quinta-feira, 24 de Abril de 2014, 22:38
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Prisão preventiva para homem que matou a mulher

7 de Fevereiro, 2012
Um homem está em prisão preventiva desde sábado, acusado de ter morto a sua mulher num restaurante em Lisboa, informa a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL) na sua página de Internet.

Detido pela Polícia Judiciária e presente a primeiro interrogatório judicial no sábado, o homem é acusado da «autoria material, de um crime de homicídio qualificado (…) cometido sobre a sua mulher».

Segundo a mesma fonte, a vítima, cozinheira, trabalhava num restaurante em Carnide e vivia maritalmente com o arguido e com os dois filhos.

De acordo com a PGDL, o crime terá sido cometido a 2 de Fevereiro (quinta-feira), entre as 17h30 e as 19h, quando o arguido se dirigiu ao local de trabalho da vítima.

Quando entrou no restaurante, o homicida pegou numa «faca de cozinha ali existente e desferiu diversos golpes que atingiram a vítima em várias partes do corpo».

Lusa/SOL




3 Comentários
mundonovo50
07.02.2012 - 12:23
para quando a prisão perpétua para crimes de sangue?
RogerUK
07.02.2012 - 10:35
Mais um macho de primeira. Sorte dele, em Porragal sera posto em liberdade e condecorado com uma comenda.
quijote
07.02.2012 - 09:42
A culpa é do Socrates.


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt