sábado, 19 de Abril de 2014, 12:57
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Novo presidente sérvio diz que 'não houve genocídio' em Srebrenica

1 de Junho, 2012por Diogo Pombo
Tomislav Nikolic rejeitou a ideia de ter existido um genocídio em Srebrenica, cidade bósnia onde um massacre conduzido pelas tropas sérvias matou mais de 8 mil pessoas em 1995. O recém-eleito presidente sérvio, um nacionalista, abordou antes o episódio como «um grande crime».

A 20 de Maio, o candidato do Partido Progressista (SNS), um populista com fortes tendências nacionalistas, venceu a segunda volta das eleições presidenciais na Sérvia, derrotando o anterior líder do país, Boris Tadic.

A vitória de Nikolic foi vista por muitos analistas com o risco de uma eventual regressão no caminho que a Sérvia tinha vindo a tomar, de aproximação ao Ocidente, no âmbito da sua adesão à UE – candidatura já aceite pela comunidade, em Março. Porém, o candidato deu sinais, durante a campanha, que indicavam um esfriar da sua postura nacionalista. Sinais que, agora, ao que parece, caíram por terra.

Em entrevista a uma televisão montenegrina, citada pelo diário francês Le Monde, o presidente sérvio abordou o massacre de Srebrenica, uma cidade bósnia onde, em Julho de 1995, foram mortos mais de 8 mil bósnios de origem muçulmana por tropas sérvias, em plena Guerra dos Balcãs (1992-1995).

Ratko Mladic e Radovan Karadiz, ambos generais e alegadamente responsáveis pelo ataque, estão hoje em Haia a ser julgados pelo Tribunal Penal Internacional, acusados de terem cometido crimes de guerra e genocídio. Mas este último ponto foi recusado por Tomislav Nikolic.

«Não houve um genocídio em Srebrenica», sublinhou, ao falar antes num «grande crime que foi produzido pelos sérvios», que devem «ser encontrados, julgados e punidos».

Indignação do lado bósnio

As palavras de Nikolic já suscitaram resposta do lado bósnio. Bakir Izetbegovic, membro muçulmano do seu triunvirato presidencial – a Bósnia tem rotativamente, no cargo de presidente, um representante bósnio-muçulmano, um croata e um sérvio -, classificou as palavras do líder sérvio como «uma fonte de novas tensões».

«Negar o genocídio de Srebrenica, que foi reconhecido pelo TIP, não é uma via de cooperação e de restabelecimento de confiança, mas justamente o contrário: é uma fonte de novos mal entendidos e tensões», defendeu

A meio deste mês, está previsto o primeiro encontro de Tomislav Nikolic com responsáveis comunitários, em Bruxelas. Em discussão deverá estar a adesão sérvia à UE, e a comunidade sempre sublinhou a importância de a Sérvia manter estáveis as suas relações com os países vizinhos, nomeadamente o Kosovo, um reincidente foco de tensões entre os kosovares e os membros das etnias sérvias presentes no território.

diogo.pombo@sol.pt




11 Comentários
pedrox
03.06.2012 - 13:57
Parasol
Isso é parvoíce congénita ou tirou algum curso especifico?Será que foi na independente?Deves ter sido bom aluno ,porque mostras bem as tuas capacidades de parvalhão.
parasol
03.06.2012 - 13:13
Quetzal
02.06.2012 - 15:16 Achas que foi o Socrates?
parasol
03.06.2012 - 13:12

parasol
03.06.2012 - 13:12
Quetzal
02.06.2012 - 15:16 Os que não se deixam levar por embustes são normalmente embusteiros...
Basta dizeres que "adoro vendedores de banha da cobra" para se saber que és um aldrabão.
MSMINHO
02.06.2012 - 23:10
Esclareça-me quem souber: afinal quem criou o problema Sérvio e Bósnio e em nome de que interesses?
Niajar
02.06.2012 - 15:19
Mas que lata este cabraao tem,que lataaaaaaa !!!!!
Quetzal
02.06.2012 - 15:16
Parasol
Apenas um Português que ama a democracia e que nunca se deixa levar em embustes ,mesmo os de falinhas mansas !O contrario de si que adora vendedores de banha da cobra!
parasol
02.06.2012 - 10:38
Quetzal
01.06.2012 - 22:50 És sérvio o irmão do Relvas?

Quetzal
01.06.2012 - 22:50
Perante as evidencias tínhamos um ex.Primeiro ministro que está agora a estudar filosofia em Paris que era mestre nestas coisas ,mas não sabia que ainda estava filiado no PSD,pensei que era secretario geral do PS!
Quetzal
01.06.2012 - 22:47
Incrível estas declarações !Estes artistas pretender entrar para a comunidade Europeia?Isso nunca!Extrema direita é igual a extrema esquerda nas mentiras e no embuste!
parasol
01.06.2012 - 21:20
Deve ser do PSD... mente como eles perante a evidencia...


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt