 milhões de euros, baixando o prejuízo para 162,7 milhões de euros.

Segundo o boletim da Direcção-Geral do Tesouro e Finanças (DGTF), sem o sector do saúde, "ao fim do segundo trimestre de 2013, o SEE apresenta uma melhoria substancial dos resultados financeiros, com uma redução de 20,9% dos prejuízos financeiros para um total de -535,3 milhões de euros".

A "evolução positiva" registada em alguns sectores resulta "essencialmente do efeito da liquidação antecipada dos instrumentos financeiros derivados" ('swaps'), lê-se no documento.

O Boletim Informativo sobre o SEE refere ainda que, durante o primeiro semestre deste ano, foram cancelados 69 contratos 'swap', com um valor de mercado de "quase 1.500 milhões de euros".

A 30 de Junho, existiam 56 contratos 'swap' nas carteiras de 13 empresas, repartidas por cinco sectores de actividade, com um valor contratual global de 2.857,9 milhões de euros e perdas potenciais estimadas de 1.609,8 milhões de euros.

Lusa/SOL




13 Comentários
artilio
30.11.2013 - 21:08
O país não pode continuar a trabalhar para sustentar as empresas públicas,onde pouco se trabalha,muito se rouba e onde se fazem greves constantes.Estas empresas terão que ser auto sustentáveis ou,terão que ser privatizadas.Como estão é que não pode ser!!!
Platao
29.11.2013 - 17:53

00SEVEN
29.11.2013 - 14:17

Caro, sabia que o porto de Roterdao, um dos maiores do mundo, e um departamento da municipalidade? O porto de Gotemburgo, viavel, rentavel, eficiente, tambem e publico. Dos System Bolagets ao Posten (correios) ha multiplos exemplos de empresas que oferecem qualidade, sao rentaveis e eficientes... sob a esfera do Estado. Infelizmente estes bons exemplos ficam regra geral muito proximos do Polo Norte, muito longe portanto do Norte de Africa onde nos inserimos muitissimo bem.

A diferenca nao esta no regime publico ou privado. Esta nas pessoas, na sua educacao, no brio - ou falta dele - no sentido civico e de responsabilidade. Na impunidade - ou nao - dos canalhas...

Em Portugal ate as privatizacoes sao bom negocio para os canalhas e oportunidade impar para mais uma vez, saquear o Estado.

Cuidado com o que pede... pode ser que lhe saia uma nova EDP a quem paga o dizimo para alem da energia ou mais uma "eficientissima" PT. Nao falando ja das Brisas, Ascendis e outros esquemas manhosos do genero.

Muito mais importante do que o dilema publico/privado e se a justica funciona para canalhas pulhiticos e afins... na ausencia dos tribunais e da policia, os pelourinhos servem muito bem. Se os pusessemos a funcionar ia ver como tudo mudava independentemente das EPs mudarem de maos...
00SEVEN
29.11.2013 - 14:17
Vou deixar aqui, mais uma vez, o que eu defendo de há muitos anos a esta parte:

"O ESTADO NÃO TEM VOCAÇÃO PARA SER GESTOR DE EMPRESAS NEM É ESSA A SUA MISSÃO"!

As empresas do estado são albergues de acolhimento de políticos falhados e incompetentes, afilhados e militantes do compadrio político que se apoderou do país!

O Estado não dá nada a ninguém para além dos que o compõem!

O Estado tira!

Deve ser tudo privatizado porque quem cria emprego e dinamiza a economia é o sector privado que continua a ser o mais sacrificado para sustentar os abutres que se alimentam das empresas públicas!

As greves custam muito dinheiro não só ao país como também aos utentes que são quem lhes paga os salários e as mordomias imorais que lhes aconchegam os bolsos!

E, como estamos numa fase dourada das nossas exportações, devíamos exportar o Arménio Carlos e os seus capangas para a Coreia do Norte que é onde eles pertencem!

Sedan
29.11.2013 - 13:35
Vendam essas empresas, nem que seja ao desbarato e que se acabe de uma vez por todas com esse cancro, sugador de todos os impostos!
AguiadaSerra
29.11.2013 - 12:52
parasol
29.11.2013 - 07:08
Deve ser parente dos cães de fila socialistas ou dos sugadores de esquerda com a carteira inchada de privilégios, que palram para os crentes cretinos.
joanadarc
29.11.2013 - 12:31
Carris, Metro, Transtejo,Tap, Cp etc, cheias de gentinha que ganha muito e faz pouco. Quando um Máquinista da CP ganha mais que um deputado está tudo dito.Um empregado que vende bilhetes ganha 1500 euros, como querem fazer?
jmanu
29.11.2013 - 10:25
Empresas Publicas, o cancro que este governo teima em alimentar, enquanto emagrece à desnutricao todo o resto do sector público...

Por muita gente graúda engordar, dentro da engrenagem politico-partidaria-empresarial da máquina da corrupcao...
Opadreco
29.11.2013 - 08:43
Isto é bem a prova que este governo ainda é pior que o outro, e o imbecil que ainda não compreendeu isto, deveria imigrar para a Coreia do Norte.
parasol
29.11.2013 - 07:08
AguiadaSerra
28.11.2013 - 21:22 Para ti a democracia, respeito pelas opiniões contrarias, liberdade, igualdade e fraternidade, são uma chatice...
Porque não te ofereces como voluntário para o Afeganistão?

AguiadaSerra
28.11.2013 - 21:22
esteves
28.11.2013 - 19:35
Podre está o seu partido e satélites de esquerda, onde a sua militância asquerosa endividou o país.
Não fico surpreendido se for o irmão do livreiro Sócrates e filho de Mário Soares.
jooliveira
28.11.2013 - 20:52
Revelem também o nome dos gestores, a sua filiação partidária e todos os vencimentos auferidos durante os respectivos mandatos!
TerraQueimada
28.11.2013 - 20:06
Aqui podem conferir as despesas do estado ao segundo: http://akinumeros.com/estado
esteves
28.11.2013 - 19:35
Para alimentarem estes ninhos de boys esmagam os portugas com impostos, cortes nos salários e pensões...Temos um governo moralmente podre...


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt