quinta-feira, 17 de Abril de 2014, 22:34
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
PS quer ouvir preteridos na corrida ao BPN

2 de Agosto, 2011
O PS vai requerer a audição dos investidores preteridos na compra do BPN, que vai ser adquirido pelo Banco Internacional de Crédito (BIC), em sede de comissão parlamentar, informou hoje o partido à Agência Lusa.

Maria de Belém Roseira, líder parlamentar socialista, afirmou que será solicitada a audição dos concorrentes do BIC à privatização em sede da comissão de Orçamento e Finanças.

«O Governo virá para prestar esclarecimentos, mas achamos importante que sejam também ouvidos os concorrentes designadamente os que ficaram preteridos no concurso de aquisição do BPN», disse.

Na próxima reunião da comissão parlamentar de Orçamento e Finanças para discutir as audições, o PS vai solicitar assim a vinda dos concorrentes para se conseguir o «cabal esclarecimento com a maior abertura e transparência».

Para o PS, as audições deveriam decorrer em alturas próximas para «não se perder capacidade de comparação».

No domingo, o Ministério das Finanças informou que o Banco BIC seria o novo dono do BPN, divulgando que a proposta de aquisição de 100 por cento das acções do banco pelo angolano BIC é de 40 milhões de euros.

O Núcleo Estratégico de Investidores (NEI), constituído por 15 empresários portugueses, e o Montepio Geral foram duas das entidades que apresentaram propostas para comprar o BPN, a par do BIC e de um outro interessado cuja identidade não foi revelada.

Lusa/SOL

Tags: Política



19 Comentários
LMP
03.08.2011 - 14:17
Devem prender-se e inculpar-se: os gestores do BPN por todos os crimes de branqueamento, o Governador do Banco de Portugal, Vitor Cosntancio, por nao ter agido e deixado os criminosos à vontade e o PM por ter dado mais prejuizo ao Estado que os gestores do BPN: cujo buraco era de 750 000 0000€ e os xuxas enfiaram lá mais de 3 000 000 000€ . Alguém se aproveitou da nacionalizaçao para encher os bolsos !!!
jcs
03.08.2011 - 00:57
Acho muito bem que sejam ouvidas as trapalhadas do governo xuxa sobre a trite ideia da nacionalização do BPN!
Que memória?
Carapeteiro
02.08.2011 - 21:02
Acho bem, depois de termos assistido, descaradamente, à pouca vergonha da entrega do banco a um amigo, que paga menos que outros concorrentes. mas não sei se chega "ouvir", eles estão à volta do pote fazem o que quere, com todo o descaramento e falta moral.
mundonovo50
02.08.2011 - 18:33
Socratintas nacionalizou o BPN e Loureiro intitulou o dito cujo de menino de ouro, uma mão leva a outra
oscardarocha
02.08.2011 - 18:11


“GANDA POTE”

Isto não foi uma venda, foi uma farsa, uma oferta descarada e sem vergonha.

Nestas condições eu dava 80 milhões.

Desde que vi o Mirra Amarral na corrida começou a “cheirar-me a esturro”

O BPN nasceu como um negócio dos boys de Cavaco, com o dinheiro subtraído aos cofres do Estado pelos “perdões” fiscais do Oliveira e Costa/Cadilhe/Cavaco aos amigos laranjas. Depois de muitas vigarices e roubos, faz mais uma incursão aos nossos bolsos, 2,4 mil milhões, e termina como começou, entre a rapaziada do PSD.

Depois da barbaridade de dinheiro que o BPN custou ao erário público, em resultado dos roubos feitos pelos quadros do PSD dirigentes do banco, não seria menos lesivo para a economia nacional integrar os activos do BPN na CGD e proceder à sua liquidação, em vez desta venda em saldo? Os activos do BPN só valem 40 milhões? Qual é o valor do património? Qual o valor dos depósitos?
Os custos de pessoal irão ser reduzidos a metade, à conta do Estado…

Eu já esperava isto, a vigarice, o golpe, o furto estão o ADN do PSD. Esperem pelas privatizações que se seguem, vai ser um fartar vilanagem.

Afinal era o pote, e que pote!

jdfb52
02.08.2011 - 17:13
Será que o joliveira tocou na ferida???
finito
02.08.2011 - 17:11
jooliveira
02.08.2011 - 14:34

"Não será que o BIC foi a única entidade que ofereceu garantias de «incinerar« toda a documentação referente a todo o processo, muito em especial o nome de todas as entidades que mais beneficiaram com essa operação?"
jdfb52
02.08.2011 - 17:10
Pois o Governo tem mesmo de explicar aos Portugueses porque fez uma opção altamente lesiva dos interesses dos contribuintes! Este é a decisão que custará milhões ao erário público... estão a pagar ( dos nossos bolsos e à custa dos sacrifícios que nos impuseram, como o corte do subsídio de Natal) a um grupo para aceitar ficar com o Banco.
Nunca se viu algo tão grave em matéria de negócios, em Portugal, como este caso do BPN.
O dinheiro é nosso, dos cidadãos, que nos foi tirado à força. Não há alternativa senão explicar as razões de tal decisão.
Claro que foi um erro Nacionalizar o BPN - dediam tê-lo deixado falir. Mas esta negociata é deveras escandalosa! O dinheiro em questão não é do Governo - é dos contribuintes e castgados / explorados cidadãos de PORTUGAL.
P.o.r.r.a que já chega!!!
QUIMTUGA
02.08.2011 - 16:34
CLARO QUE ESTA VENDA É UM ESCANDALO.

MAS O PS NO SEU DEMONSTRADO ZELO PELO PAIS, AO QUERER OUVIR OS OUTROS CONCORRENTES, NA CONTINUAÇÕA DO MESMO ZELO NÃO QUERERÁ OUVIR O eX-GOVERNADOR DE PORTUGAL.


parasol
02.08.2011 - 15:54
kemal
02.08.2011 - 15:43 Até porque se o fizesse ficava transparente e corria o risco de ficar invisivel.
kemal
02.08.2011 - 15:43
O segredo é a alma do negócio, e este negócio ainda agora começou.
Naturalmente o governo não deve explicar os motivos porque optou pela proposta do BIC. E é definitivamente idiota se o fizer.
unicornio
02.08.2011 - 15:34
Ora aí está partido xuxa vivinho da silva.
Quando Nacionalizou o BPN com grandes encargos para o zé palerma pagar não ouviu nem quiz ouvir ninguém, e agora tal dom quixote quer ouvir.
Será que é desta vez que vamos ouvir o Vara dizer como consegui-o ser administrador da CGD?
Ou iremos ouvir o pai da bancarrota de portugal «grunho-sócrates», dizer que afinal não é engenheiro?
Com tanto querer ouvir, ainda vamos acabar por ouvir o mesmo grunho dizer que afinal recebeu uns dinheiritos( milhões) do freeport, mas não se recordava.

Gente mais reles e fraca não HÁ.
XUXARIA DE CACA.





euso
02.08.2011 - 15:12
A Sra. deve honrar o seu nome (Belém)... Eu estou fora do país à cerca 40 anos, sempre tenho seguido as políticas portuguesas!... Fiquei (estou convicto de estar satisfeito por aquilo que foi feito no período de Sócrates.) contente... O seu erro (foi bom) foi atacar os que fechavam os seus interesses a sete chaves... (ele destruiu as fechaduras, feri-os de morte (capitalista).
Nao deixem que a corrupçao siga o caminho do cavaquismo... isso seria andar para trás... até o pequeno "Magalhaes" dá para controlar... esses senhores... O grande erro do PS foi, nao adiantar com as regioes!!!! Qual é o vosso problema?!!! O norte tem pessoal que chega para resolver esse problema. Creio no PS - Creio em Portugal.
Terranova
02.08.2011 - 14:59
Umas lebres sem dinheiro, queriam comprar um Banco com o dinheiro do proprio banco??? Era isso?


Como Champalimaud comprou o Foseca e Bunay com um cheque sem cobertura que depois teve cobertura com o dinheiro do banco que acabou de passar o cheque.


Uns tem dinheiro outros credito???

Assim a diferença fez a compra.



cristinamrp
02.08.2011 - 14:43
Acho muito bem!!!
jooliveira
02.08.2011 - 14:37
Como é possível, hoje, na antena 1 no programa das 11h às 12h, antena aberta, um dos potenciais candidatos ter dito que a sua oferta ultrapassava os 300 M€ e mesmo assim foi «chutada» para fora?
jooliveira
02.08.2011 - 14:34
Não será que o BIC foi a única entidade que ofereceu garantias de «incinerar« toda a documentação referente a todo o processo, muito em especial o nome de todas as entidades que mais beneficiaram com essa operação?
finito
02.08.2011 - 14:17
Urgente essa audição com perguntas bem elaboradas.
Saber tudo.

Estes senhores do PSD têm uma apetência invulgar pelos Banquitos, como é do conhecimento geral. Lembram-se do BPN e BPP?

É preciso estar muito alerta com estes barões do PSD...
parasol
02.08.2011 - 13:42
Urge saber se houve controlo de doping nesta corrida...


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt