quarta-feira, 23 de Abril de 2014, 17:05
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Louçã diz que UE está em 'farrapos' devido ao autoritarismo dos líderes alemão e francês

11 de Dezembro, 2011
O coordenador do Bloco de Esquerda (BE), Francisco Louçã, disse hoje que a União Europeia está em «farrapos», por considerar que o autoritarismo dos líderes da Alemanha e da França, impõem soluções que provocam o «afundamento» da Europa.

«O autoritarismo da senhora Merkel e do senhor Sarkozy impõem a única solução que só garante o afundamento da Europa», disse Francisco Louçã em Portimão, durante a sua intervenção no jantar promovido pela estrutura local do Bloco de Esquerda, no sábado à noite.

Perante cerca de cem pessoas, o dirigente centrou o seu discurso nas propostas apresentadas pelos líderes da Alemanha e da França na cimeira Europeia, considerando que as mesmas «atingem o respeito democrático mais importante» sobre as populações.

«A senhora Merkel acha que a solução para a crise orçamental é colocar a cavalaria prussiana a tomar conta do orçamento de cada país», destacou o coordenador do BE.

Para Francisco Louçã, a proposta de limitar o défice e a dívida de cada país é «disparatada e absurda», observando que «até o chefe da direita portuguesa, Cavaco Silva, chamou a atenção de que a mesma não pode estar na Constituição».

Aquele responsável questiona mesmo se a Alemanha «cumpre alguma das medidas que quer impor aos restantes parceiros europeus», classificando a pretensão de «gigantesca mistificação».

Segundo Francisco Louçã, o BE recusa aceitar a «tutela, vigilância e intervenção contra a capacidade democrática» da Constituição Portuguesa, que permite fazer as escolhas «sobre o Orçamento do Estado, os impostos e a distribuição dos rendimentos».

«No dia em que não for possível a um Parlamento decidir sobre o orçamento, então acabou a democracia em Portugal», destacou.

No seu discurso, o líder do BE criticou ainda a introdução de portagens nas SCUT (auto-estradas sem custo para os utilizadores), porque considera que «vai agravar ainda mais» os problemas financeiros das regiões que não têm estradas alternativas, apontando como exemplo o Algarve.

No jantar promovido pelo Bloco de Esquerda de Portimão, participou ainda a deputada parlamentar Cecília Honório, que prometeu «continuar a luta contra a austeridade, pela transparência e dignidade» de Portugal.

«A austeridade provoca crise e nós não aceitamos a naturalização desta realidade, porque nós não vamos pagar aquilo que não temos que pagar», asseverou Cecília Honório.

Lusa / SOL




20 Comentários
cevaso44
13.12.2011 - 19:37
Lá doidinho por isso andas tu !
Manuel Rocha Rocha
13.12.2011 - 10:32
Louçã tem razão no que diz!
Solitarios
11.12.2011 - 23:51
O Oscar da Rocha e o finito continuam a gostar de calotes e ser contra quem lhe empresta a massa!
Sentem-se no direito de gastar à farta, impondo o dever à Alemanha de pagar!

Burro velho não toma andadura...tal como o louçã enquanto não estourou com o bloco.
Pior do que esse só alguns turistas franceses!


Solitarios, Condutor de Boyadas e Outros Animais

Platao
11.12.2011 - 22:22
Oscar da Rocha
11.12.2011 - 16:58

Por outro lado, oscarito, convem que te lembres: no dia em que tivermos de novo o nosso velho Escudo de volta nem e necessario que o limite para o deficit esteja inscrito na constituicao. Com taxas de juro a reflectir o risco soberano e com o risco cambial inerente, o deficit sera necessariamente zero. Muito simplesmente porque ninguem nos emprestara o que faltar e se o fizerem sera a um preco que nunca poderemos pagar. E um dois em um. Fica a coisa tratada a cabeca poupando-se a telenovela politica da revisao da constituicao... Comeco mesmo a achar que e o melhor para nos. No minimo nao teremos outro socrates... nao teremos com que pagar os desmandos e alarvidades. Simples.
Platao
11.12.2011 - 22:13
Oscar da Rocha
11.12.2011 - 16:58


"Não entendo como se pode compaginar as questões soberanas com uma imposição constitucional de deficit e de dívida pública, sem o controle da moeda."

Pois, de facto. O que tambem e muito interessante e que estas duvidas so lhe tenham occorido no momento de pagar. Quando mamavamos dinheiro em barda e a juros de primeiro mundo nunca lhe ocorreu pensar que havia um limite para o forro? Nao? Pois. Coisa de caloteiro. A divida e optima quando se recebe o dinheiro. Ja quando chega a hora de pagar...

Em todo o caso, se preferir podemos voltar ao Escudo. Apesar de entender os custos da coisa comeco a achar que vale a pena. Seria optimo para que imbecis como voce aprendessem uma belissima licao. Quando tivessemos de novo taxas de juro acima dos 20 ou 30% e uma inflacao a condizer - com a pobreza, economia sem capacidade de investimento e baseada na mao-de-obra barata que lhes estao necessariamente associadas...

Sao estes "economistas" de meia-tigela e outros tantos mediocres que condenam Portugal ao eterno sub-desenvolvimento.

Triste sina...
Platao
11.12.2011 - 22:00
finito
11.12.2011 - 14:12

Olha la o imbecil, porque nao trocas o absinto por sicuta? Tem o mesmo efeito so que e muitissimo mais celere. Poupar-nos-ia a todos dos teus delirios e a ti das multiplas figuras de urso a que a borracheira te expoe.

Nao gostas da Merkel? Olha ficas sabendo que ela tambem nao gosta de ti. Sendo que de momento ela tem de aturar os alemaes que na sua maioria prefeririam nao nos emprestar dinheiro a custo da banana. Por eles Portugal estaria no charco - como bem merece. Nao cabe aos alemaes limparem a porcaria que nos nao somos capazes de limpar.

O teu socrates explica-te no dia em que estiver de pes para a cova. Ate la o porco prefere gozar o que nos roubou. Enfim, vira o dia...
Rui Pedro
11.12.2011 - 19:56
A FINITO:
OU O Sr. È MUITO NOVO, OU PROFUNDAMENTE FORA DO CONTEXTO: BASTA-ME UMA FRASE SUA," NUM PAÌS QUE È, COMO SEMPRE FOI O ELO MAIS FRACO DA EUROPA"
È COMO SEMPRE FOI O ELO MAIS FRACO DA EUROPA??
O SENHOR È DEMASIADO NOVO, PARA SABER, E SE ORGULHAR DO QUE FOMOS!
PARA SUA INFORMAÇÃO LEIA A HISTÒRIO ALGO RECENTE PARA MIM, DO QUE ERAMOS ANTES DO 25 DE ABRIL, QUE DESPERTÁMOS A COBIÇA DOS CHAMADOS GRANDES!!
SE ERAMOS ASSIM ,TÃO INSIGNIFICANTES PORQUE DESPERTÀMOS A COBIÇA DOS GIGANTES??
NUNCA ESQUEÇA PORTUGAL DEDU LUZ AO MUNDO!!!

RUI LIBÒRIO COSTA
Rui Pedro
11.12.2011 - 19:28
A FINITO:
OU O Sr. È MUITO NOVO, OU PROFUNDAMENTE FORA DO CONTEXTO: BASTA-ME UMA FRASE SUA," NUM PAÌS QUE È, COMO SEMPRE FOI O ELO MAIS FRACO DA EUROPA"
È COMO SEMPRE FOI O ELO MAIS FRACO DA EUROPA??
O SENHOR È DEMASIADO NOVO, PARA SABER, E SE ORGULHAR DO QUE FOMOS!
PARA SUA INFORMAÇÃO LEIA A HISTÒRIO ALGO RECENTE PARA MIM, DO QUE ERAMOS ANTES DO 25 DE ABRIL, QUE DESPERTÁMOS A COBIÇA DOS CHAMADOS GRANDES!!
SE ERAMOS ASSIM ,TÃO INSIGNIFICANTES PORQUE DESPERTÀMOS A COBIÇA DOS GIGANTES??
NUNCA ESQUEÇA PORTUGAL DEDU LUZ AO MUNDO!!!

RUI LIBÒRIO COSTA
Jalopes
11.12.2011 - 19:18
Ainda há dias uma parte do bloco disse que ia deixar o Bloco: quantos filiados tem o Bloco? Quem representa no País?
quijote
11.12.2011 - 18:54
Se este pulha diz mal da Angela então ela deve ter razão.
quijote
11.12.2011 - 18:53
Se este pulha diz mal da Angela então deve ter razão.
pinto2007
11.12.2011 - 18:39
antes fosse SÓ o autoritarismo merkozy, é sobretudo á ausencia de politicos com capacidade e nivel medianos em todos os quadrantes!
os politicos lá e cá aconchegam-se ás mordomias e salarios, não fazem ondas para chegar a uma choruda e rápida reforma!
ChicletePapaia
11.12.2011 - 17:49
E de imcompetentes marialvas como tu. Da Esquerda á Direita!
ChicletePapaia
11.12.2011 - 17:48
E de imconpetentes marialvas como tu. Da Esquerda á Direita!
Oscar da Rocha
11.12.2011 - 16:58

Não entendo como se pode compaginar as questões soberanas com uma imposição constitucional de deficit e de dívida pública, sem o controle da moeda.
Oscar da Rocha
11.12.2011 - 16:51
finito
11.12.2011 - 14:12

De facto assim é. A legitimidade política e ética do BE é nula, afinal ajudaram a direita a aceder ao poder. Deveriam estar felizes, derrubaram o arqui-inimigo José Sócrates.


finito
11.12.2011 - 14:12
O Dr. Francisco Louça faz esta declaração admirável:

«No dia em que não for possível a um Parlamento decidir sobre o orçamento, então acabou a democracia em Portugal»

Palavras! Palavras! Palavras!

Até ao dia em que o nosso Parlamento continui a ter políticos como o senhor, incapazes de perceberem a realidade social, política e geopolítica do nosso país e da nossa sociedade, a democracia portuguesa não cumprirá o seu objetico e o nosso país cairá cada vez mais nas garras das potências europeias. O golpe de Estado contra a democracia teve em si um Cavaleiro.

Repare no trinta-e-um que criou, esfalfando-se por estar na primeira linha, como conseguiu estar. Num país que é, como sempre foi, o elo mais fraco da Europa, não hesitou em criar as condições para entregar a governação a estes vende-pátrias.

Que legitimidade, credibilidade têm hoje as suas palavras, a sua ação política? O senhor não faz a mínima ideia do ambiente de horror que criou para dezenas de milhares de trabalhadores portugueses nos seus locais de trabalho.Nem no tempo da ditadura, nada que se compare.

Recordo bem o comportamento inquisitorial dos deputados do seu partido nas célebres comissões de inquérito, nomeadamente sobre aquela questão da tvi...., contra José Sócrates, o vosso (e do PCP) inimigo número um, um P.Ministro de esquerda que o senhor quis, e conseguiu derrubar, aliado a amorins, nunos melos, migueis relvas, mouras guedes e maridos, joões salgueiros, moedas, carrapatosos, joões duques, soares dos santos, belmiros, crespos, joseis manuel fernandes, catrogas, cavacos, portas, etc., etc..- lixo de uma direita saudosista e revanchista. Quer apagar essas pouca vergonhas contra os interesses do país?

Como se atreve, como líder político e professor de economia, vir agora responsabilizar, pela situação que vivemos, duas pessoas (Merkel e Sarkozy)? Acha então que é uma questão a personificar? Assim procedeu com J.Sócrates.

O Sr. é um oportunista!

cambres222
11.12.2011 - 12:58
CUMPRIMENTO SUA EXCELÊNCIA O SENHOR PROFESSOR DOUTOR FRANCISCO LOUÇA...
TENHO ACOMPANHADO AS EXPLANAÇÕES E CRITICAS DE SUA EXCELÊNCIA SOBRE A POLITICA ECONÓMICA NACIONAL E EUROPEIA...
VERDADEIRAMENTE ESPERAVA QUE AS CRITICAS DE V. EXCELÊNCIA FOSSEM FUNDAMENTADAS COM UMA LIÇÃO DE COMO ECONOMICAMENTE AS CRITICAS SÃO VIÁVEIS E TRADUZEM AS SOLUÇÓES PARA A ECONOMIA DE PORTIGAL, DA EUROPA E QUIÇÁ DO MUNDO...
ASSIM COMO CARL SAGAN ( RSPERO QUE POR DEFORMAÇÃO PROFISSIONAL E IDEOLÓGICA A MENTE BRILHANTE DE V. EXCELÊNCIA NÃO LEIA KARL MARX ) EXPLICOU AO MUNDO DE FORMA COMPREENSÍVEL OS MISTÉRIOS DO COSMOS, DÊ-NOS LIÇÕES DE ECONOMIA E NÃO DE DEMAGOGIA, PARA A COMPREENSÃO DE COMO CONSTRUIR UM MUNDO ECONOMICAMENTE MELHOR...
tratorderasto
11.12.2011 - 12:20
Com o autoritarismo de Louça o BE está em"farrapos"
quijote
11.12.2011 - 12:04
Ainda bem que a Europa do Louça está em farrapos. Folgamos em saber.


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt