quinta-feira, 17 de Abril de 2014, 7:43
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Ministros europeus analisam planos do Irão sobre armas nucleares

13 de Novembro, 2011
Os ministros dos Negócios Estrangeiros vão analisar na segunda-feira os planos do Irão para construir armas nucleares, aponta um relatório da OIEA, assim como a adopção de novas sanções económicas contra a Síria, noticia a agência EFE.

O Conselho de Ministros manterá uma troca de pontos de vista depois de conhecer que, segundo o Organismo Internacional de Energia Atómica (OIEA), o programa do Irão teria uma dimensão militar, acrescenta a agência.

Os ministros vão, no entanto, esperar para conhecer a posição do Conselho de Segurança da ONU a este respeito antes de decidir novas medidas sobre o Irão, afirmaram fontes comunitárias, que lembram que o Conselho Europeu de 23 de Outubro já preparou mais sanções para serem aplicadas «no momento oportuno» caso Teerão «continue sem cooperar seriamente ou sem cumprir as suas obrigações».

A posição da União Europeia para a conferência internacional sobre o Afeganistão agendada para Dezembro em Bona será outro dos assuntos em destaque na reunião de ministros dos Negócios Estrangeiros que se celebra na segunda-feira em Bruxelas.

A conferência de Bona, que terá lugar a 05 de Dezembro, irá focar-se em três questões-chave: os aspectos civis do processo de transição através do qual será transferida a responsabilidade para o governo afegão até 2014, o compromisso a longo prazo (pós-2014) da comunidade internacional no Afeganistão, e o processo político que é suposto garantir uma estabilização do país a longo prazo.

De acordo com fontes diplomáticas, o Conselho deverá reiterar o «firme compromisso» da UE em manter-se como um «parceiro forte e fiável» do Afeganistão, mesmo depois de o processo de transição estar concluído.

Ao mesmo tempo, os 27 deverão lembrar que o Afeganistão deve, por seu turno, mostrar «resultados tangíveis» na implementação dos seus compromissos no domínio da governação e respeito pelos direitos humanos.

O Conselho deverá ainda adoptar um mandato para negociar com o Afeganistão um acordo de cooperação para a parceria e o desenvolvimento, e que deverá abranger áreas como o combate ao terrorismo e ao tráfico de drogas.

Lusa/SOL




18 Comentários
rabujento21
19.11.2011 - 17:50
"vicentearaujo2
14.11.2011 - 13:21",

mas que falta de rigor 'jornalístico' o teu...!
Esqueceste-te de que o terceiro 'fat man' ou 'little boy', ou como queiras chamar-lhe, preparado para, no caso dos japs não ficassem convencidos e quedos, fizesse mais um fogacho! Imagina agora os efeitos que pode provocar no governo ayatollah as que Israel tem ali mesmo à mão de semear...!!!
JorgeManueldesousa
19.11.2011 - 12:30
Como em tudo os Europeus estão sempre atrasados.
vendap
15.11.2011 - 01:09
Na Líbia de Kadafi:
in the last two weeks, these NATO forces have lost 37 aircraft - 8 Israeli fighter planes, 13 Qatar Apaches, 11 French Mirage, 5 French Rafael fighters, shot down trying to evade and invade the Libyan Southern Airspace, with all their pilots and crew killed and enter into green Libyan Jamahiriyah territory.

Pois é, é uma chatice. Os líbios não queriam as liberdades da comunidade internacional.
É uma grande chatice....
vicentearaujo2
14.11.2011 - 14:21
Irão,armas nucleares. No ano passado,170 países votaram a favor de uma resolução do Japão na ONU pedindo a abolição das armas nucleares. Somente três países votaram contra - um deles foi a "Comunidade Internacional", os Estados Unidos da América.
Michio
14.11.2011 - 13:28
A aldrabice comuna continua
vicentearaujo2
14.11.2011 - 13:21
vicentearaujo2,16:33. Insistindo, ratificando,acrescentando: Observem o clarão aterrorizante da foto. Assim mesmo,semelhante a ele, igual a ele,como ele, foi produzido pela explosão de uma bomba atômica lançada pelos Estados Unidos sobre uma cidade,no centro dela, sobre um hospital a uma altura de poucos metros -cerca de 600-, causando um ciclone de fogo que rugiu por seis horas com ventos de 1.200 km por hora. Os corpos foram calcinados. Um cenário de morte aterrador.A bomba atômica causadora,debochadamente chamada pelos americanos de "Litle Boy", causou a morte instantânea de 80.000 pessoas, queimadas,incineradas - 150.000 morreram no total. Três dias depois, observados os efeitos, os resultados obtidos, o sucesso deles foi comemorado pelos americanos,os quais com a mesma desfaçatez,tripudiam com novo deboche: o "Fat Man" - que gracinha,não? -,outra bomba igual à primeira é lançada sobre outra cidade repetindo o genocídio. Sob aplausos do povo americano,seu feito,novo êxito, tinha sido obtido pelos seus representantes.Tentam repeti-lo agora.
Anonymous
14.11.2011 - 06:48
O OCIDENTE precisa com TODA URGÊNCIA, fazer uma Nova cruzada contra o Islam ! essa MALDIÇÂO ! Essa DESGRAÇA que tabto aflige-nos ! Judeus e cristãos de mão dadas a combatermos o inimigo comum : O ISLAM ! Os hamitas tem de serem contidos, pois esses infelizes, amaldiçoados precisam voltarem aos bueiros de onde vieram , ou pagaremos um preço muito caro por sermos omissos em relaçao a essas serpentes !

São uma raça falsa, mentirosa, vigarista, medíocre, proseklitista, imperialista, burra, fanátivca, imprestável, e cheias de vaidades, orgulhos, 'poses' dissimulações ... E só os 'compram' que não os conhecem e caem em suas armadilhas vitimistas, de coitadinhos, e nas doces e humanistas 'palavras e poesias que proferem, mas por trás estão os venenos da TRAIÇÃO !

Essa 'serpente tem de terem "Suas cabeças" decepatas, e esmagadas ! Mal corta-se pela RAIZ E JÁ DEMOS MUITAS GUARITAS A ESSES VERMES INTRUSOS, INVASORES. FORA DO OCIDENTE RAÇA MACABRA ! REPUDIADOS HAMITAS ! HAGARINOS DESGRAÇADOS. VERMES ! LADRÕES DIFAMADORES !
Michio
14.11.2011 - 01:12
já agora para os ignorantes, 1 - a imagem acima é no atol de Mururoa na polinesia francesa. 2 - A Litle Boy explodiu a 580 metros de altitude 3 - não há uma zona concreta de impacto. Por isso deixem de ser aldrabões e de distorcerem os factos. Mas essa parece ser a unica forma de conseguirem ter algum credito, ou seja adulterando a verdade. Felizmente é facil apanhar um mentiroso.
Michio
14.11.2011 - 01:02
ó vendap então ainda a 2 dias dizias que o Irão não era teocracia, agora ja é?????

então a teocracia não manda na esfera militar??? hehehe então os guardas da revolução fazem o q? jogam as cartas???

hehehe tu espalhaste todo ao comprido.... até a Republica ISLAMICA do Irão era laica hahahahahahahaha
Michio
14.11.2011 - 00:57
Hijacking The Holy Land
Suicide Killers
Obessession - Radical Islam's War Against The West
The Third Jihad
Talabanistan
Silent Exodus
First Comes Saturday Then Comes Sunday

Estão disponiveis aqui: http://veetle.com/v/4eb9d92aea668
vicentearaujo2
14.11.2011 - 00:22
Documentário fundamental para entender a atual questão nuclear do Irão. Basta clicar: Iran is not the problem. Versões em inglês e Português.
vendap
13.11.2011 - 23:12
Renato Nunes
13.11.2011 - 20:09
Não exitará usá-las se for atacado o que é compreensível. Não é a Teocracia que comanda a esfera militar.

Renato Nunes
13.11.2011 - 20:09
Os Europesu que nao se esquecam do passado.
O abdicar de fazer frente a ditadores -- Neville Chamberlain v. Adolph Hitler -- em devido tempo acabou resultando em que uma Guerra horrivel se desencandeasse na Europa.
Nao esquecer que os misseis que o Irao hoje possui nao atingem apenas Israel.
Ja tem um raio de accao suficiente para poder atingir cidades como Atenas, Sofia, Cairo, Belgrado e Bucareste.
E se forem aperfeicoados -- levara algum tempo mas nao muito -- podem chegar a Berlim, ou Roma ou Vienna, ou Kiev.
Ha que arranjar maneria de travar tal expansao pois o perigo nao e o ter armas nucleares ( os Sovieticos tiveram-las e nunca as usaram ) o verdaderiro perigo e sabermos que a hieraquia Teocratica Iraniana nao hesitar em usa-las.
Michio
13.11.2011 - 19:49
Heheheh a comunada, hipocrita como sempre, anda desesperada Hahahahahah
Freda
13.11.2011 - 19:28
(...)"Conselho Europeu de 23 de Outubro já preparou mais sanções para serem aplicadas «no momento oportuno» caso Teerão «continue sem cooperar seriamente ou sem cumprir as suas obrigações»"(...)

Entretanto, um arsenal em base militar no Irã, explode!

"TEERÃ, 12 Nov 2011 (AFP) -Um depósito de munições explodiu neste sábado em uma base militar da Guarda da Revolução próxima de Teerã, segundo responsáveis iranianos citados pela imprensa local, que não informaram sobre a existência de vítimas.

Ambulâncias, um helicóptero médico e equipes de socorro com cães farejadores foram enviados para o local, informou um funcionário do Centro de Emergência de Teerã, citado pela agência de notícias ISNA.

"O acidente ocorreu em uma base militar próxima de Malard e de Sharyar", subúrbio de Teerã, onde uma grande quantidade de munições explodiu, segundo o deputado do distrito, Hossein Garusi, no site do Parlamento.

O depósito pertence à Guarda da Revolução (Pasdaran), o exército de elite do regime iraniano, informou o site dos Pasdaran, que deve publicar mais informações posteriormente.

A explosão foi sentida nos bairros da parte oeste de Teerã e escutada até no centro da capital do Irã. Janelas e portas balançaram segundo várias testemunhas.

De acordo com a imprensa local, o acidente pode estar ligado com uma estação de distribuição de gás comprimido natural (GNC). O ministério do Petróleo negou esta possibilidade.

As Forças Armadas iranianas dispõe de várias bases na periferia de Teerã."(...) in Google

quijote
13.11.2011 - 17:03
Parece que as demonstrações práticas do Afganistão e do Iraque ainda não convenceram o Islão. Vai ser preciso usar métodos mais duros para os converter à realidade.
vicentearaujo2
13.11.2011 - 16:33
A foto que mostra a noticia, o clarão aterrorizante, assim mesmo: a poucos metros acima de um hospital,no centro de uma cidade, foi provocado pelos Estados Unidos em 6-8-1945. Pelo que os americanos chamaram debochadamente de "Litle Boy" ,e, três dias depois, imaginem que gracinha, foi o "Fat Man" lançado sobre outra cidade repetiu a cena. Como são generosos os americanos! Isso foi feito, explicam-nos agora, mentirosamente, para salvar vidas!
Rui Silva
13.11.2011 - 12:51
Junta-te já a um país virtual, usa o link: bitly.com/rPNTGt


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt