quarta-feira, 16 de Abril de 2014, 5:12
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Caso Strauss-Kahn: Queixosa inventou violação em 2004

1 de Julho, 2011por Pedro Guerreiro
O Ministério Público nova-iorquino apurou que a empregada do Sofitel que acusa Dominique Strauss-Kahn de abuso sexual mentiu ao afirmar ter sido violada na Guiné, para obter asilo nos Estados Unidos. Mais tarde, admitiu ter inventado a história.

Os factos são relatados numa carta que os dois procuradores do MP de Nova Iorque encarregues de investigar as suspeitas de abuso sexual que recaem sobre Strauss-Kahn enviaram ao juiz Michael Obus e à defesa do ex-director do FMI. Na missiva, obtida pelo New York Times, os investigadores revelam as suas profundas dúvidas sobre a credibilidade da queixosa. Foram estas informações que levaram a justiça norte-americana a libertar o político francês esta sexta-feira, sem o pagamento de qualquer fiança.

A cidadã guineense, revelam, mentiu em 2004 às autoridades norte-americanas durante o processo de pedido de asilo político aos Estados Unidos. A mulher de 32 anos tinha afirmado por escrito que era vítima de perseguição política na Guiné, tendo membros do regime destruído a sua casa e assassinado o seu marido. «Em interrogatórios relacionados com a investigação do presente caso, a queixosa admitiu que a informação acima transcrita, fornecida no âmbito do seu pedido de asilo, era falsa», revela o Ministério Público.

«Afirmou que fabricou o seu depoimento com a ajuda de um homem que lhe forneceu uma cassete áudio com estes factos. Ela memorizou estes factos ouvindo-os repetidas vezes», acrescenta o MP.

«Em adição, e em duas entrevistas com os investigadores, a queixosa afirmou ter sido vítima de uma violação em grupo no seu país natal, fornecendo pormenores sobre o ataque. Durante as duas entrevistas, a vítima chorou e aparentou estar profundamente perturbada ao recordar o incidente. Em interrogatórios posteriores, admitiu que a violação em grupo jamais ocorreu», é dito na missiva. A história do ataque sexual tinha sido utilizada igualmente para obter asilo nos Estados Unidos.

Existem também incongruências no relato do que terá acontecido no Sofitel de Times Square, afirmam os investigadores. Inicialmente, a queixosa declarou ter fugido da suite 2806 imediatamente após o suposto ataque perpetrado por Dominque Strauss-Kahn, realizando uma denúncia junto da gerência do hotel. Mais tarde, a própria funcionária disse que a primeira versão era «falsa», declarando que após o suposto ataque foi limpar outro quarto. Só depois terá reportado o incidente ao seu supervisor.

Segundo o MP apurou, e noutro episódio que levanta agora dúvidas sobre a credibilidade da queixosa, a cidadã guineense admitiu ter declarado como seu o filho de um amigo para obter de forma irregular um maior reembolso fiscal, tendo ainda apresentado um valor falso na declaração de rendimentos para preservar o direito a habitação social.

«Finalmente, e no decurso desta investigação, a queixosa mentiu aos procuradores sobre uma série de outros tópicos relacionados com a sua história de vida, origens, situação actual e relações pessoais», concluem os procuradores Joan Illuzzi-Orbon e John McConnell.

O New York Times refere outros factos sobre o comportamento da suposta vítima que não são citados na missiva. Entre estes, as suspeitas de envolvimento com grupos criminosos e em actos de lavagem de dinheiro e tráfico de droga. A queixosa terá ainda sido escutada a telefonar a um detido com quem discutiu o eventual proveito financeiro de uma acusação contra Strauss-Kahn.

pedro.guerreiro@sol.pt




53 Comentários
vicentearaujo2
06.07.2011 - 15:58
O hahahahaha final e a recomendação: antes de transportar novas mensagens em local inadequado, deves avaliar o diâmetro do canudo a fim de não insistires em fazer figura de burro.
vicentearaujo2
04.07.2011 - 12:49
A queixosa inventou a violação,sim. Strauss-Kahn não a violou. Esta informação foi dada pelo agente que não quis identificar-se,por motivos óbvios, quando afirmou que o violado foi o espreitador que estava no quarto de banho do aposento do Strauss-Kahn. O juiz Michael soube ainda que o objeto que lesionou a orbis do espreitador foi um canudo contendo mensagens criptografadas para o FMI.Que coisa!
vicentearaujo2
04.07.2011 - 12:14
Hahahahahahahaha....
Michio
04.07.2011 - 05:05
não está kalvin? olhe que até parece... mas tambem como a comunada até defende os nazis quando isso lhes interessa já não me espanta em nada....
vicentearaujo2
03.07.2011 - 00:22
Percebe-se que alguém colocou o fórum em ordem.A administração,um dos comentadores - não importa,está melhor.
Acossamaki
02.07.2011 - 20:01
É isso Baruch100. Quanto mais gente como tu juntos, menos uso de Zyklon B. Shabat Shalon e um Mazeltof.
Kalvin
02.07.2011 - 19:59
Michio, a comunada não está a defender um judeu, a comunada está a tentar dizer que os casos portugueses de abuso sexual também são assim, por isso estão solidários com o homenzinho.
Kalvin
02.07.2011 - 19:54
É curioso, culpado ou inocente, o que dirá agora a nossa vetusta Ana Gomes que comparou Paulo Portas a este tipo ? De facto, em política, há quem só fale bem quando está calado...
vicentearaujo2
02.07.2011 - 19:51
O agente que não quis identificar-se relatou também que a queixosa inventou a violação mas que quem foi violado efetivamente foi o espreitador que na ocasião estava em um dos quartos de banho do hotel Sifitel - foi usado um canudo contendo mensagens criptografadas para o FMI. Que coisa!
zmoniz
02.07.2011 - 19:26
Qtuém é que ganhou com esta acusaçãp?? - Quem é o actual presidente interino do FMI???
vicentearaujo2
02.07.2011 - 19:05
- Os comunas não estão defendendo apenas o socialista, defendem também o equipamento sonoro do espreitador que foi avariado com a introdução do canudo, segundo afirma um agente que não quis identificar-se.
Anonymous
02.07.2011 - 14:53
Isso é o preço da DIFAMAÇÂO ! Um difamador fdp, assassina não só a si próprio ( menos mal e que se dane nos infernos )como ao Difamado, que é pré-julgado errôneamente, como ao FOFOQUEIRO patife que deu-lhes ouvidos e pré-julgou o difamado e é 'voluntáriamente por sua burrice' incurtido em erros , quase sempre fatais !

Ao irmão de sangue judeu Strauss, e ainda por cima sendo um 'LEVY' só podemos lamentar ! Mesmo sendo um patife Socialista, dever ser feita a JUSTIÇA ! estamos consigo Strauss Levy ! Shabat Shalom e um MAZALTOV !
leife
02.07.2011 - 14:00
A Ana gomes a fufa do Ps afirmou que o Strauss-Khan era culpado, ela devia ir bater pratos para Tires.
leife
02.07.2011 - 13:21
A Ana gomes a fufa do Ps afirmou que o Strauss-Khan era culpado, ela devia ir bater pratos para Tires.
leife
02.07.2011 - 13:20
A Aba gomes a fufa do Ps afirmou que o Strauss-Khan era culpado, ela devia ir bater pratos para Tires.
SeverinoSenior37
02.07.2011 - 12:12
Errata:

No comentário abaixo, onde se lê "engravidou por uma mocoila, deve ler-se ENGRAVIDOU UMA MOCOILA.
SeverinoSenior37
02.07.2011 - 12:08
Ressalva: onde se lê: "engravidou por uma moçoila", deve ler-se: egravidou uma moçoila"!
SeverinoSenior37
02.07.2011 - 12:01
O lado fraco do género humano, o Sexo! "Até os bichinhos gostam"!!!
Hoje o esmuiçar, das noticias de "buraco da fechadura", tão do agrado dos média, pôe a nú,uma série de "fraquezas humanas",que tanto nos agrada sem nos olharmos ao espelho. Vejamos certo casal (noivo Real) que ontem e hoje enchem titulos de jornais e revistas, com TVs com diretos e grandes audiências. Noivo Real, já com dois filhos escondidos e ao que parece nem uma mulher de limpesa escapou. O resto dessa familia de Sangue Azul, as duas irmãs, davam um compêndio de "boas Práticas", isto para não falar da brilhante caminhada da mui-honorifica familia Real Britânica.
Segundo resava ontem, no CM, o médico pessoal do Dignissimo chefe do governo italiano, o seu "doente" aos 74 anos faz sexo, cinco vezes por dia e ao que se dizia, muitas delas com menores.
Apetece-me deixar aqui um exemplo,que não mais vou esquecer, que ouvi de um nativo na Guiné, quando numa comissão militar por ali passei em 69-71: Na Guiné, na era de Spnínola, havia muito rigor em quase todas as áreas da moral humana. O respeito pela mulher no que respeitava a sexo era complicada, assim tivemos um nativo (que não era dali residente)mas já casado, engravidou por uma
moçoila. Chamado ao gabinete do comandante da companhia,indagado pelo chefe "se não tinha juizo na cabeça" o soldado respondeu-lhe: Mê capitã, quando mola tá direita, juizo está nos tomates, isto com palavras mais rústicas.
Sempre que ouço histórias de familias reais,Berlusconis, Strauss Kahns ou outras recordo a resposta deste filósofo soldado negro.
Não tenho dúvidas que a tentavia que aconteceu com o ex-presidente do FMI, Com o chefe do Governo italiano acabaria em ato consumado, nem que fosse no corredor do Hotel.
SeverinoSenior37
02.07.2011 - 10:57
Dois coelhos numa, numa só cajadada!
Foi este o titulo com que comentei no meu blog, no dia seguinte a terem "laçado" o ex-presidente do FMI e hoje mais que nunca estou convencido, que este "Jogo sujo" do sistema especulativo financeiro, deixou por aqui o seu rasto.
E deixei escrito que tendo em conta, a sua oposição às politicas neo-liberais desta gente do PPE (Partido Popular Europeu), que nos governa,a afundar este espaço de "Bem Estar Social" único, onde esteve bem patente o desacordo entre as entidades da Comunidade e o FMI, sobre os juros a aplicar às ajudas à Grécia e a Portugal,(recorde-se que o FMI defendia juros mais baixos, para deixar folga para o investimento e crescimento das economias dos países em dificuldades e Merkel,Sarkosi e o BCE não consentiram).
O outro coelho nesta cajadada, seria o apear de Strauss-Kahn de futuro Presidente da França, onde todas as sondagens o davam como favorito,e este homem investido presidente da segunda maior economia da Europa seria um opositor à política que hoje é levada a cabo pelos neo-liberais deste nosso espaço, que não tardará a acabar com o Euro e talvez o futuro da própria Comunidade.
Esperem pelos próximos capitulos!
novesfora
02.07.2011 - 10:14
E assim se destrói a vida de un homem...



PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt