domingo, 20 de Abril de 2014, 21:59
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Angola é o principal destino de exportação dos vinhos do Alentejo

8 de Janeiro, 2012
Angola é o principal destino de exportação dos vinhos do Alentejo, mercado que registou o maior aumento de vendas de Janeiro a Outubro de 2011, 82,5 por cento, face a igual período de 2010, segundo a CVRA.

O director de marketing da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), Tiago Caravana, revelou à Agência Lusa que, de Janeiro a Outubro do ano passado, foram exportados para Angola 3,2 milhões de litros de vinho do Alentejo.

Um volume de exportações que, disse, faz daquele país africano o «maior importador de vinhos portugueses».

«A tendência é para crescer ainda mais a exportação de vinho do Alentejo para Angola, visto que a economia daquele pais está a evoluir e existe uma parte da população que já consome, com frequência, vinhos de qualidade», salientou.

Segundo Tiago Caravana, é essencialmente o «vinho de qualidade» do Alentejo, sobretudo o tinto, que é «apreciado» em Angola e que está a ser exportado para aquele país africano, com tendência para um crescimento.

Os vinhos do Alentejo, juntamente com os vinhos verdes, lembrou, foram pioneiros na promoção de vinhos portugueses em Angola e a CVRA já promove anualmente em Luanda, desde há alguns anos, provas de vinhos da região.

A CVRA adiantou que, de Janeiro a Outubro de 2011, os vinhos alentejanos aumentaram as exportações, em 34,5 por cento, para os principais mercados fora da União Europeia (UE), com Angola a liderar o 'ranking'.

Comparando com igual período de 2010, referiu a CVRA, os países que mais aumentaram o volume de importações, além de Angola (82,5 por cento), foram a China (juntamente com Macau e Hong Kong) com 44 por cento, e o Brasil e Canadá, com 14,9 e 10,2 por cento, respectivamente.

Tiago Caravana explicou que Angola, Brasil, Estados Unidos, China e Canadá são, actualmente, por esta ordem, os cinco principais mercados de destino dos vinhos do Alentejo.

Na lista de mercados de exportação para fora da União Europeia seguem-se a Suíça, Rússia, Japão, Cabo Verde, Moçambique, Austrália, Suazilândia, Venezuela, Noruega e São Tomé e Príncipe.

Os vinhos da região são também vendidos para o mercado da União Europeia e para «muitos outros destinos» como Singapura, Timor-Leste, México, Guiné-Bissau, Índia e Namíbia, frisou.

O Alentejo abrange oito sub-regiões vitivinícolas: Portalegre, Borba, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Vidigueira, Moura, Évora e Granja/Amareleja.

Lusa/SOL




0 Comentários


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt