sexta-feira, 18 de Abril de 2014, 17:28
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Pedidos de informações à Google sobre utilizadores aumentaram em Portugal

26 de Outubro, 2011
O número de pedidos de informações sobre utilizadores dos serviços da Google, apresentados pelo Governo português, aumentou de 92 para 161 pedidos no início de 2011

Os números surgem na nova edição do Relatório da Transparência da Google e dizem respeito aos primeiros seis meses deste ano.

De acordo com o relatório, entre Janeiro e Julho de 2011 a Google recebeu do Governo português um total de 161 pedidos de informação sobre dados dos utilizadores de contas e serviços da empresa, um número acima dos 92 pedidos efectuados na segunda metade de 2010, o último período em análise no relatório.

Em 50 por cento destes 161 pedidos, a Google refere que enviou total ou parcialmente a informação requisitada pelas autoridades portuguesas.

Numa nota sobre os dados relativos a Portugal, a empresa afirma que «o número de pedidos que recebemos sobre informação de contas de utilizadores, no âmbito de investigações criminais aumentou de ano para ano».

Na mesma nota a empresa considera que este «aumento não surpreende, dado que todos os anos oferecemos mais produtos e serviços e temos um cada vez maior número de utilizadores».

Sobre os pedidos que foram recebidos, que englobam também pedidos sobre conteúdos do YouTube, a Google esclarece que «revemos cada pedido para ter a certeza que vai ao encontro do espírito da lei e podemos recusar divulgar informação ou tentamos estreitar o pedido em alguns casos».

Outro dos campos analisados no relatório é o pedido das autoridades para a remoção de conteúdos, que segundo a Google foi inferior a dez no caso de Portugal nos primeiros seis meses do ano.

Como este número é reduzido, a empresa não especifica que tipos de conteúdos ou as razões invocadas pelas autoridades.




4 Comentários
Kalvin
26.10.2011 - 21:00
Ainda para Fcatita, note que isto é naquilo em que acredito, depois de ter visto acontecer o que aconteceu ao alegado super-espião que passou as tais informações para a Ongoing. Não acredito que a rapaziada do sr. Sócrates não tenha já sido investigada, sinceramente. E acrescento que se foram, concordo plenamente, ainda que julgue que isso deva ser extensivo a todos os políticos e compadres deste país, pois o descalabre a que se assistiu no governo de Sócrates é algo que transcende todos os conceitos de justiça.
Kalvin
26.10.2011 - 20:54
Fcatita, e daí ? Ou acredita que a rapaziada do sr. Sócrates e até mesmo os serviços secretos privados dele não terão sido também investigados ? Olhe que eu não meteria as mãos no lume garantindo que não foram, meu caro. E aliás, se depois alguém da PJ ou de outra força policial escutou Passos Coelho para saber se este era corrupto, só posso dar os parabéns aos agentes que o fizeram, pois depois de Sócrates, trancas na porta e o Estado não pode permitir qualquer um seja eleito primeiro-ministro.

Se alguém o escutou para ver se andava metido em vigarices ou se detectava indícios de algum crime contra o Estado tal como foi detectado com Sócrates, acho que a polícia que o fez esteve muito bem na decisão que tomou e espero que o façam sempre com toda a gente de todos os partidos políticos.
Fcatita
26.10.2011 - 16:43
Se repararem dizem de Janeiro a Julho,logo penso
que a totalidade esta no governo das MENTES CRIMINOSAS chefiadas por Socrates e talvez estas informaçoes tenham passado para a Ongoing.Sera?
pontaesquerda
26.10.2011 - 14:38
est+a na hora de dizer adeus ao ie e ao google!...


PUB
PUB
Siga-nos
CD Carríssimas Canções de Sérgio Godinho
Assinaturas - Revista FEEL IT (PT)
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt