quarta-feira, 16 de Abril de 2014, 23:27
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Duarte Lima apanhado no caso dos submarinos

22 de Junho, 2012por Felícia Cabrita
O ex-deputado social-democrata Domingos Duarte Lima recebeu, em 2002, um milhão de euros do comandante Gil Corrêa Figueira, um dos implicados na investigação das autoridades alemãs à compra de dois submarinos pelo Governo português – soube o SOL de fonte judicial.

A descoberta foi feita pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) e resultou do cruzamento de dados de três processos: Operação Furacão, Rosalina Ribeiro e Monte Branco.

Foi já aberto um novo inquérito-crime no âmbito do qual, esta semana, Duarte Lima foi constituído arguido, por existirem fortes indícios de crimes de branqueamento de capitais, tráfico de influências e fraude fiscal (uma vez que o advogado nunca declarou ao Fisco aquele montante). Lima e Figueira foram inquiridos no DCIAP, esta quarta e quinta-feira.

O milhão de euros foi transferido – segundo a mesma fonte – para a conta de Duarte Lima no UBS, criada em 1999. O dinheiro era proveniente de contas em paraísos fiscais, em nome de Gil Corrêa Figueira, que foram descobertas pelo DCIAP durante a investigação da Operação Furacão.

Monte Branco permitiu completar o rasto do dinheiro

Foram, no entanto, as investigações do caso Monte Branco – onde Duarte Lima foi identificado como um dos principais clientes das duas maiores redes de branqueamento e fraude fiscal conhecidas em Portugal – que permitiram ao DCIAP chegar a esta nova descoberta.

Recorde-se que a operação Monte Branco, liderada pelo procurador Rosário Teixeira e pela Inspecção Tributária, levou ao desmantelamento de duas redes: uma liderada pelo suíço Michel Canals e outra por Ricardo Castro. Ambos são ex-funcionários do UBS (Union de Banques Suisses), sendo que o português foi director da filial do banco em Lisboa, até esta ter encerrado, em 2008.

No ano seguinte, o suíço Michel Canals criou a Akoya Management Asset, empresa que agenciava clientes para bancos helvéticos e actuava como seus testas-de-ferro, criando sociedades offshore nas quais era colocado o dinheiro, em manobras de fuga ao Fisco e branqueamento de capitais. Castro teve de prestar uma caução e Canals está preso preventivamente, desde Maio, bem como Francisco Canas, o intermediário português (mais conhecido por ‘Zé Medalhas’).

Aliás, segundo admitiu Duarte Lima à equipa de investigação, foi Ricardo Castro quem lhe abriu, em 1999, a conta no UBS em Portugal – que passou a ser gerida na Suíça por Michel Canals. Este, recorde-se, era também gestor de conta de Rosalina Ribeiro – ex-companheira de Lúcio Tomé Feteira que acabaria por ser assassinada dez anos depois. Os cinco milhões e meio de euros que as autoridades brasileiras sustentam ser o móbil da sua morte, que imputam a Duarte Lima, foram parar a esta conta do advogado.

Foi também nessa conta de Lima no UBS que, quase em simultâneo, entrou também o dinheiro do comandante Gil Figueira.

Como tinham informação recolhida na Operação Furacão, os investigadores descobriram que o dinheiro era proveniente de uma offshore criada em nome do comandante por um dos bancos investigados nesse processo.

(notícia alterada às 15h30 de 25/6/2012)

felicia.cabrita@sol.pt

DCIAP prossegue inquérito por corrupção

Submarinos: Barroso e Portas negam qualquer intervenção




123 Comentários
MANTAS
28.06.2012 - 21:47
Estou farto de ver sempre o mesmo tipo de noticias sobre os mesmos bandidos de sempre e o pior é que estas telenovelas vão alimentando os medias em proveito próprio... As noticias com teor positivo, aquelas que deveriam inundar os "telejornais" são barradas pelos Srs. Directores,sedentos de sangue e desgraça alheia... Será que esta sociedade podre não acorda e torna fácil o que muitos pretendem tornar difícil? Quando existem provas mais que evidentes da culpa destas pessoas, inventam mil e uma coisa para a não condenação. Mete nojo esta sociedade... triste sina Quintinha da m....
MANTAS
28.06.2012 - 20:13
Estou farto de ver sempre o mesmo tipo de noticias sobre os mesmos bandidos de sempre e o pior é que estas telenovelas vão alimentando os medias em proveito próprio... As noticias com teor positivo, aquelas que deveriam inundar os "telejornais" são barradas pelos Srs. Directores,sedentos de sangue e desgraça alheia... Será que esta sociedade podre não acorda e torna fácil o que muitos pretendem tornar difícil? Quando existem provas mais que evidentes da culpa destas pessoas, inventam mil e uma coisa para a não condenação. Mete nojo esta sociedade... triste sina Quintinha da m....
Shora Ora
27.06.2012 - 11:08
são sempre os mesmo e gira sempre pelos mesmos. é a sociedade que os políticos organizaram. quem está tramado é sempre o mesmo, calha sempre aos mesmos, contribuintes
acd31gbs
26.06.2012 - 00:12
A maior parte dos ladões são do PSD.Nas próximas os portugueses vão votar no PSD.
jcrf09
25.06.2012 - 22:02
Duarte Lima apanhado no caso dos submarinos...

...e ainda vai ser apanhado no roubo dos termoços da Tia Isaltina, é o que se chama estar em todas...

...Quijote, você desculpe que eu muito raramente comento comentadores, mas há aí um erro de trinta quilometros ao lado do alvo...

A "Abrilada" e o regime de "constituição comunista" é foram foi raptadas pela rapaziada do centro direita, direita e centro esquerda, porque a comunada nem consegue cheirar esses negócios...

Já agora, Duarte Lima foi das figuras mais importantes e influentes do PSD, que tanto quanto sei nunca foi nem "Abrilista" nem perigoso "comunista", e só ainda não o é porque caiu em desgraça e os seus pares deixaram-no cair... ou seja quis mamar sozinho... só isso !!
quijote
25.06.2012 - 09:04
A abrilada foi raptada pelos comunistas que instauraram um regime com uma constituição comunista. É o regime assim instaurado que permite a corrupção, tal qual como a que existia e existe nos outros países comunistas.
Ainda recentemente Fidel Castro mandou fuzilar o general que comandou as tropas cubanas em Angola por trafico de droga, lavagem de dinheiro, fuga aos impostos, roubo de diamantes, assassínio e crimes de guerra.
CHEKEMASTER
25.06.2012 - 07:53
Com que então a culpa da corrupção dos elementos dos partidos dos últimos governos é dos comunistas! As barbaridades que se dizem para safar os seus, só por amor à cor e ideologia do partido. O país chegou à beira do precipício e estes energumes continuam a proteger os comparsas, acho que vamos ter mesmo que metralhar os fascistas e os seus apoiantes para acabar com esta praga em Portugal. O 25 de Abril falhou nesta limpeza mas a próxima revolução não deixará impune estes parasitas.
CHEKEMASTER
25.06.2012 - 07:42
Parasol e quijote = A Portugueses doentes mentais anticomunistas
VMAS
24.06.2012 - 18:39
Pena de morte para estes ladroes
o julgamento destes corruptos e mais os outros que toda agente conhese era facil parede com eles e um tiro no centro dos cornos nao meresen mais doque isso estar a polos na prisao e estar a gastar o dinheiro dos inpostos dos portugeses
VMAS
24.06.2012 - 18:38
Pena de morte para estes ladroes
o julgamento destes corruptos e mais os outros que toda agente conhese era facil parede com eles e um tiro no centro dos cornos nao meresen mais doque isso
quijote
24.06.2012 - 14:27
mundonovo50 24.06.2012 - 12:03
Desses só o Cavaco faz o jogo dos comunas, é um idiota útil do coronel A.Kunhal.
Quem nos meteu na m erda foram os comunas, não os patetas dos governos.
quijote
24.06.2012 - 14:26
mundonovo50 24.06.2012 - 12:03
Desses só o Cavaco faz o jogo dos comunas, é um idiota útil do coronel A.Kunhal.
parasol
24.06.2012 - 13:24
mundonovo50
24.06.2012 - 12:03 Não.
PPortugal
24.06.2012 - 12:14
Mais do mesmo e sempre os mesmos, ele é caso BPN, ele é o caso Portucale, ele é o Casino de Lisboa, agora o caso Monte Branco com claras influências mais uma vez da rapaziada do PSD e CDS não esquecendo o Dr. Cavaco Silva com as suas míseras pensões. Agora até se está a saber que Miguel Relvas quis beneficiar uma empresa de Passos Coelho num caso de formação profissional com a ordem dos arquitectos com os dinheiros do programa foral. Se calhar acabam todos absolvidos e claro está fazem-nos pagar a nós povo Português estas trapalhadas todas. Isto é tudo gente séria. Foi só roubar nestes últimos 20 anos, isto tem sido um autêntico festim.....
mundonovo50
24.06.2012 - 12:03
quijote
24.06.2012 - 10:35

Os comunas devem ser considerados traidores por terem posto o país no estado em que está. E consequentemente serem punidos.

não me digas que o cavaku, o socrates, o santana, o durão e companhia são comunas, então não foram eles que nos puseram no buraco?
quijote
24.06.2012 - 11:24
Quando a comunada roubou o poder em Portugal aos traidores da abrilada manteve o aparelho de estado do regime salazarista. No fundo são iguais os fascistas e os comunistas. São ambos anti-democráticos e totalitários, odeiam a liberdade. E querem fazer de Portugal a Cuba da Europa.
parasol
24.06.2012 - 11:13
quijote
24.06.2012 - 10:38 Dizes isso porque sabes que o Salazar contou com a ajuda dos Komunas para destruir os anarco-sindicalistas? E assassinar o Humberto DelgadO? E o Amilcar Cabral, para não falar do Mondlane?
Tinham o lugar de gerentes não executivos?

quijote
24.06.2012 - 10:38
O único político que conseguiu manter os comunas no lugar foi o Salazar.
quijote
24.06.2012 - 10:35
Os comunas devem ser considerados traidores por terem posto o país no estado em que está. E consequentemente serem punidos.
parasol
24.06.2012 - 10:21
icebreaker
24.06.2012 - 00:08
mmarioprata
24.06.2012 - 00:31
Esqueceram-se de dizer que quem tem a culpa é o Constancio que não supervisionou como devia...
Vocês estão a perder qualidades ou acham que é mentira demais?



PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt