quinta-feira, 24 de Abril de 2014, 13:32
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Site do PS glorifica contas de Sócrates

27 de Agosto, 2013por Manuel A. Magalhães
Em tempos, a herança do ex-primeiro-ministro foi apagada. Agora, os socialistas dizem que o último Governo "consolidou as contas públicas"
A história dá muitas voltas, quando o PS de António José Seguro se propõe fazer o balanço do socratismo. No site do PS, onde em tempos a herança de José Sócrates tinha sido apagada, agora aparece glorificada. O primeiro-ministro que deixou o país em resgate financeiro torna-se, no registo actual, campeão da consolidação orçamental.

“Consolidámos as contas públicas”, lê-se em www.ps.pt, sob o epíteto ‘PS_propõe e Faz’, no capítulo ‘Marcas da Governação Socialista’. “Reduzimos o défice orçamental para valores nunca antes atingidos”, começa o texto. “Entre 2005 e 2008, o défice orçamental passou de 6,1% (implícito, 6,8%) para 2,6%, o valor mais baixo da Democracia”.

O_SOL questionou a direcção do PS sobre a ‘narrativa’ que deixa de fora o resto da governação de Sócrates, período em que as contas públicas derraparam (o défice orçamental em 2010 era de 9,9%). Sem resposta.

No site, ignora-se a intervenção da troika e e sugere-se que, não fora o trabalho feito entre 2005 e 2008, a realidade seria mais negra. “A consolidação orçamental deixou-nos melhor preparados para responder à crise. Foi por ter resolvido em tempo útil a crise governamental recebida em 2005 que o Estado dispôs de margem para responder à crise económica mundial, apoiando as famílias e empresas”.

Terminando o balanço das contas socráticas com uma referência aos sistemas de protecção social, o site do PS diz que o “Serviço Nacional de Saúde geriu criteriosamente as verbas afectadas, terminando com a crónica derrapagem das suas contas”. No início do mandato de Seguro, a ala socrática criticou o novo líder por não defender o antecessor. E o próprio José Sócrates queixou-se recentemente do mesmo.

manuel.a.magalhaes@sol.pt




174 Comentários
NORTHWIND
21.04.2014 - 11:08
Isto explica porque não há inquéritos !!!!!!
Nos funerais maçónicos, os irmãos dão as mãos em círculo, à frente do seu próprio corpo, formando à volta do corpo do falecido, para assegurar que o irmão serviu a maçonaria e os seus ideais, para libertar o seu espírito de encontro à grande fonte de luz (biblia maçónica, pág. 25) e como símbolo da relação estreita de todos os maçons do mundo. Então é depositado em cima do corpo o avental, símbolo da pureza maçónica, e o ramo de acácia, símbolo da vida eterna. A única garantia de salvação advém do facto de se ter sido fiel e obediente à maçonaria, portanto a salvação depende de si próprio, não da misericórdia divina (enciclopédia maçónica de Coil, pág. 512 e Winsconsin Masonic Handbook, ceremonies X-72). Mas que moral e obediência são essas? Manual de maçonaria, de Edmund Ronayne e Wisconsin multiple letter cipher, 113: “Um Mestre deve conservar os segredos de um Mestre maçon inviolados. Deves esconder todos os crimes de um irmão maçon…se fores arrogado para testemunhar contra um irmão maçon, assegura-te de o protegeres…pode ser perjúrio é certo, mas estarás a cumprir as tuas obrigações.”
A Maçonaria é uma religião de que só acima de mestre se toma conhecimento. A maioria fica-se pelos graus de aprendiz e companheiro...nada sabem. E mesmo depois de mestre têm 33 graus para subir. É uma religião de uma elite, não aberta a todos, um Estado dentro do Estado. E protegem-se segundo o lema "et pluribus unum". Os partidos são irrelevantes, a organização é suprapartidária..
NORTHWIND
21.04.2014 - 10:50
Na jantarada para comemorar o vigésimo quinto aniversário do Partido Socialista não faltaram, como é da praxe nestas ocasiões, os discursos.
Escolhidos entre os mais ilustres ‘sócios do clube’, cada um no seu estilo patidário, elogiaram, enalteceram, vangloriaram e aplaudiram os correligionários que mais se distinguiram na conquista ‘democrática’ de um País, tão pequenino na Europa que, ‘orgulhosamente acompanhado’, tem ‘dado cartas’ de sabedoria ao Mundo e, desvanecidos num piscar de olhos, avalizam os subsídios mendigados.
O primeiro-ministro, que pertence à ‘troupe’, ao botar o seu discurso com loas, para captar a simpatia do auditório, atacou o Portugal do D. Salazar dizendo que era uma Nação de remediados, medíocres, mesquinhos e de riqueza envergonhada. Além de malcriado, foi insolente e arrogante, pois insultou toda a geração desses portugueses.
Sendo primeiro-ministro de Portugal e aceitando, sem se dar ao respeito, quando publicamente é insultado e gozado pelos órgãos de comunicação social, não tem qualquer direito de descarregar a sua bílis no povo que o elegeu e nos outros que lhe disseram não.
A maioria do povo portugues não aceita os adjectivos empregues, pois é ele, o povo, que com esforço e trabalho paga o seu vencimento e merdomias para o governar e não para o ofender.
Quais foram as melhorias para o povo, aqueles que o engenheiro Guterres chama de remediados, medíocres, mesquinhos e ricos envergonhados? Porventura o povo vive melhor porque as ruas estão empinhadas de automovéis? Po acaso há mais pessoas cultas, melhores médicos, melhores engenheiros e arquitectos?
E mesquinhos! Será que os portugueses agora são mais abertos, generosos do que outrora?
Riqueza invergonhada, não. Recatada, privada, sem propaganda, sim. Os actuais novos ricos é que ostensivamente badalam os seus bens nas revistas pimba, numa desavergonhada ostentação de proventos duvidosos.
Aliás foi nas escolas e universidades do Estado Novo do Portugal do Dr. Salazar que o senhor engenheiro Guterres tirou o curso, assim como tantos outros que só sabem dizer mal do passado e são doutores com canudos a abicharem os tachos que têm no Governo onde até à data não deixaram de ´mamar` nos cofres do Estado, sugando a ´mesquinha riqueza` de ouro que lá foi acumulando pela ´ditadura envergonhada` para hoje andarem a cuspir no prato onde aprenderam a ser gente. A ´riqueza envergonhada` do Dr. Salazar no Portugal de ontem, foi aplicada no desenvolvimento do País e em outras tantas coisas que seria enfadonho enumera´-las, mas as apontadas são a prova de que ela foi sabiamente empregue, como sejam: nas duas pontes (Porto e Lisboa), obras de engenheiria excelents; numa marinha mercante invejada, uma transportadora aérea de gabarito internacional, estaleiros com ecomendas de todo o mundo, indústrias, comércio agro-pecúario e uma extraordinária capacidade de suportar sozinhos a guerra que nos fora imposta por aliados ‘traiçoeiros` que com os olhos postos no Ultramar se viam ultrapassados na corrida que Portugal mantinha para liderar o monopólio mundial, onde o escudo português tinha idêntico valor à libra e ao dólar.
No Portugal de hoje, do engenheiro Guterres, a marinha mercante despareceu; a TAP está desacreditada; os estaleiros não recebem encomendas; foi feita uma ponte com empréstimos estrangeiros (a outra a que chamam 25 de Abril foi roubada); o escudo vai sumir; as empresas abrem falência todos os dias; não há guerras a suportar, e tem a ´aliada benfeitora da Europa` que subsidia as poucas vergonhas de um Governo que gasta milhões em passeios turísticos, não ajuda a terceira idade mas auxilia generosamente países do terceiro mundo.
No Portugal da ´ditadura` os serviços de saúde eram a sagrada sobrevivência dos doentes. Os hospitais dos socialista engenheiro Guterres são um inferno para quem infelizmente precisa deles. O ópio do povo, que é o futebol, no reinado da ´democracia` deixou de ser um desporto para se tornar numa bandalheira.... nas bancadas, no relvado e nas rasteiras dos dirigentes.
É de lamentar que no Portugal de Guterres a Educação não tenha progredido (antes pelo contrário, regrediu) para recuperar os ´os remediados e medíocres` fazendo deles doutores, dando assim ao país, sumidades dignas do Prémio Nobel. Mas a educação socialista nada adiantou, apenas conseguiu que a juventude copiasse as palavras e os actos dos seus ´camaradas chefes` que passam o tempo todo a culpar a figura do Dr. Oliveira Salazar como responsável de todas as desgraças, como ficou demonstrado nas atitudes selvagens e ordinárias dos energúmenos ´estudantes` que às portas das igrejas e no seu interior agrediram cidadãos respeitáveis, e já não muito jovens, apenas por estarem numa missa por alma do Dr. Oliveira Salazar, homem que serviu a Pátria com honestidade e patriotismo. As atitudes javardas dessa juventude transviada, só podem ter sido manipuldadas por gente desertora, comunistas, decapitadores de estátuas e vândalos destruidores do nosso passado.
Esperemos ao menos que estes jovens, alguns cobardemente encapuçados, sejam severamente punidos. Talvez alguns deles seja filho de um homem que não morreu na II Guerra Mundial porque Salazar sabiamente conseguiu que Portugal não entrasse no conflito mortal.
Essa escumalha que practica actos de cara tapada, de cravo vermelho na mão e canta canções do ´Zé da Grândola` é a ralé, filhos de uma abrilada, empenhados na destruição de Portugal como Nação.
blabla
19.09.2013 - 13:32
ANDAM, ANDAM E VÃO CONSEGUIR LAVAR A IMAGEM, DE UM PULHA QUE DEU CONTA DE UM PAÍS.
DEFENDEPORTUGAL
02.09.2013 - 15:55
vergonha de ter políticos destes.

Não custa nada, e ajuda.
Ajuda Portugal a lutar contra Espanha, e a libertar os territórios que nos conquistaram.
Somos poucos e estamos a perder território, precisamos de todos os patriotas.
É gratuito, defendes a nação, lutando, criando as tuas empresas, liderar partidos ou até o nosso Pais, segue o link:
www.erepublik.com/pt/referrer/Peac+eis+GOOD
LUTA POR PORTUGAL !!!!!
Chega pelo menos ao nível 10 (é muito rápido).
Espero por vós
Dualto
29.08.2013 - 10:39
Infelizmente, tanto o PS, como o PSD e o CDS, são farinha do mesmo saco, é tudo uma cambada de oportunistas e ladrões. O povo que não se iluda. Temos é que correr com esta corja e rápidamente.
AREIAS111
29.08.2013 - 09:20
Andaram estes socialistas a esconder envergonhados a política de JS, sendo acusados pelos socretinos de não terem a coragem de o defender, o que na verdade se tornava difícil. Dois anos volvidos, vêm estes gajos glorificar a política de JS. Querem aproveitar o descontentamento do povo para adulterar a realidade e a história. Não andarmos contentes com a política actual, não branqueia a política errada de JS. É por estas e por outras que já não acreditamos (a maioria) nos políticos. Façamos análises correctas e reais, dizendo bem quando se faz bem e mal quando se faz mal. Não olhemos para a política como fazendo parte de um clube de futebol, onde o nosso clube mesmo que perca ou ande mal, é sempre o melhor.
oscardarocha
29.08.2013 - 07:31

Caro Jornaleiro
Manuel A Magalhães

Não importa muito que V. Exª seja ignorante, quiçá idiota, importa que enquanto jornalista estaria obrigado ao rigor e a respeitar a verdade.
Acontece que, ao contrário do que afirma, José Sócrates não foi " o primeiro-ministro que deixou o país em resgate financeiro", se fosse sério diria que foi o primeiro ministro que apesar de ter assegurado o financiamento do país com os parceiros europeus e com o BCE, foi obrigado pela oposição de então, toda a oposição, PSD, CDS, PCP e BE, a pedir ajuda internacional em consequência do chumbo do PEC IV. Também seria bom recordar que em nome da honra, da dignidade política e institucional, o governo de José Sócrates pediu a demissão.
Talvez não fosse mau lembrar que o Governo que foi obrigado a negociar com a "troika" foi um governo de gestão porque se encontrava demissionário.

Quem impante se glorificava pelas eleições que iria ganhar era o PSD, fazendo seu o programa de resgate financeiro, lembram-se? Depois, mais papista que o papa, Passos Coelho dizia que iria para além do programa da troika. Só passaram dois aninhos.

Perguntarão os mais parvos se o PEC IV teria resolvido o problema da crise de financiamento, obviamente sim, veja-se o caso de Espanha.

Acontece que sem o resgate financeiro não teriam ocorrido eleições antecipadas e o PSD / CDS não teriam podido aceder ao POTE.

Em termos de consolidação orçamental se compararmos com o que este governo tem feito, Sócrates foi excelente.

Que Sócrates era difícil de engolir pela direita, já todos o sabíamos, mas pelo seu próprio partido é que me parece mais estranho. Levaram dois anos para fazerem a digestão.

Como é que os Socialistas, depois de Sócrates, escolhem esta coisa que os dirige, não deixa de ser um mistério.

mundonovo50
28.08.2013 - 21:29
JChato
28.08.2013 - 17:39

parasol
28.08.2013 - 12:23

QUER "CONVERSA"?
SÓ CARA A CARA!
DOUTRA FORMA VÁ FALAR PRÓ KARALHO!

pergunte-lhe se ele quer colo, vai ver que o que ele quer é colinho
JChato
28.08.2013 - 17:39
parasol
28.08.2013 - 12:23

QUER "CONVERSA"?
SÓ CARA A CARA!
DOUTRA FORMA VÁ FALAR PRÓ KARALHO!
parasol
28.08.2013 - 17:35
O SOL no seu esplendor! Apresentar números irrefutáveis é o mesmo que glorificar!
Lapso freudiano?
DEFENDEPORTUGAL
28.08.2013 - 14:44
vergonha.

Não custa nada, e ajuda.
Ajuda Portugal a lutar contra Espanha, e a libertar os territórios que nos conquistaram.
Somos poucos e estamos a perder território, precisamos de todos os patriotas.
É gratuito, defendes a nação, lutando, criando as tuas empresas, liderar partidos ou até o nosso Pais, segue o link:
www.erepublik.com/pt/referrer/Peac+eis+GOOD
LUTA POR PORTUGAL !!!!!
Chega pelo menos ao nível 10 (é muito rápido).
Espero por vós
lebasi42
28.08.2013 - 12:42
É preciso ter uma lata!!! Deixou-nos depenados e agora arranjou um porta-voz pouco seguro. Cheira mesmo a ... autárquicas.
parasol
28.08.2013 - 12:23
JChato
28.08.2013 - 12:16 Meu ridiculamente patético amigo: estou preocupado contigo! Já não escreves com maiúsculas, nem insultas, estás a ver se não te vejo?
Não te esqueças que se apanha mais depressa um Jchato que um coxo.
Uma colossal gargalhada para ti!
JChato
28.08.2013 - 12:16
O p.s.ocretinos são jeitosos para vender "banha da cobra"!
Como nas feiras acontece, há sempre quem compre!
parasol
28.08.2013 - 11:59
esteves
28.08.2013 - 09:44 As coisas que tu vês! Nem sabes do que estás a falar, pois não?

parasol
28.08.2013 - 11:58
A verdade é mesmo como o azeite! Vem sempre para cima...
mundonovo50
28.08.2013 - 11:26
00SEVEN
28.08.2013 - 07:31

Que falta de vergonha desta gentalha socialista!

Tentar branquear o nome do maior vigarista da historia governamental portuguesa é colocarem-se ao mesmo nível do crápula!

já te viste ao espelho? olha que se a seita socretina não foi grande coisa a seita cavaquista conseguiu ser muito pior, desde o sr.silva, aos loureiros, limas, oliveiras e outros que tais é só fazer comparações.
esteves
28.08.2013 - 09:44
As diferenças entre os socretinos e estes coelhos neoliberais do tipo chinês são muito poucas...Apenas salta à vista a pouca habilidade destes últimos, são mais trapalhões, mais estúpidos, veja-se o caso da concessão da RTP, ou o caso da TSU...foram autênticos parolos a assaltar o pote, deram tanto nas vistas que acordaram toda a vizinhança...Outra diferença é que enquanto os socretinos sacavam sem olhar a quem, queriam era manjedoura cheia, estes seletivamente sacam apenas a quem trabalha ou já trabalhou...Veja-se mais esta mentira colossal de enviar as informações para a troyca com apenas uma pequena parte dos cortes que fizeram nos trabalhadores…Outra diferença é que estes são ideologicamente preconceituosos, não se importam de arrastar o pais para o fosso, sacrificando todo um povo, se com isso instaurarem o modelo neoliberal chinês que os Borges e coelhos tanto defenderam…É o que estão a fazer com os despedimentos forçados na função publica, onde os funcionários já são poucos, podendo apenas estar mal distribuídos… Em conclusão estes coelhos são muito mais nocivos do que foram os socretinos…Além de serem campeões no endividamento publico, neste tempo em que governam, menos de três anos, já aumentou mais que nos sete anos dos socretrinos…E sem fazer obra alguma… Não há papel higiénico nas escolas publicas ao mesmo tempo que atribuem centos de milhões aos milionários colégios particulares, mesmo onde há escolas publicas com salas e professores sem alunos...Não há dúvida de sendo ambos desastrosos, estes que agora estão na manjedoura são muito piores...
NORTHWIND
28.08.2013 - 09:30
Infelizmente a grande maioria do desgracado do Povo Portugues nao tem nocao nenhuma do que esta atras de tudo isto; se soubesse ha muito que ja tinha havido um levantamento nacional:
Uma grande percentage destes politicos pertencem a uma religiao satanica em que o deus deles e Lucifer:

“A vós, Soberanos Grande Inspetores Gerais [maçons de Grau 33], dizemos isto… para que repitais aos irmãos dos Graus 32, 31 e 30… A religião maçônica deve ser, por todos os iniciados nos graus mais elevados, mantida na pureza da doutrina luciferiana… Sim, Lúcifer é Deus, e infelizmente, Adonai também é Deus… a doutrina do satanismo é uma heresia; e a religião pura e verdadeira é a crença em Lúcifer, que é igual a Adonai; mas Lúcifer, Deus da Luz, Deus do Bem, está lutando em favor da humanidade contra Adonai, o Deus das Trevas e do Mal.”

NORTHWIND
28.08.2013 - 09:22
Enquanto for-mos CONTROLADOS POR POLITICOS QUE PERTENCEM A SEITAS E ORGANIZACOES SECRETAS, SINISTRAS E SATANICAS esquecam... isto vai continuar a ser o PAO NOSSO DE CADA DIA !!!!!! O TERROSISMO POLITICO QUE SE ASENHOROU DA NACAO PORTUGUESA ESTA ACIMA DE TODA E QUALQUER LEI - ELES LEGALIZARAM E INSTITUCIONALISARAM O CRIME !!!!!!!!!!! E nao so.... ainda por cima ainda se riem e gozam com o pagoda !!!!!!!!!!!



PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt