segunda-feira, 21 de Abril de 2014, 6:23
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Arménio Carlos garante que a 'dinâmica criada pela greve levou a aumentos'

27 de Março, 2012
O secretário-geral da CGTP disse hoje que a «grande greve geral» vivida a semana passada criou uma «dinâmica» que levou várias empresas a aceitarem aumentar os salários dos seus trabalhadores.

«Tivemos uma grande greve geral», garantiu hoje Arménio Carlos aos jornalistas, após o Conselho Nacional da central sindical que fez o balanço do protesto da semana passada.

Segundo o responsável, além da «adesão de significativa de trabalhadores à greve geral», esta criou uma dinâmica que levou a aumentos salariais em várias empresas.

«A pressão da greve geral instalou uma dinâmica que foi importante. Houve empresas que tinham mostrado indisponibilidade até para negociar cadernos reivindicativos e que fizeram aumentos e deram prémios salariais consideráveis», disse Arménio Carlos, referindo-se à Crisal Glass, Danone, Autoeuropa ou Securitas.

Além disso, adiantou, a greve levou ainda a que «muitos trabalhadores se sindicalizassem».

O secretário-geral da CGTP tinha anunciado, no fim do dia da greve geral, o pedido de uma reunião «com urgência» ao primeiro-ministro. Hoje, Arménio Carlos disse que esta foi já marcada para 4 de Abril, pelas 17h.

Nessa reunião, a CGTP vai apresentar 10 medidas ao Governo, como uma política económica focada no crescimento, o combate à fraude e evasão fiscal, a retirada de propostas de revisão laboral e ainda o aumento das pensões mínimas e do salário mínimo nacional, neste caso para 515 euros.

Já esta quarta-feira, dia em que se inicia a discussão no Parlamento da legislação laboral, a CGTP vai organizar, pelas 15h, uma manifestação de dirigentes frente à Assembleia da república. Além disso, promove a 31 de Março uma manifestação do Dia Nacional da Juventude, em Lisboa, e segundo Arménio Carlos está ainda a preparar «um grande 1.º de Maio».

Lusa / SOL




6 Comentários
Octapus
28.03.2012 - 07:40
Oh Armenio vai para a Koona que te pariu. Chulo.
JorgePaz
28.03.2012 - 00:05
Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!

Conta lá mais uma anedota ò Arménio!
meiodoido
27.03.2012 - 23:39
que musica....sem os transportes a greve geral nem se tinha notado e sabes a razão arménio ? quando um trabalhador faz greve porque razão o sindicato não paga o dia de greve ? será que as quotizaçoes não chegam para pagar um dia de greve ?...sei sei....há muita gente a mamar nos sindicatos, nas comissoes, nas frentes...uma vergonha igual aos partidos politicos....todos iguais...
Freda
27.03.2012 - 23:35
(...)"A pressão da greve geral instalou uma dinâmica que foi importante"(...)

Está-se mesmo a ver!
A greve foi um fiasco de todo o tamanho e só deu nas vistas, por causa das provocações dos arruaceiros esquerdopatas!

Oh Arménio Carlos, um conselho:

"Ria de seus próprios problemas e nunca lhe faltará do que rir”
(provérbio judaico)
quijote
27.03.2012 - 21:57
Fui aumentado em 80 euros, que desapareceram do ordenado este mês.
HORACA
27.03.2012 - 21:49
Este vem nos DAR MUSICA.

A AUTOEUROPA aumentou os trabalhadores por causa da greve.... DEIXA LÁ NÃO TE ESFORCES, NÓS FINGIMOS QUE ACREDITAMOS.


.
NÃO É MELHOR RECONHECEREM QUE FOI UM GRANDE FIASCO ????????


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt