sábado, 19 de Abril de 2014, 12:58
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Sócrates já tinha preparado pedido de ajuda quando negociou PEC

8 de Abril, 2011por Luís Gonçalves
O primeiro-ministro já tinha preparado o pedido de ajuda à UE e ao BCE quando se comprometeu em Bruxelas a avançar com novas medidas de austeridade.

Quando José Sócrates assinou em Bruxelas, no passado dia 11 de Março, o acordo com as medidas do PEC 4 ficou também estabelecido que a esse acordo se seguiria um pedido de ajuda externa a Portugal no valor de 80 mil milhões de euros, apurou o SOL junto de elementos da Comissão Europeia (CE) envolvidos nas negociações.

O compromisso assumido pelo primeiro-ministro português com o Banco Central Europeu (BCE), a CE e o grupo Euro começou a ser negociado no final de Fevereiro e passou pelo encontro, a 2 de Março, em Berlim, de Sócrates e Teixeira dos Santos com a chanceler alemã Angela Merkel.

As crescentes dificuldades de financiamento do Estado português e, em particular, da banca colocaram como inevitável a antecipação das medidas do PEC 4 e a definição de um pacote de ajuda externa a curto prazo.

O próprio presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, viria a confirmar publicamente, dias depois, que considerava «apropriado um resgate a Portugal» num valor próximo dos «75 mil milhões de euros».

O bluff...

O anúncio das medidas do PEC 4, no mesmo dia 11 de Março em que foi oficializado em Bruxelas, apanhou o país de surpresa. E deixou antever – pela forma como o primeiro-ministro marginalizou ostensivamente o PR e a Oposição do processo – que dificilmente o PEC 4 recolheria o imprescindível apoio maioritário na AR. E que estava próxima a abertura da crise política.

Ciente de que a negociação do PEC 4 tinha implícito, num segundo momento, o pedido a Bruxelas da ajuda de 80 mil milhões de euros, Sócrates apostou tudo no bluff político e na estratégia de ruptura que permitisse culpabilizar a Oposição, e em especial o PSD, pela queda do Governo e pelo recurso à ajuda financeira da Europa.

Luís Gonçalves




151 Comentários
Marius
21.04.2011 - 09:54
Claro que se noticia é verdadeira só mostra que a situação estava sendo controlada de modo a criar o menor sacrificio. Simplesmente, a guerra santa movida contra o PS e mais explicitamente contra o PM, que deu origem ao chumbo do Pec, como ação fundamental para camuflar o escândalo do PECaGATE e que obrigou que o descalabro das contas publicas tomasse uma aceleração diferente. E agora cá estamos destinados a pagar as ações ingénuas dos que se reclamam deputados. Mais concretamente, deveriam ser era deportados e para longe.
Marius
21.04.2011 - 09:53
Claro que se noticia é verdadeira só mostra que a situação estava sendo controlada de modo a criar o menor sacrificio. Simplesmente, a guerra santa movida contra o PS e mais explicitamente contra o PM, que deu origem ao chumbo do Pec, como ação fundamental para camuflar o escândalo do PECaGATE e que obrigou que o descalabro das contas publicas tomasse uma aceleração diferente. E agora cá estamos destinados a pagar as ações imbecis dos que se reclamam deputados. Mais concretamente, deveriam ser era deportados e para longe.
JorgeManueldesousa
13.04.2011 - 19:43
Todos os dias vamos sabendo mais notícias que incriminam Sócrates em termos de negociar a penhorar mais Portugal nas costas de todos. Vivemos em democracia e ele tem minoria por isso não tem o direito de forçar os outros a aceitar a sua vontade monoritária e continuar a bandalheira. Fez bem a oposição em travar este homem, pode-nos custar mais mas pelo menos trabalhamos com a verdade e horizontes transparentes. Sócrates nunca mais, mas o PS depois de limpo tem de ser parte da solução necessária para a estabilidade.
Nuno Cardoso
13.04.2011 - 08:52
Para quem ainda acredita na honestidade e boas intenções do "nosso querido líder"
Andre Lopes Aeon
12.04.2011 - 22:41
No País dos históricos e bravos descobrimentos, descobrimos este século a BESTA Mr. Sóka! Que nos empurrou para o esquema pirâmide Madoff, empréstimo em cima de empréstimo. O FMI já afirmou disparidade no orçamento. O Ps e psd andam ainda na mesma baixaria, conversa já fora de nível de dirigentes de partidos, está visto que é uma guerra muito pessoal!! Que se lixa????
é preciso o que mais para dizer basta?
Vampire
11.04.2011 - 22:18
antoniopestana
08.04.2011 - 18:02

"Todos se recordam perfeitamente que Sócrates disse publicamente que ESTAVA DISPONÍVEL PARA NEGOCIAR e Passos Coelho disse que não estava disponível para negociar."

Sim estava... LOL
Telefona-lhe no dia anterior a dizer que ía implementar e que já tinha enviado... E depois quer negociar.
No PEC3 tambem negociaram. Todas as coisas que o PSD acordou com o PS não foi feito.
Ninguem conseguiu analisar as PPP nem o TGV(que já vai em 150 milhões só em estudos).
Ninguem negoceia com aldrabões.
victorsierra
11.04.2011 - 12:44
Estamos a ser governados por gente séria?... É isto a Democracia?... Foi para isto que os "capitães" do 25 A fizeram um golpe de Estado, aproveitado pelos adormecidos da revolução jacobina para a largada de todos os "abutres" que comeram a"pesada herança" do Tesouro do Estado Novo, e agora nos comem os ossos?!... Pobre Pátria, que Junqueiro (o poeta!...) tão bem caracterizou! Triste sina a nossa!...
Alrecim Dourado
11.04.2011 - 08:19





MUITO ACTUAL PARA DIA DE HOJE, QUANDO SE FALA DE IMPOSTOS
AQUI VOS DEIXO ALGUNS EXEMPLOS DE DÚVIDAS QUE O TRIBUNAL DE CONTAS
ENCONTROU NAS DESPESAS PÚBLICAS...

NÃO DEIXEM DE LER

ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO ALENTEJO, I. P.
Aquisição de 1 armário persiana; 2 mesas de computador; 3 cadeiras c/rodízios, braços e costas altas: 97.560,00€
Eu não sei a quanto está o metro cúbico de material de escritório mas ou estes armários, mesas, cadeiras são de ouro sólido ou então não estou a ver onde é que 6 peças de mobiliário de escritório custam quase 100 000€.
Alguém me elucida sobre esta questão?

MATOSINHOS HABIT - MH
Reparação de porta de entrada do edifício: 142.320,00 € .
Alguém sabe de que é feita esta porta que custa mais do que uma casa?

UNIVERSIDADE DO ALGARVE - ESC. SUP. TECNOLOGIA - PROJECTO TEMPUS
Viagem aérea Faro/Zagreb e regresso a Faro, para 1 pessoa no período de 3 a 6 de Dezembro de 2008: 33.745,00 €
Segundo o site da TAP a viagem mais cara que se encontra entre Faro-Zagreb-Faro em classe executiva é de cerca de 1700€. Dá uma pequena diferença de 32 000 €. Como é que é possível???

MUNICÍPIO DE LAGOA
Kit de mala Piaggio Fly para as motorizadas do sector de águas: 106.596,00 €
Pelo vistos fazer um "Pimp My Ride" nas motorizadas do Município de Lagoa fica carote!!!

MUNICÍPIO DE ÍLHAVO

Fornecimento de 3 Computadores, 1 impressora de talões, 9 fones, 2 leitores ópticos: 380.666,00 €
Estes computadores devem ser mesmo especiais para terem custado cerca de 100 000€ cada....Já para não falar nos restantes acessórios.

MUNICÍPIO DE LAGOA
Aquisição de fardamento para a fiscalização municipal: 391.970,00€
Eu não sei o que a Polícia Municipal de Lagoa veste, mas pelos vistos deve ser Haute-Couture.

CÂMARA MUNICIPAL DE LOURES
VINHO TINTO E BRANCO: 652.300,00 €
Alguém me explica porque é que a Câmara Municipal de Loures precisa de mais de meio milhão de Euros em Vinho Tinto e Branco????

MUNICIPIO DE VALE DE CAMBRA
AQUISIÇÃO DE VIATURA LIGEIRO DE MERCADORIAS: 1.236.000,00 €
Neste contrato ficamos a saber que uma viatura ligeira de mercadorias da Renault custa cerca de 1 milhão de Euros. Impressionante...

CÂMARA MUNICIPAL DE SINES
Aluguer de tenda para inauguração do Museu do Castelo de Sines: 1.236.500,00 €
É interessante perceber que uma tenda custa mais ou menos o mesmo que um ligeiro de mercadorias da Renault e muito mais que uma boa casa...
E eu que estava a ser tão injusto com o município de Vale de Cambra...



MUNICIPIO DE VALE DE CAMBRA
AQUISIÇÃO DE VIATURA DE 16 LUGARES PARA TRANSPORTE DE CRIANÇAS: 2.922.000,00 € E mais uma pérola do Município de Vale de Cambra: uma viatura de 16 lugares para transportar crianças custa cerca de 3 milhões de Euros.
Upsss, outra vez o município de Vale de Cambra...

MUNICÍPIO DE BEJA
Fornecimento de 1 fotocopiadora, "Multifuncional do tipo IRC3080I",para a Divisão de Obras Municipais: 6.572.983,00 €
Este contrato público é um dos mais vergonhosos que se encontra neste site. Uma fotocopiadora que custa normalmente 7,698.42€ foi comprada por mais de 6,5 milhões de Euros. E ninguém vai preso por porcarias como esta?

COMO É POSSÍVEL NÃO ESTARMOS EM CRISE?

COMO DIZ
SÓCRATES:
É DIFÍCIL CORTAR NAS DESPESAS PÚBLICAS.
NOTA-SE. ACABÁMOS DE VER ALGUNS EXEMPLOS.




estreladatarde
10.04.2011 - 14:58
Este Luis Gonçalves pertence sem dúvida à vasta confraria jornalística dos omniscientes.
josecordeiro1
10.04.2011 - 08:49
Mas é claro que o palhaço tinha que ter alguma na manga,como tem sido hábito desde que chegou ao poder.Mas alguma vez este gajo foi honesto?Só quem anda a dormir pode acreditar neste pantomineiro!
Luis Marques
10.04.2011 - 08:20
Antigamente quando ainda eramiudo havia nas feiras os famosos vendedores da banha da cobra,e 90% deles vinhao da terra do PINOQUIO.
Tadeu
10.04.2011 - 01:25
Pior que mentir é não saber mentir...
Touca Ela
09.04.2011 - 10:43
Governo e Comissão Europeia garantem que PEC IV não incluía resgate
Lisboa, 08 abr (Lusa) - O Governo e a Comissão Europeia garantiram hoje que, na negociação do chamado PEC IV com Bruxelas, não estava incluída a ajuda...



Governo e Comissão Europeia garantem que PEC IV não incluía resgate
Lisboa, 08 abr (Lusa) - O Governo e a Comissão Europeia garantiram hoje que, na negociação do chamado PEC IV com Bruxelas, não estava incluída a ajuda externa a Portugal no valor de 80 mil milhões de euros.

Em declarações à agência Lusa, a porta-voz da presidência da Comissão Europeia afirmou ser "falso" que, quando o primeiro-ministro José Sócrates apresentou em Bruxelas o chamado PEC IV, "tenha ficado também estabelecido que a esse acordo se seguiu um pedido de ajuda externa de 80 mil milhões de euros".

O semanário Sol noticiou hoje que José Sócrates teria estabelecido com Bruxelas, quando assinou o acordo com as medidas do chamado PEC IV a 11 de março, que se seguiria um pedido de ajuda externa no valor de 80 mil milhões de euros.

O Governo já veio hoje rejeitar qualquer tipo de acordo com as instâncias comunitárias e, em comunicado, disse que a notícia do semanário "revela que para aquele jornal já vale tudo para desenvolver as campanhas políticas a que frequentemente se entrega".

Os ministros do Eurogrupo revelaram que o pedido de resgate de Portugal chegou hoje à Comissão Europeia e ao FMI.

Afinal quem é ALDRABÃO?
Touca Ela
09.04.2011 - 10:01
mundonovo50
08.04.2011 - 21:57 denunciar


Touca Ela
08.04.2011 - 21:09

sabes que antes do 25 de abril de 74 eu andava com uma faca de mato no meu carro que tinha uma insignia, abater um fascista, foi pena na altura não me apareceres à frente já tinhas ido e não fazias cá falta nenhuma.

Olha eu nunca andei nem com faca nem com arma nenhma porque não prciso sei que niguém me faz mal porque eu também não faç mal a niguém.

Agora tu deves ser fraca bisca, mas eu não te tenho medo nem a ti nem a niguém e quando quiseres aparece.

Era o que faltava era os fascistas ainda andarem a pressionar as pessoas, és um GRANDE fascista, mas já passou o teu tempo.

Vingador1
09.04.2011 - 01:04
alix
09.04.2011 - 00:39

Bruxelas quer o dinheiro que emprestou a Portugal!

Foi ""ESTE"" Governo que fez os calotes.

É com "este" Governo, e não outro, ou outras pessoas, que Bruxelas fala...

Bruxelas também desmentiu os tratos do PEC 4...e não adiantou nada...
acd31gbs
09.04.2011 - 00:40
Esse mentiroso fartou-se de acusar o PSD de ser o culpado de tudo, mas já hà muito tempo que ele e o ministro das Finanças estão a aplicar os roubos aos portugueses que são as normas do FMI.Afinal se já tinha preparado o pedido de ajuda porque motivo é que o PSD foi o responsável pelo descalabro financeiro que o Sócrates deu a Portugal.Os portugueses nas próximas eleições não se deixem enganar pelas lágrimas de crocodilo desse mentiroso que em 5 anos nunca cumpriu uma promessa que fez aos portugueses.
alix
09.04.2011 - 00:39
Isto mais parece bulying , o jornal Sol lança esta treta aliás já desmentida em Bruxelas , e aparecem logo aqui vários a atirarem-se ao osso.
Esta notícia foi um ossito atirado a este pessoal , lol.
Vingador1
09.04.2011 - 00:33
Este Chefe é um vírus.

Onde entra, liquida a coisa.
Desta vez calhou a Portugal.

Palhaço.
Aderitos
09.04.2011 - 00:14
Há aqui uma grande confusão! os 80 mil milhões eram o pagamento dos computadores Cagalhães que o Sócrates nessa reunião vendeu à U.E.
atalaia
08.04.2011 - 23:20
O Socrates burro. Não senhor. Refinado vigarista e não lhe falta compahia. Todos esses individuos
ditos socialistas que andam com as calças na mão
atrás do Engenheiro o que será que os move ? Será
que caso o "Miúdo" ganhe por maioria vai por tudo
a limpo? Que grande barraca...O que me faz confução é o comportamento da CGTPIN, do Pc e Bloco.Gostam de levar na cornadura...Afinal o que é hoje em dia Direita e Esquerda. O Socrates é de esquerda.Parto a moca a rir como o Zé Povinho Santo.



PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt