quinta-feira, 24 de Abril de 2014, 17:08
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
'Seria importante uma resolução da ONU na Síria'

3 de Fevereiro, 2012
O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Paulo Portas, sublinhou hoje a importância das Nações Unidas aprovarem uma resolução condenatória da repressão na Síria, quando o Conselho de Segurança da ONU analisa uma nova versão do documento.

«Seria muito importante que o Conselho de Segurança conseguisse adoptar uma resolução sobre a Síria, e estão muitos diplomatas a trabalhar para que isso seja possível», disse Portas, à margem de um almoço, em Lisboa, com Enrique Iglesias, secretário-geral da SEGIB (Secretaria-Geral Ibero-Americana).

Portugal integra o Portugal o Conselho de Segurança da ONU, desde início do ano passado.

Os diplomatas das Nações Unidas estão hoje a analisar um novo projecto de resolução sobre a Síria, do Conselho de Segurança, que visa ultrapassar a oposição da Rússia.

Este último projecto não apela especificamente à demissão do presidente sírio, Bashar al-Assad, nem faz referência à imposição de sanções, mas «dá total apoio» a um plano da Liga Árabe para facilitar uma transição democrática no país.

A violência na Síria já fez mais de seis mil mortos desde o início, em Março, de acordo com informações dos grupos de direitos humanos.

Lusa/SOL




9 Comentários
sinadelis
29.08.2012 - 00:41
Vai-te embora ó panilas.
fundamentalista00
05.02.2012 - 14:40
lembro bem que os EUA nunca bombardearam inocentes, nem derrubaram aldeias inteiras. perfeitamente le recordo que todos os misseis norte americanos caiem exatamente sobre terroristas e seus familiares a existir sao minuciosamente avisados ou contornados pelos tais misseis de modo a evitar fogo amigo, que vindo dos americanos alem de amigo vinha provido de hamburgueres e coca colas, pena que aquela hora da passagem do missil, so mesmo na hora do funeral podem usufruir de tamanha generosidade norte americana.
Niajar
04.02.2012 - 20:17
Só Esta noite na Síria foram chacinadas cerca de 300 pessoas entre elas muitas crianças e mulheres e idosos sobre os escombros dos bombardeamentos feito pelas forças do assassino do Assad,Feridos sao mais de 900 centos ,as ambulâncias estão impedidas de socorrer os feridos alias a Rússia é neste momento o único pais que forneça armas de guerra e artilharia pesada ,é a Rússia que impede que se tome uma resolução na ONU contra o regime Criminoso da Síria ,portanto a Rússia de Putin é conivente com o hediondo genocídio na Síria ,o que se passa na Síria envergonha toda a raça humana ,A Rússia tem culpas acrescidas nos crimes que estão sucedendo na síria,terá que prestar contas disso! A revolta que sec espalha por todo o mundo contra as embaixadas do regime sanguinário Sirio deveria ser estendido ao regime de Putin ,que lhe convém guerra civil na Síria para valorizar o petróleo Russo em troca do sangue do povo Sírio ,SIMPLESMENTE VERGONHOSO!!!
vicentearaujo2
04.02.2012 - 18:52
Seria. Não será. Não haverá a repetição do que houve no Iraque,no Afeganistão e na Líbia. A Síria não será invadida, bombardeada e ocupada a fim de abrir caminho para o Irão. Russia e China não permitiram. A paz será mantida.
vicentearaujo2
03.02.2012 - 21:21
Como vergonha,também, é a terceirização das guerras pelo chamado "Ocidente". A fim de evitar as perdas politicas com o retorno de caixões envoltos em sua bandeiras,as "Potencias Ocidentais" (novo neologismo que está a substituir a desgastada "Comunidade Internacional) pagam mercenários ou requisitam jovens de países dependentes delas para, no caso da Síria, assumirem as funções de "desertores", na Líbia,os "defensores de civis" e, - que pena!-,no Afeganistão, os jovens portugueses para proteger o perigoso aeroporto de Cabul.
krishna
03.02.2012 - 20:56
vergonha são as centenas de milhar de civis vietnamitas, coreanos e cambodjanos assassinados pelos eua nas suas aventuras pela Ásia. e as centenas de milhar de árvores e hectares de floresta queimados pelo napalm norte-americano.
fundamentalista00
03.02.2012 - 17:33
alguem do kgb que faça a folha ao paulo portas sff.
fundamentalista00
03.02.2012 - 17:14
a russia esta a dominar e a reinar, querem desafiar o russia adormecida e começar o terror do inverno nuclear? podem pedir, mas so uma vez, depois é o fim.
Niajar
03.02.2012 - 16:21
A questão Síria é uma vergonha para a raça humana ,aqui os Russos tem culpas acrescidas e incompreensíveis!


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt