sexta-feira, 18 de Abril de 2014, 19:12
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Maçonaria entra em força nos países lusófonos

5 de Setembro, 2011por Catarina Guerreiro
A Maçonaria está a instalar-se em força nos países lusófonos. A Grande Loja Legal de Portugal (GLLP), a maçonaria regular, já tem lojas em todos os países e territórios onde se fala a língua portuguesa.

Angola é o país onde se verifica maior crescimento, existindo neste momento três lojas da GLLP, com um total de 150 maçons – adiantou ao SOL o grão-mestre da maçonaria regular, José Moreno.

O mesmo crescimento verifica-se em Cabo Verde, onde a GLLP já tem duas lojas. Timor, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Macau têm, cada um, uma loja maçónica. A última a ser constituída foi a de Macau, no passado mês de Junho: «Fui a Macau consagrar essa loja», refere José Moreno, acrescentando que só neste território haverá maçons da outra maçonaria, a irregular. «Nos outros não há. Só há maçonaria regular», garante.

Já no Brasil e em Moçambique o peso da maçonaria é tal que a organização foi autonomizada da portuguesa. «Nestes países, já há a Grande Loja Legal do Brasil e a Grande Loja Legal de Moçambique», explica José Moreno, acrescentando que no território brasileiro «há milhões de maçons».

Moçambique, por seu lado, obteve a sua ‘independência’ há dois anos, tendo na altura três lojas e 200 membros.

Ou seja, nestes dois países a maçonaria regular não depende da portuguesa: têm um grão-mestre próprio e são reconhecidas internacionalmente. As outras, isto é, a de Angola e dos restantes países, pertencem à Grande Loja Legal de Portugal, sendo o grão-mestre José Moreno.

Angola com novos membros 'do topo'

Mas, segundo José Moreno, os angolanos deverão ser os próximos a ter uma maçonaria própria. «Julgo que dentro de dois anos teremos condições de a autonomizar, isto é, de a consagrar como uma Grande Loja Legal de Angola, reconhecida internacionalmente» – revela o grão-mestre da GLLP, adiantando que, para isso, é necessário que se cumpram alguns requisitos, como o de ter no mínimo três lojas (o que já sucede) e respeitar-se as normas de funcionamento. «As lojas têm de ser observadas durante algum tempo, para se verificar se cumprem e se trabalham bem», esclarece o grão-mestre.

A propósito, José Moreno acredita que, nos próximos anos, a maçonaria vai «crescer mais em Angola, tendo em conta a qualidade dos membros que estão a aderir, que são pessoas do topo». Aliás, duas das três lojas que existem actualmente foram criadas no último ano.

O elevado número de maçons que já falam a língua portuguesa foi um dos argumentos que levou a que o Português passasse a ser língua oficial da maçonaria regular. Ou seja, nas próximas reuniões internacionais, os maçons da lusofonia já não terão de falar em Inglês ou na língua do país anfitrião do encontro. Esta decisão foi tomada na 11.ª Conferência Mundial dos maçons regulares, que se realizou em Cartagena de Indias (Colômbia), em Maio. Na reunião, onde estiveram os grão-mestres de 70 países, José Moreno diz que foi visível o peso que a lusofonia tem no mundo.

catarina.guerreiro@sol.pt




18 Comentários
Kalvin
08.09.2011 - 20:19
Ao ASS1719, evitemos a linguagem que emprega no seu comentário. Com esses termos, torna aqueles de quem não gosta em vítimas. É isso que pretende ? :)
ASS1719
08.09.2011 - 00:19
MAÇONARIA, OPUS DEI E PANELEIROS, PIOR RAÇA AO CIMO DA TERRA.
Kalvin
06.09.2011 - 20:20
(cont.) Quando ouvi essa notícia na comunicação social, pensei: "Ah grandes maçons, não são homens nem são nada se não cumprirem com a palavra de revelarem o conteúdo das listas !".

Infelizmente, não revelaram, tal como calculei que não o fizessem.

Para terminar, pego nas palavras de um outro comentador, "novesfora", no comentário das 11:13. Não procure, nem queira saber, pois quanto menos souber, melhor !

Afinal, há tanta coisa bonita em que se pode inscrever, cursos que pode frequentar, associações recreativas e culturais, de voluntariado, pode viajar, conhecer o mundo e enriquecer culturalmente... o caminho a seguir está dentro de si, não precisa, ninguém precisa, que os outros que se julgam iluminados lho indiquem.
Kalvin
06.09.2011 - 20:14
Um complemento, para Tete Santos:

Não sei se teve conhecimento de um escândalo em Portugal há uns anos atrás que terminou antes de começar, por sinal quando alguns processos judiciais mediáticos estavam ao rubro.

Um dia alguém da maçonaria resolve tornar público um facto sobre uns documentos secretos que foram encontrados (pasme-se) no palácio da maçonaria os quais continham nomes de ex-agentes da Pide e outro tanto de informadores do antigo regime fascista.

Quantos agentes da Pide foram condenados em Portugal, nomeadamente chefes dessa polícia, depois do 25 de Abril de 1974 ? Pois é...

Na realidade, o que se passou com o pseudo-escândalo que consistiu numa tirada infeliz de um antigo Grão Mestre que disse que ia revelar os nomes dessa lista de Pides e informadores, resumiu-se a uma viragem monumental dando o dito pelo não dito e remetendo a divulgação para o ano de 2050, altura em que toda a nossa geração proeminente terá falecido e como tal já não fará mossa.

Dizia o douto senhor que a lista integrava pessoas de todos os quadrantes políticos, da esquerda à direita e inclusive indivíduos indirectamente ligados a factos importantes. Não deixando de ser curioso um documento desses aparecer num palácio maçónico, pois após uma revolução deveria pertencer ao Estado português e de estar à guarda das autoridades e não de uma organização privada, o que terá sido lido naquelas listas de nomes para travar a pujança de um indivíduo que num dia diz "vamos revelar as listas de nomes" para dois dias depois se contradizer, afirmando que afinal é melhor remeter para o ano de 2050 ?

E, na realidade, se Salazar perseguiu tanto os maçons, porque permitiu que se infiltrassem na justiça, apesar de saber que eles lá estavam ? Porque será que se ocultam certos factos ou se pensa que oculta, já que há lendas vivas desse tempo ? Ou será que essas listas de nomes iriam revelar uma verdadeira promiscuidade entre o antigo regime, maçonaria,opus dei e tudo o que eram elites deste país?
japenso
06.09.2011 - 11:45
Numa resposta de Caetano Veloso (salvo erro foi este cantor Brasileiro) numa entrevista que deu há já alguns anos,quando perguntado acerca dos benefícios ou não da presença portuguesa no Brasil respondeu que os portugueses deixaram muitas coisas boas contudo uma que perdura até hoje mas muito má,foi a constituição das elites.E a maçonaria pode supostamente ter um ideal de virtude mas na prática e como resultado é uma elite , pior por ser secreta,e como elite que é tudo fará por acumular.E,portanto egoísta,discriminatória.Poderei até provar ,num outro âmbito,que a maçonaria é uma organização satânica ou ao seu serviço.
novesfora
06.09.2011 - 11:15
...no meio de tanta gente, alguns hão de escapar.

E outros lá estarão por cagufa...

novesfora
06.09.2011 - 11:13
tete
~
SÃO TODOS MUITO BONS, ÓPTIMOS. Mas se quer um conselho de alguém amigo , não procure e nem queira saber. Quanto menor souber melhor para si.


catanduva
06.09.2011 - 10:41
A Tete Santos.
Tete santos é facto histórico que D. Pedro IV (D. Pedro I do Brasil) era Maçom, assim como Marques de POmbal.
Acho que se fala muito da maçonaria,mas os exemplos e factos falam mais alto. Além de termos bons exemplos de pessoas que foram maçons, temos exemplo de gente que persiguiu a maçonaria com toda a força.
Hitler mandou os maçons para os campos de concentração matando muitos. Stalin também persiguiu os maçons.
Kalvin
06.09.2011 - 08:04
Errata: "Infelizmente, quando falecermos, se alguém disser que pertencíamos a alguma organização...".
Kalvin
06.09.2011 - 08:02
Ainda para Tete Santos, uns com mais cultura, outros com menos, não nos consideramos porém como iluminados, já que o auto-convencimento é um sinal que caracteriza a fraqueza do Homem.

Abraço e bom dia para si e para todos.
Kalvin
06.09.2011 - 07:59
Tete Santos. Certamente que se honrará da sua família. Você não se importará que alguém saiba quem são os seus irmãos se os tiver, os seus pais, os seus tios, a sua Família, pois sente honra neles e não tem medo nem vergonha de dizer que lhe pertencem.

Do mesmo modo, não sentirá vergonha se for do SLB ou do FCP ou de qualquer clube ou associação, sendo capaz de o dizer abertamente a toda a gente, sem vergonha ou medo de o fazer.

Certamente que no seu dia a dia não procura conviver apenas com gente de poder. Provavelmente dá-se com toda a gente desde que seja honesta e de trato agradável, não precisando de convidar um juiz ou um deputado para sua casa porque estes sejam mais poderosos do que uma empregada de limpeza.

A sua honra é o reflexo dos seus actos. Sendo uma pessoa digna e honrada, não tem de andar a dizer aos outros que é um homem(mulher) livre e de bons costumes, pois aquilo que é estará aos olhos de quem priva consigo diariamente. Sendo honesto(a), sabe que não tem necessidade de andar a bater com a mão no peito a dizer que é respeitável. É uma pessoa de respeito, os seus amigos sabem que é e isso constituirá a maior honra para si.

Infelizmente, quando falecermos, se alguém dizer que pertencíamos a alguma organização estranha que não dá a cara e se imiscui nos assuntos de Estado e da justiça sem que para tal mandatada e muito menos eleita por sufrágio, estando mortos não nos poderemos defender dizendo que éramos de facto homens e mulheres livres, sem vínculo a quaisquer organizações secretas cujo triste historial deixou o rasto que vemos quer maçnaria quer opus dei deixarem e não me refiro apenas a Portugal, mas ao mundo em geral.

Aconselho-o(a) a ser livre. Seja do Benfica, do FCP, do Sporting, do clue Mediterranée se quiser. No dia em que ingressar numa sociedade secreta ou pior, se for convidado(a) e não aceitar, creia-me que nesse dia será o princípio do seu pesadelo. Continue a ser livre, feliz e honrado(a),pois não precisa de "dono" para pensar.
JorgePaz
05.09.2011 - 23:21
Tete Santos:

A Maçonaria é uma fraternidade iniciática que tem por fundamento tradicional a fé em Deus, Grande Arquitecto do Universo.
A Maçonaria é uma Ordem à qual não podem pertencer senão homens livres e de bons costumes, que se comprometem a pôr em prática um ideal de Paz.
A Maçonaria visa ainda, pelo aperfeiçoamento moral dos seus membros o da Humanidade inteira.

Acabei de lhe transcrever algumas normas fundamentais da Maçonaria Regular, em que se integra a GLLP e que poderá ler na totalidade no seu site ou em qualquer livro sério sobre a matéria.

Historicamente foram Maçons, entre muitos outros, Mozart, Winston Churchill e quase todos os Presidentes americanos até John Kennedy e o atual (Obama) também o é. Em Portugal salientaram-se o Marquês de Pombal e D. Pedro IV (D.Pedro I no Brasil).
pontaesquerda
05.09.2011 - 21:11
Tete Santos
05.09.2011 - 20:05

há muita informação e lixo na internet...agora é conveniente...tentar usar alguns "filtros mentais" para apurar o que pode ser relevante e o que pode ser contra informação...
novesfora
05.09.2011 - 20:22
...são lobos com pele de cordeiro. Quanto menos se souber delas melhor.







novesfora
05.09.2011 - 20:19
maçonaria, opus dei e demais seitas religiosas, anti-religiosase e mafiosas servem para fazer vigarices e corromper as sociedades.



Tete Santos
05.09.2011 - 20:05
Para que serve a maçonaria? O que fazem? Desculpem a minha ignorancia mas se alguém que saiba e tiver a gentileza de me explivar ainda que em traços largos, ficarei grata
AngelEYES
05.09.2011 - 19:56
Ou foram atrás do guito porque aqui secou a fonte, ou puseram-se em fuga porque aqui já cumpriram a missão de nos vender o país.
Rodolfo Guedes
05.09.2011 - 17:47
E, perante esta noticia, o tugazinho emburrecido pergunta:"E?...Só quero saber como vai o meu FCP!"


PUB
PUB
Siga-nos
Assinaturas - Revista FEEL IT (AO)
Siga o SOL no Facebook
Assinaturas - Revista FEEL IT (AO)


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt