quinta-feira, 17 de Abril de 2014, 10:34
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Renato Seabra faz prova de que não é gay

4 de Março, 2011por Catarina Guerreiro e Margarida Davim
A defesa e a acusação no caso de Renato Seabra podem chegar já hoje a acordo quanto a uma pena, na audiência que vai decorrer no Tribunal Criminal de Nova Iorque, apurou o SOL junto de fontes ligadas ao processo.

O advogado do jovem, David Touger, tem estado a recolher elementos e no encontro deverá deixar claro que tem provas suficientes de que Renato foi coagido, obrigando a acusação, liderada pela procuradora Maxine Rosenthal, a aceitar uma pena inferior a 15 anos.

Se se chegar a um acordo, o caso é resolvido sem ser necessário haver um julgamento.

Neste momento, a defesa aguarda o resultado de exames médico-legais para tentar provar que o jovem foi vítima de coacção e chantagem. O objectivo é demostrar que, a haver relações sexuais, estas só aconteceram depois de o modelo e o cronista chegarem a Nova Iorque.

Hoje, na audiência, Touger vai defender a tese de que o jovem, de 21 anos, estava debaixo de forte pressão psicológica. A defesa acredita que tem elementos que mostram que o modelo foi para Nova Iorque com promessas de ir a castings de várias marcas de moda, incluindo a Armani. Promessas estas que nunca terão sido concretizadas. Além dos exames a Renato, foram ainda requeridas análises ao cadáver do cronista, para perceber se este teria ou não uma doença sexualmente transmissível.

catarina.guerreiro@sol.pt e margarida.davim@sol.pt




57 Comentários
leife
04.08.2011 - 22:10
não é gay é bichona....frustada....e um assasino rasca
Niajar
08.04.2011 - 14:23
Ser gay ou não, que é que tem haver com um assassinato ?????????????????????????
David Jacaré
10.03.2011 - 14:38
O título deste artigo é uma vergonha.
David Jacaré
10.03.2011 - 14:38
O artigo deste artigo é uma vergonha.
vicentearaujo2
05.03.2011 - 20:06
Este Carlos Chagas que se propunha a "descobrir" jovens talentos como o nosso comentador Michio insinua-se a fazer o mesmo, não "comia" ninguem, era apenas uma bicha - uma bicha que se deu mal.
pedrox
05.03.2011 - 18:06
Ele sabia perfeitamente que se Carlos Cstro lhe ponha na conta mensalmente 1500 € ele tinha que o comer em troca!Isso tem nome sabem qual é não sabem?Trabalhar nas obras não rende tanto....Portanto eram os dois, seres Nojentos !
maria1945
04.03.2011 - 22:57
ENTÃO FOI PROVADO OU NÃO QUE O ANJINHO NÃO É OU É GAY? GAY NUNCA SERIA PORQUE É MUITO RAFEIRO, É UM VIRA LATAS. ENTÃO QUANDO FALA E QUANDO RI É UM «CHANCHO» VERDADEIRO. PORTANTO SÓ PODERIA SER UM PANELEIRO NOJENTO. MAS CALÃO COMO ERA SÓ PODERIA MESMO SER CHULO. DEVE SER A PRÓXIMA PROVA.
gipsyking
04.03.2011 - 18:04
Cgeio que se devia pôg o Gonçalo Amagal a investigag o cgime. Depois escgevegia um livgo a explicag. Quem sabe não fogam os pais da Maddie?
tcunha
04.03.2011 - 18:00
Desculpem que vos diga, mas não concordo com a postura da maioria dos portugueses que aqui comentam as suas ideologias. Não defendo nem um, nem o outro, mas agora poupem-me!!! Por favor poupem-me... Não façam do menino de 21 ANOS (que de ingénuo não tem nada), um inocente e Carlos Castro culpado de tudo. Se alguém teve culpa no meio desta história toda mal contada, porque a verdade nunca nós a saberemos mesmo, pois cada um puxa a asa à sua sardinha, eu só vos digo. Matou ou não, estava lá, como não se pode provar que sim ou que não, para todos os efeitos estava no meio do crime, tem que ser condenado e mais nada. Inocente sou eu e todos vós que não estavam lá, o resto é tudo palestra!
Quetzal
04.03.2011 - 17:14
Se não estava de acordo com alguma coisa fosse lá o que fosse deixava o velho e mais nada!Porque recebeu durante três meses 1500 € mensais e recebia prendas caras? ponha-se a milhas e arranjava trabalho honesto a ganhar 500 €!Ou trabalho duro não servia? Chular o o velhote rabeta era mais proveitoso !Enjoou e matou terá que pagar pelo crime cometido!
Frame
04.03.2011 - 16:49
Desconhecendo todos nós o que se passou efectivamente naquele quarto de hotel, há, neste enredo, aspectos a ter em conta:
1. Como alguém já escreveu num dos comentários, como é possível o C.C saber que o seu fim estava próximo e que queria morrer em NY? Seria bruxo, ou a sua amigona Maya leu-lhe isso no Tarot?
2. Será maquiavélico imaginarmos haver todo um cenário, ajudado por terceiros, que pusesse em prática tal vontade?
3. Sofreria ele de alguma doença, Sida, por exemplo, e tenha escolhido aquele local e data para informar o jovem?
4. O percurso da vida do C.C. foi, segundo o próprio, medonho. Era uma pessoa, li várias vezes, com um feitio terrível, capaz de engendrar histórias do arco da velha, insultar nos pasquins quem não lhe caísse no goto. Não quereria ele morrer "em grande"? Tornar-se o centro das atenções nacionais?

5. O puto desgraçou a vida e terá de responder pelos seus actos, mas quais as circuntâncias que rodearam todo aquele horror?
6.Teria havido interferência de terceiros, mesmo com desconhecimento dele, que contribuíssem para que CC levasse a bom termo um hipotético plano de uma morte "em grande"?
7. Um puto de 21 anos, que pediu socorro à mãe antes do crime e que até agora nunca tinha demonstrado comportamentos desviantes e agressivos, como se entende que permaneça ainda internado num hospital psiquiátrico?
8. Serão os americanos tótós? Será o jovem um frio assassino? Ou continuará a viver sob uma fortíssima pressão psicológica sentida antes do crime, devido a algo que viu ou ouviu?
Um crime nada justifica.
Mas é mais aceitável que os jovens corram atrás de um sonho, do que velhos pançudos proxenetas asfixiem jovens com promessas, dando azo à sua sordidez humana.
tokarev
04.03.2011 - 15:46
CC é um caso exemplar de rabetice. Morreu o CC mas ainda há muitos por aí.
tokarev
04.03.2011 - 15:20
CC é um caso exemplar de rabetice. Morreu o CC mas ainda há muitos por aí.
tokarev
04.03.2011 - 14:59
E deve ser ainda mais difícil pô-lo à braguilha, caro tweet.
JoaoCadete
04.03.2011 - 14:58
Não é preciso muito para provar que esse velho decrépito e imoral enganou e aliciou o Renato, aproveitando-se do sonho dele, pressionou-o e torturou-o psicologicamente. Basta ver a fúria com que o jovem o matou.

Infelizmente a ambição do miúdo falou mais alto e ele caiu na esparrela e viu-e embrulhado na teia predadora a que pertencia o já morto "jornalista".

Os próprios amigos desse maldito confirmam que ele era asqueroso. Portanto O RENATO TEM TODO O MEU APOIO. Para que não haja mais vítimas como ele dessa gente depravada e indecente.
tokarev
04.03.2011 - 14:58
Deve ter sido o Maneta quem matou o CC e, depois, desapareceu deixando o Renato com o rabeta à braguilha. Podem passar muitos anos até o tweet encontrar o rabeta, perdão, o Maneta.
Tweet1Tweet2
04.03.2011 - 14:49
Tokarev, para de ser parvo e os restantes, pensem um bocadinho antes de escrever alarvidades...

O miúdo de 21 anos (sim é um miúdo, graúdo, mas continua a ser 1 puto, n desenvolveu manha nenhuma) está a responder pelo que não se lembra bem do que fez. A história está mal contada porque o CC já sentia que "estava perto do fim" e que queria morrer em NY e tal... ou o tipo era uma bruxa muito boa ou outra coisa mais perniciosa se passou. Há relatos de que esse senhor era uma bichona cabrona de todo o tamanho, de muito má rés... e que tinha muuuuuiiiitos inimigos.

Apresente-se todas as provas, que se faça uma investigação mais aprofundada.
tokarev
04.03.2011 - 13:58
Muitos ou menos anos o certo é que Renato vai ter de frequentar as penitenciárias americanas. Mesmo que o seu crime seja menor e até redunde num benefício social, a eliminação de rabetas, ninguém o livrará de passar um mau bocado.
gipsyking
04.03.2011 - 13:27
Só um gay se lembra de usar um saca-rolhas...
luisjoao
04.03.2011 - 13:01
Uma das coisas que notei quando se soube da morte do CC foi que as Tias de cascais , a maioria que não falava com o CC e o evitava por causa das crónicas dele e daquela lingua afiada que dizia mal de tudo e de todos e incluivé de algumas, souberam vir falar que ele era uma Joia de pessoa , muito amigo , só vi foi fingimento!Gostava era de saber o que se passou na realidade naquele hotel , naquela noite



PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt