sábado, 19 de Abril de 2014, 18:04
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Exportações: Porto de Aveiro é exemplo de investimento público

9 de Maio, 2011
A ministra do Trabalho considerou hoje o Porto de Aveiro «um exemplo» onde o investimento público pode atrair investimento privado, apontando a infraestrutura portuária como um instrumento essencial no serviço às exportações do país.

Numa visita de trabalho ao Porto de Aveiro, Helena André apontou-o ainda como tendo um papel decisivo enquanto «elo de ligação entre o mundo, Portugal e o resto da Europa».

«Todo o potencial que existe neste porto, o que já está a ser utilizado e o de crescimento para o futuro, é muito importante para o desenvolvimento económico da região mas também para o desenvolvimento económico do país», sublinhou a ministra.

Depois de uma deslocação pela zona portuária, Helena André assistiu a um vídeo onde se explicou a orgânica do porto que lhe permite movimentar mais de 1, 2 milhões de toneladas de mercadoria por ano.

Helena André, que é a cabeça de lista do PS por Aveiro, sublinhou ainda a localização geográfica do Porto de Aveiro: «Todos os distritos em volta de Aveiro têm grande pujança em termos industriais bem como nas exportações. E as portas atlânticas são muito importantes para as nossas exportações», disse.

A governante foi ainda posta a par da dinâmica da capacidade de uma infraestrutura intermodal que liga o Porto de Aveiro a Espanha, sendo hoje uma porta de entrada para Espanha e para o resto da Europa.

Nesta visita, a ministra do Trabalho foi ainda posta ao corrente dos projetos de expansão do Porto de Aveiro, nomeadamente no que diz respeito à criação de condições para acolher navios de grandes dimensões, até 200 metros de comprimento com 11 metros de calado.

O convite para esta visita partiu da administração do Porto de Aveiro, explicou José Luís Cacho, presidente do seu conselho de administração, que enquadrou a presença da governante no âmbito daquilo que está a ser feito na estrutura portuária para melhorar a competitividade e a sua cada vez mais importante serventia a toda a economia da região e do país.

Uma das mais valias que está a dinamizar o Porto de Aveiro é a sua contextualização no espaço ibérico, sendo para isso importante ser o porto mais próximo de cidades como Salamanca, mantendo já, desde o início do ano, duas viagens semanais de mercadorias por via férrea para Madrid.

A ministra do Trabalho, segundo Luís Cacho, foi ainda informada sobre esforço que o Porto de Aveiro está a fazer para se tornar num pólo importante nas redes europeias de transportes.

Questionada pelos jornalistas, Helena André teve ainda tempo para negar que esta tenha sido uma visita com contornos de campanha eleitoral tendo em conta que a ministra é igualmente cabeça de lista do Partido Socialista por Aveiro.

«Não aceito esse tipo de acusações e seria incompreensível que eu não possa vir ao distrito de Aveiro como faço a todos os outros distritos do país», disse a ministra.

Lusa/SOL




1 Comentário
Nertor
09.05.2011 - 19:09
transportes a distancias a mais de 500 km ficam mais barato se for feito por via férrea


Outras distancia por transporte marítimo


Em Portugal não há uma linha de transportes marítimos de norte a sul do Portugal por exemplo de Vila Real St. António Viana do Castelo.


Fala-se muito sobre o mar mas o mesmo pouco mais serve que fazer ondas contra a costa.


O que serve um mega investimento num sitio único e depois o resto do país não tiver Portos em condições? O de Faro por exemplo faz lembrar um Porto de um mais pobre de áfrica


É so foguetes rosa e brevemente laranja. E a Troika que mande dinheiro para a ilusão.




PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt