quinta-feira, 24 de Abril de 2014, 3:15
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Hollande pede vitória 'à altura da história e do futuro da França'

22 de Abril, 2012
O candidato socialista às presidenciais francesas, François Hollande, em primeiro lugar nas projecções da primeira volta do escrutínio, pediu hoje aos franceses uma vitória «à altura da história e do futuro da França».

De acordo com as últimas projecções divulgadas hoje pela televisão pública francesa TF2, François Hollande venceu a primeira volta das eleições, com 28,3 por cento dos votos. O Presidente recandidato, Nicolas Sarkozy, teve 25,8 por cento dos votos. É a primeira vez que um Presidente recandidato não vence esta eleição.

A falar aos seus apoiantes, François Hollande afirmou que os resultados desta primeira volta representam «uma sanção no mandato que termina», e que são a resposta dos franceses ao «jogo da extrema-direita que Sarkozy tem feito nos últimos meses».

«Sou o candidato de todas as forças de queiram abrir uma nova página, de todos os atores da sociedade que esperam o seu lugar, como os jovens. Sou o candidato da união para a mudança», disse, saudando os apoios à esquerda já anunciados, de Jean-Luc Mélenchon (Frente de Esquerda, 11,7 por cento) e de Eva Joly (dois por cento).

François Hollande disse-se ainda «o candidato da alternativa», prometendo responder «ao desemprego, à precariedade, à perda do poder de compra, à insegurança, à dívida, e aos mais pobres». A respeito da Europa, assegurou que vai «reorientar» a União «no caminho do crescimento e do emprego».

O socialista falou em «preocupação» perante os resultados da Frente Nacional, o partido da extrema-direita francesa, que teve perto de 20 por cento dos votos. Destacou depois a «participação rara» nesta eleição, que afirmou ser de 80 por cento: «Uma mobilização massiva dos franceses pela mudança», afirmou.

«A mudança já está em marcha e nada a fará parar. Depende agora do povo francês. No dia 6 de Maio quero uma vitória, uma bela vitória, à altura da história e do futuro da França», pediu.

A segunda volta para as eleições presidenciais francesas acontece a 6 de Maio. O grande debate televisivo entre François Hollande e Nicolas Sarkozy está agendado para 2 de Maio.

Lusa/SOL




11 Comentários
pedrox
24.04.2012 - 13:13
Os esquerdalhocos e os vagabundos são a receita ideal para que a extrema direita e o fascismo voltem ,porque são uns inconscientes e desgraçam qualquer pais ,aqui assim foi desde o idiota do Guterres que deu o RSI e aumentarem exponencialmente os impostos e deram cabo das empresas dos empregos do país.A esquerda sempre foi irresponsável!
MPortugal
23.04.2012 - 21:32
quijote,
Que le bon Dieu nous livre de Marine et que le Diable la prends. H

Nesta conjuntura com laivs de semelhança ao pré II GG, há o risco de o fascisno regressar à UEuropa, principalmente a países onde ainda ficarm resquícios fascistas, como em Portugal. Há o risco, como anteriormente, o fascismo não vencerá. É a única consolação que me resta neste crepúsculo doentio em que os governos de direita e os famigerados agiotas dos mercados lançaram a EUropa e ameçam lançar o mundo, se os líderes europeus (Merckel et al) não ganharem alguma sabedoria.
Parece-me que já gastei demasiado com V. Sr.ª.
pedrox
23.04.2012 - 15:42
Porque razão a França votou quase 20 % na extrema direita ????É simples !Os verdadeiros Franceses e aqueles que trabalham estão a ficar fartos de tanto vagabundo,criminosos e de tanta bandalheira!Aqui irÁ suceder o mesmo, basta ver o que ainda ontem sucedeu no bairro do Aleixo....por exemplo..... ,Nós também começamos a ficar fartos dos ciganos daqui mais dos romenos ,mais da pretalhada e demais vagabundos que vivem a custa dos nossos impostos via RSI E AINDA DA DELINQUÊNCIA PRATICADA POR ESTES INDIVÍDUOS QUE NÃO GOSTAM DE VERGAR O MOLA MAS GOSTAM DE ROUBAR E DE MATAR É por isso !A extrema direita cresce???? PORQUE A EXTREMA DIREITA TEM SOLUÇÃO PARA ISSO!
quijote
23.04.2012 - 00:19
Vous avez raison, Madame. La France fera changer l'Europe quand Marine démémager pour l'Élysée. Aprés le Front National le Front Continental suivra.
MSMINHO
22.04.2012 - 23:27
Viva a eterna língua Portuguesa! ( Oh mon Dieu, mon Dieu! Nous ne sommes pas à la france. Nous sommes au Portugal)!
MSMINHO
22.04.2012 - 23:23
Oh Mon Dieu! Mon Dieu! Je suis dans la france ou au Portugal. Viva a gloriosa e eterna língua Portuguesa!
MPortugal
22.04.2012 - 22:55
Mr quijote,
QUe vous vous trompez! La France porte toujours le feu que change la societé. On verra l'Europe changer, en commençant par la belle France. Que je suis heureuse ce soir!
MSMINHO
22.04.2012 - 22:05
Um em cada cinco franceses votou na extema direita. A frança está doente, ou melhor, a frança está morta! Siga o enterro!
pauloc
22.04.2012 - 21:59
Hoje votaram os Franceses e a partir de amanhã votam os mercados. Se atacam ganha Sarkozy, caso contrário
ganha Hollande.
Quanto à tradução é para já:
Certamente que Hollande terá uma enorme derrota no dia 6 de Maio.Doravante os Franceses não se vão deixar enganar até aqui por um tal de "imbecil".
É caso para dizer:
On verá!
mundonovo50
22.04.2012 - 21:42
quijote
22.04.2012 - 21:32

com esse teu franciu é que me lixaste,traduz lá essa p@rra para a lingua de Camões
quijote
22.04.2012 - 21:32
Bien sur Hollande subira la plus énorme défaite le 6 Mai. Désormais les français ne se laisseront tromper comme jusqu'ici par un tel con.


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt