quinta-feira, 24 de Abril de 2014, 17:08
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Governo de Passos foi o que nomeou mais pessoas

16 de Janeiro, 2012
O Governo liderado por Pedro Passos Coelho, durante os primeiros seis meses em funções, nomeou mais pessoas do que executivos anteriores, disse à agência Lusa o deputado do PS, José Junqueiro.

«Este Governo, durante estes primeiros seis meses, nomeou mais pessoas do que governos anteriores, nomeadamente do que o Governo do PS», afirmou José Junqueiro, reagindo à divulgação do número de nomeações no site do executivo.

No seu site de Internet, o Governo contabiliza até hoje 1.682 nomeações, entre as quais 962 reconduções das mesmas pessoas nos cargos, números diferentes daqueles conseguidos com uma contagem baseada no Diário da República.

«Aquilo que tínhamos confirmado, que havia uma diferença entre o portal do Governo e o Diário da República, com claro prejuízo para a verdade, constata-se, e, portanto o Governo tenta emendar a mão», sublinhou o deputado socialista.

O Executivo actualizou no domingo os dados das nomeações no Portal do Governo, garantindo que 77% destes casos se referem a reconduções e 23% a novas nomeações.

Segundo os dados actualizados no site, foram 1.682 as nomeações e reconduções feitas pelo Governo para os gabinetes dos ministros e dos secretários de Estado, para a administração directa e indirecta do Estado e para o sector empresarial do Estado.

José Junqueiro defendeu que nas nomeações efectuadas «na estrutura das empresas, na estrutura dos serviços, na estrutura do Estado, existiu uma preocupação por parte dos governos do PS».

O deputado lembrou os casos de Carlos Tavares, ex-ministro do PSD e presidente da CMVM, Faria de Oliveira, ex-ministro do PSD e presidente da Caixa Geral de Depósitos, e Carlos Costa, do Banco de Portugal.

«Estas pessoas foram indicadas durante os governos de maioria absoluta e de maioria relativa do PS exactamente porque (o partido) não tem nenhum complexo em escolher pessoas de origens políticas diferentes ou independentes», assinalou José Junqueiro.

Segundo o deputado, «um governo de maioria absoluta não é um poder absoluto, um governo de maioria absoluta não pode fazer o que o PSD e o CDS estão a fazer que é fazer uma distribuição de uma espécie de espólio do Estado».

Lusa/SOL




9 Comentários
asousabarbosa
17.01.2012 - 10:10
SR. ADÃO: SEGUNDO DECLARAÇÕES DO GOVERNO , DAS 1692 NOMEAÇÕES 962 FORAM RECONDUÇÕES. COMO O PS NOS HABITUOU À MAIS DESPUDORADA FORMA DE ESTAR NA POLITICA, ACREDITO MAIS FACILMENTE NUMA MENTIRA DE PASSOS COELHO DO QUE EM CEM VERDADES DO PS.
AGORA, PEÇO O FAVOR AO SR. ADÃO DE ME INDICAR QUAL O PARTIDO QUE, TOMANDO O PODER, NÃO PROCURA PÔR PESSOAS DA SUA CONFIANÇA EM POSTOS CHAVES!!
Land
17.01.2012 - 02:08
Lista de 29 assessores/adjuntos de ministérios, TODOS COM IDADES INFERIORES A 30 ANOS, havendo 14 “ESPECIALISTAS” entre os 24 e os 25 anos.
Fonte: http://www.portugal.gov.pt/
Ministério da Defesa Nacional (2)
- Ana Miguel Marques Neves dos Santos idade: 29 anos Vencimento Mensal Bruto: 3.069,33€ cargo: assessora;
- João Miguel Saraiva Annes idade:28 anos VMB: 3.183,63€ cargo: adjunto;
Ministério dos negócios estrangeiros (1)
- Filipe Fernandes idade: 28 anos VMB: 2.633,82€ cargo: adjunto;
Ministério das Finanças (4)
- Carlos Correia de Oliveira Vaz de Almeida idade: 26 anos VMB: 3.069,33€ cargo: adjunto;
- Bruno Miguel Ribeiro Escada idade: 29 anos VMB: 2.854€ cargo: assessor;
- Filipe Gil França Abreu idade: 28 anos vencimento mensal bruto: 2.854€ cargo: assessor;
- Nélson Rodrigo Rocha Gomes idade: 29 anos VMB: 3.069,33€ cargo: adjunto;
Ministério da Administração Interna (2)
- Jorge Afonso Moutinho Garcez Nogueira idade: 29 anos VMB: 3.069,33€ cargo: assessor;
- André Manuel Santos Rodrigues Barbosa idade: 28 anos VMB: 2.364,50€; cargo: assessor;
Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares (5)
- Diogo Rolo Mendonça Noivo idade: 28 anos VMB: 3.069,33€ cargo: ESPECIALISTA;
- Ademar Vala Marques idade: 29 anos VMB: 3.069,33€ cargo: adjunto;
- Tatiana Filipa Abreu Lopes Canas da Silva idade: 28 anos VMB: 3.069,33€ cargo: ESPECIALISTA;
- Rita Ferreira Roquete Teles Branco Chaves idade: 27 anos VMB: 3069,33€ cargo: ESPECIALISTA;
- André Tiago Pardal da Silva idade: 29 anos VMB: 3.069,33€ cargo: ESPECIALISTA;
Ministério da Economia (8)
- Cláudia de Moura Alves Saavedra Pinto idade: 28 anos VMB: 3.069,34€ cargo: adjunta;
- Tiago Lebres Moutinho idade: 28 anos VMB: 3.069,34€ cargo: ESPECIALISTA/assessor;
- João Miguel Cristóvão Baptista idade: 28 anos VMB: 3.069,34€ cargo: ESPECIALISTA/assessor;
- Tiago José de Oliveira Bolhão Páscoa idade: 27 anos VMB: 3.069,34€ cargo: ESPECIALISTA/assessor;
- André Filipe Abreu Regateiro idade: 29 anos VMB: 3.069,34€ cargo: ESPECIALISTA/assessor;
- Ana da Conceição Garcias Duarte idade: 25 anos VMB: 3.069,34€ cargo: ESPECIALISTA/assessor;
- David Emanuel de Carvalho Figueiredo Martins idade: 28 anos VMB: 3.069,34€ cargo: ESPECIALISTA/assessor;
- João Miguel Folgado Verol Marques idade: 24 anos VMB: 3.069,34€ cargo: ESPECIALISTA/assessor;
Ministério da Agricultura (3)
- Joana Maria Enes da Silva Malheiro Novo idade: 25 anos VMB: 3.069,33€ cargo: ESPECIALISTA/assessor;
- Antero Silva idade: 27 anos VMB: 3.069,33€ cargo: ESPECIALISTA/assessor;
- Tiago de Melo Sousa Martins Cartaxo idade: 28 anos VMB: 3.069,33€ cargo: especialista;
Ministério da Saúde (1)
- Tiago Menezes Moutinho Macieirinha idade: 29 anos VMB: 3.069,37€ cargo: adjunto;
Ministério da Educação e da Ciência (2)
- Ana Isabel Barreira de Figueiredo idade: 29 anos VMB: 2.198,80€ cargo: assessoria técnica;
- Ricardo Morgado idade: 24 vencimento mensal bruto: 2.505,46€ cargo: assessor;
Secretário de Estado da Cultura (1)
- Filipa Martins idade: 28 anos vencimento mensal bruto: 1.950,00€ cargo: colaboradora/ESPECIALISTA.
partidocracia
16.01.2012 - 20:06
ACABAR COM OS "LUGARES ELEGÍVEIS"
Não gosta de políticos que temos? Gostariam de os atingir onde dói? Então ajude a colocar na agenda mediática a questão da pré-ordenação das listas eleitorais. Por causa da ordem das listas ser imposta pelos partidos, os barões partidários podem meter no parlamento quem muito bem lhes apetece, sem possibilidade disso ser travado pelos votos. Nada incomoda mais os "boys" do que a possibilidade de introduzirem o voto nominal e acabarem os "lugares elegíveis".
JChato
16.01.2012 - 18:06
A MIM TANTO ME FAZ QUE OS BOIS SEJAM DO P.S.OCRETINOS COMO LARANJAS! SÃO BOIS! PONTO!
Adao
16.01.2012 - 14:44
Ó Sr Barbosa....nomeou....

Neste caso, como voce tambem sabe, escluiram-se as reconduções....
Eu sei que para si isso não são boas noticias, pois colocam a sua associação de malfeitores num nivel acima da que lá estava antes......

Portanto isto de honestidade aplica-se a si tambem....ou será que por pertencer á casta "laranja" está acima deste juizo de valores?
joao1960
16.01.2012 - 13:32
Então não foi o do Sócrates ?
asousabarbosa
16.01.2012 - 13:31
NOMEOU OU RECONDUZIU? VAMOS LÁ A VER SE HÁ UM POUCO DE HONESTIDADE NOS TITULOSD DAS NOTICIAS. . . .
Daniel Bernardo
16.01.2012 - 12:24
Boys boys boys...
mundonovo50
16.01.2012 - 12:18
Governo de Passos foi o que nomeou mais pessoas

não pode ser verdade, então ele não tinha afirmado que não ia para o governo para arranjar empregos para os boys?


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt