quarta-feira, 23 de Abril de 2014, 17:05
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Polémica com Cavaco reforça Vítor Gaspar

4 de Fevereiro, 2012por David Dinis e Sofia Rainho*
«Tocar no Gaspar é tocar no Passos». É assim que o núcleo duro do primeiro-ministro ‘arruma’ a polémica suscitada pelas críticas de «cavaquistas anónimos» que pediam, no Público de domingo, a cabeça do ministro das Finanças. Do espanto com a notícia a uma rápida manobra para proteger Gaspar do pior foi um ápice – logo no dia seguinte vários cavaquistas vieram a público dizer o contrário. Faria de Oliveira, chairman da CGD, foi o mais destacado dos que saíram em sua defesa.

E na quinta-feira, até a primeira das cavaquistas saiu em defesa do rumo seguido pelo ministro das Finanças. «Tenho dificuldade em desenhar outra política, melhor ou pior, nos efectivos condicionantes em que estamos. Estas medidas de austeridade dão origem a recessão. Não vejo forma de fugir a isso não havendo dinheiro», disse, numa conferência no ISCTE.

Até na necessidade de haver mais tempo para o programa de ajuda (que já defendeu publicamente), a ex-ministra contemporizou: «Acho que quem governa sabe disso, mas não o pode dizer»

Na maioria, o ministro das Finanças ganhou, em apenas sete meses, a etiqueta de «peça-chave» na estratégia de cumprir à risca o programa assinado com a troika.

Os elogios ao desempenho de Gaspar estendem-se, aliás, ao CDS, Vítor Gaspar é visto como um elemento essencial da política deste Governo. «É um elemento essencial da credibilidade do Governo aos olhos da Europa e do compromisso de Portugal cumprir o programa que assinou», afirma ao SOL um dirigente centrista.

A palavra ‘essencial’ não é um acaso na frase. Paulo Portas, ministro dos Negócios Estrangeiros, sinalizou a importância que atribui ao seu «colega» de Governo, quando o destacou no balanço de fim de ano que fez para o Público, quando escolheu as fotos do ano. Foi a 31 de Dezembro, com uma única fotografia do Governo – a de Vítor Gaspar, com uma mochila da União Europeia às costas. E uma legenda: «O meu testemunho é de colega: sabe o que está a fazer e sabe o que está a dizer. Não nos vamos arrepender», vaticinou o líder do CDS.

De Belém, no rescaldo da polémica do início da semana, saem garantias expressas de que o Presidente nunca teve um problema com o ministro e que até as divergências pontuais – e conhecidas – com a estratégia do Governo «não põem em causa o essencial». E esse essencial é a absoluta necessidade de cumprir o Memorando e distanciar Portugal dos problemas da Grécia.

Mais até: do Palácio vêm garantias de que o ministro tem ido, discretamente, a audiências com o Presidente para acertar posições. A última das quais em Janeiro.

Bem ou mal, o que sobra da polémica é um reforço político do ministro – que os mais próximos dizem ter tomado gosto pela função e pelo desafio que tem em mãos. E num momento determinante: agora que o pior do Memorando começa, Gaspar coleccionou apoios públicos de conselheiros de Estado (Marcelo, Marques Mendes e Vítor Bento), de «cavaquistas» (como Couto dos Santos) e até de Belém, de onde saiu uma nota a catalogar as informações como «infundadas».

Da polémica, sobra – isso sim – mais um grão na engrenagem entre São Bento e Belém. Mas sem relevância prática: «Não nos interessa nada esta polémica, ainda vamos precisar dele», admite fonte próxima do primeiro-ministro. Não, pelo menos, tão cedo. Porque o incómodo com as notícias deixou irritada sobretudo a ala social-democrata da coligação (com o CDS mais distanciado até nas conversas de bastidores).

david.dinis@sol.pt e sofia.rainho@sol.pt *com helena.pereira@sol.pt




48 Comentários
Antonyjunior
06.02.2012 - 00:09
Caloteiros...chutem para cá as carteiras.
Primeiro os socialistas e depois o resto da esquerdalha...
Portugalix
05.02.2012 - 21:45
Malta arrecadem as carteiras este gajo anda aí.....
Esteeves
05.02.2012 - 19:05
Há muita gordura que ainda perdura e parece intocável...Para quando os direitos adquiridos das parcerias público privadas são banidos como foram os dos reformados??? Para quando acaba de vez com o financiamento de fundações que apenas afundam o pais???? Para quando o fim das empresas municipais que alimentadas por dinheiros públicos apenas servem para garantir o emprego de clientelas??? Pra quando o fim das acumulações vergonhosas de salários no publico e no privado e de pensões milionárias, como acontece com os políticos??? será que é disso que tem medo os cavaquistas quando atacam o Gaspar...Espera-se bem que sim o país agradece...Espera-se que Gaspar não seja só dos funcionários e reformados mas também o terror dos interesses instalados…Esses interesses jamais permitirão o desenvolvimento do pais e parece que estão para durar, o Gaspar parece não conseguir tocar-lhes…
MPortugal
05.02.2012 - 18:59
"Fiquei ofendido, magoado, quase vexado, e espero um pedido de desculpas. Sincero."
joseduarte,

V. às vezes faz-me rir. Esta deu outra grande gargalhada! Thanks a million.
ChicletePapaia
05.02.2012 - 17:39
Sim, não toquem no catedrático iluminado pela teoria do "vamos ao fundo, só temos que suster a respiração uns momentos". O rapaz está tão crédulo que não lhe passa pela mona que nem todos possuem o mesmo fôlego! Bem, devem ser os tais "danos colaterais", tal como Aushwitz foi na 2ª Guerra, um pequeno dano...
Antonyjunior
05.02.2012 - 16:48
Ena, pá...que cheirete!
O cheirete sai do teeeeclaaadoo e e do do é. éécrannn...(atchim)...
Eeeuuu jááá veeenhoooooo...(atchim, atchim...)
Antonyjunior
05.02.2012 - 16:37
joseduarte
05.02.2012 - 02:46

Você é um problema para os comentadores quando raciocina a sério.
Pena, é que o faz menos vezes do que deve. Tem de treinar mais, em coisas mais sérias.

Sr. BE será impressão minha, ou está a tentar desviar a atenção da SEU BE? É que, lamento, não resulta. Pelo menos comigo.
AJPC
05.02.2012 - 09:35
Este é um dos elementos fortes do (dês)governo, MAU TSÉ-TUNG... SÓ VAI DAR POR ELA DA MER-DA QUE ANDA AFAZER, QUANDO OS PORTUGUESES ANDAREM TODOS A PEDIR.

AH, ÚNICA COISA DE IMPORTANTE QUE EU ACHO NESTE GAJO,E QUE ELE CONSEGUE FALAR INGLÊS DE BOCA FECHADA.
HORACA
05.02.2012 - 03:21
Antonyjunior 02:14,

j0seduarte 02:46,

Comentador Antonyjunior, é verdade o que o joseduarte diz, ele nunca apoiou o FARFALHOSO MÃOZINHA LEVE, .... e mais, o joséduarte até se prontificou a ajudar a Policia Judiciária a encontrar o gravador, só para ter o prazer de DAR COM ELE NA CABEÇA DO LARÁPIO ATÉ O GRAVADOR TOCAR SEM PILHAS.

ELE CHEGOU A SUGERIR A HIPOTESE, DE no caso do MÃOZINHAS DE VELUDO ír preso, nós fazermos uma dádiva de 5.000 preservativos, e 50 tubos de vaselina aos presos do estabelecimento prisional aonde ele fosse colocado.


PORTANTO.............

o joseduarte.....NÃO GOSTA DELE.
joseduarte
05.02.2012 - 02:46
Antonyjunior - 05.02.2012 - 02:14

Quando é que o Loucinhas foi a "minha" Múmia? Vá lá, seja sério: use o Google, ou o que quiser, encontre UM post meu, em que suporte/defenda o BE, ou outra CANALHA POLÍTICA à sua escolha.

Quanto ao camarada Rodrigues, ainda você usava fraldas neste site... já eu falava do FARFALHA.

Antony "laranjinha" junior, será impressão minha, ou está a tentar desviar a atenção da SUA Laranja Podre? É que, lamento, não resulta. Pelo menos comigo.
Antonyjunior
05.02.2012 - 02:14
joseduarte
05.02.2012 - 02:00


Você é um parolo, ainda pior do que eu pensava. Está realmente bem para a sua MÚMIA LOUÇÃ.

Ou para o seu farsante Alberto Martins, o tal que ia "responsabilizar" alguém - já nem me lembro quem. Se calhar o seu camarada Rodrigues.

Eram os responsáveis pelo Circo no Parlamento, não eram? Já nem sei.

Um deles anda por Paris, os outro foram candidatos - reeleitos - pelo seu partido, com menos deputados. Enfim, fiquemos assim.
joseduarte
05.02.2012 - 02:00
Antonyjunior - 05.02.2012 - 01:51

Você é um parolo, ainda pior do que eu pensava. Está realmente bem para a sua MÚMIA CAVACA.

Ou para o seu farsante Passitos, o tal que ia "responsabilizar" alguém - já nem me lembro quem.

Eram os responsáveis pela dívida pública, não eram? Já nem sei.

Um deles anda por Paris, o outro foi candidato - reeleito - pelo seu partido. Enfim, fiquemos assim.
Antonyjunior
05.02.2012 - 01:51
joseduarte
05.02.2012 - 00:05

Andam sempre à mocada. Uma socialista e um BE, depois duns apertões a jeito, até acabam por alinhar. E quem sabe, quando o Passitos for substituído por outro a cair mais à direita e reparar os danos nacionais, os dois gritem novamente por o palerma bem vestido!

Por vezes, as mulheres até ganham e convencem os homens.
Desculpas!?

http://youtu.be/cH-K3MU7-fA
jcrf09
05.02.2012 - 01:06
Polémica com Cavaco reforça Vítor Gaspar...

...A ver vamos quando o defice este ano for igual ao do Teixeira dos Santos, mas com o dobro dos sacrificios, e a destruição "custe o que custar" da economia nos levar a uma bancarrota sem regresso, e nós "formos como a Grécia"...

...A menos que sejamos salvos por Angolanos e Chineses, e passemos a ser (vejam bem as voltas que o mundo dá), o novo Macau para uns e a nova colónia para os outros...



joseduarte
05.02.2012 - 00:05
Antonyjunior - 04.02.2012 - 23:51

Podemos discordar em muita coisa, mas nunca lhe desejei mal. Nunca lhe desejaria a Mportugal.

Fiquei ofendido, magoado, quase vexado, e espero um pedido de desculpas. Sincero.
Antonyjunior
04.02.2012 - 23:51
MPortugal
04.02.2012 - 23:08

Continue a atirar-se ao joseduarte. Ele até gosta embora disfarce bem...
Você tem é de ser um pouco mais teimosa.

Quanto a mim, sou sempre eu que escolho. Sou exigente. O prato não é um qualquer, o talher não é um qualquer e o comestível tem de ter determinados predicados.
Aconselho-a a pensar mais no joseduarte e sonhar menos com o socialista franciu.
MPortugal
04.02.2012 - 23:08
Sou um corredor da maratona com 42 quilómetros. Qualquer corredor de 100 metros me passa a frente…

Escreveu o Anthony jr.

A coisa mais cómica que li hoje. Grande gargalhada! bem haja por issso. ò Toninho.
mundonovo50
04.02.2012 - 22:44
maameGUI9
04.02.2012 - 20:12

A moderna «social-democracia» do PSD, adepta das teorias neo-liberais, acaba de se reconverter ao «personalismo», que tão caro fora ao CDS nos seus primeiros anos de vida. E redescobre, também, Salazar e os doutrinadores do Estado Novo, com a sua sociedade «sem classes» e «sem luta entre as classes». Mas, subitamente esquecido do que prega, desenvolve uma política de exacerbação dos ânimos e de arrastamento dos trabalhadores para formas radicais de luta. Ninguém faria melhor do que eles na criação do «caldo de cultura» para uma revolução. Vamos a ver se se aguentam quando chegar a hora da verdade.

concordo em absoluto com a sua análise mas tenho de fazer um pequeno reparo, eu não considero que o PSD alguma vez tenha sido social democrata, social democrata só no nome
joseduarte
04.02.2012 - 20:25
Antonyjunior - 04.02.2012 - 19:42

PCP, garrafão... gostei! Nada como um bom cliché, para animar a malta.

Já você é laranja, logo terá exposto na sala um autógrafo da Múmia Cavaca, provavelmente numa moldura XXL, o livreco que o Passos "Ken" Coelho escreveu antes de chegar ao POTE, e, quem sabe, uma foto em conjunto com o Dias Loureiro junto à piscina, em Cabo Verde, a executarem um "high five" após a sua fuga à pífia Justiça tuga.

Continue a correr, mas nunca se esqueça: já corre no CENTRÃO PODRE há 35 anos. E olhe aonde chegou.
maameGUI9
04.02.2012 - 20:12
A moderna «social-democracia» do PSD, adepta das teorias neo-liberais, acaba de se reconverter ao «personalismo», que tão caro fora ao CDS nos seus primeiros anos de vida. E redescobre, também, Salazar e os doutrinadores do Estado Novo, com a sua sociedade «sem classes» e «sem luta entre as classes». Mas, subitamente esquecido do que prega, desenvolve uma política de exacerbação dos ânimos e de arrastamento dos trabalhadores para formas radicais de luta. Ninguém faria melhor do que eles na criação do «caldo de cultura» para uma revolução. Vamos a ver se se aguentam quando chegar a hora da verdade.



PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt