sábado, 19 de Abril de 2014, 3:39
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Duquesa de Alba abdica da fortuna para provar amor com homem 24 anos mais novo

9 de Agosto, 2011
85 anos, seis filhos, uma fortuna de muitos milhões e um amor com um homem 24 anos mais novo são os ingredientes da história de Cayetana Fitz-James Stuart, duquesa de Alba.

Carlos, Jacobo, Alfonso, Fernando, Cayetano e Eugenia nunca concordaram com a relação que a mãe mantém com Alfonso Diez, funcionário público e dono de uma empresa de relações públicas.

Assim, a duquesa de Alba decidiu calar as vozes dos filhos e do mundo,que acusam o 'seu amor' de ser um oportunista à procura de dinheiro, adiantando as partilhas da sua fortuna.

Para provar que, como diz, «Alfonso não quer nada. Tudo o que ele quer sou eu», Cayetana Fitz-James Stuart assinou no passado mês de Julho perante um notário de Madrid a doação de todos os seus bens aos filhos.

No entanto, parte do seu património, que está investido numa fundação, permanece sob a sua alçada e gestão.

De acordo com o livro dos recordes do Guinness, Maria del Rosario Cayetana Alfonsa Victoria Eugenia Francisca Fitz-James Stuart y de Silva tem mais títulos do que qualquer outra pessoa. é sete vezes duquesa, 22 condessa e 24 marquesa.

SOL




13 Comentários
asousabarbosa
05.10.2011 - 13:52
DEPOIS DFESTA NOTICIA, SERÁ QUE O NOIVO VAI APARECER? ÓBVIAMENTE QUE NINGUÉM DOVIDA DO "PROFUNDO" AMOR DO "MANFIO" EM RELAÇÃO À MUMIA DA DUQUESA. ! AGORA CASAR, COM SEMELHANTE AVENTESMA SEM QUALQUER CONTA-PARTIDA . . .VALE UMA APOSTA EM QUEM MORRE PRIMEIRO? ESTOU CONVENCIDO QUE VAI SER ELE! QUANDO RECUPERAR O JUIZO E, UM DIA, ACORDAR, OLHAR PARA O LADO E VIR AQUELA MASCARA FUNERÁRIA AO LADO, MORRE COM UM ENFARTE!!
manelinhabarbas
11.08.2011 - 20:43
Nunca é tarde para o amor, então se for com um velhinho e uma velhinha com uma boa fortuna, são horas da sorte sem jogar na lotaria
TMH
11.08.2011 - 17:20
Em regimes monárquicos há títulos nobiliárquicos,nem vale a pena comentar isso. Em Portugal, que é uma República, não existem, embora haja gente que de apresente como duquesa ou conde de não sei quê. Mas também não fazem bem nem mal e ficam felizes com isso. Quanto à idade da senhora, por que razão não se há-de amar na velhice? Ou é um direito só da juventude, mesmo quando a asneira é de todo o tamanho e não passa de mentira o sentimento que se apregoa? Que a senhora seja feliz: foi um modo digno de provar que não se apaixonara por um "caçador de fortunas". Quanto aos herdeiros, penso que ninguém imagina neste país nem sequer o número de palácios da Casa de Alba.Podem estar tranquilos.
Tweet1Tweet2
11.08.2011 - 02:01
Tah velha, pá!A descendência que passe a trabalhar para viver, pá, porque de fome não morrem!

Faz ela muy bien!
manelinhabarbas
10.08.2011 - 18:24
a velhinha é danada para a brincadeira, já enterrou dois e este pode muito bem ser o terceiro.deve estar enamorado da belaza da octogenária
Cobrador
09.08.2011 - 23:02
Mherda das republicas (armadas em monarcas), sobra-lhes o protocolo e falta-lhes seriedade...
lillyrose
09.08.2011 - 21:48
e o nosso ZéZé Camarinha já sabe???
HORACA
09.08.2011 - 21:34
Falem com respeito da mulher, que por educação, chega sempre dos reis de ESPANHA, para lhes evitar o "EMBARAÇO" de terem que se curvar perante ela.

m****s DAS MONARQUIAS.
Antigamente
09.08.2011 - 21:32
Sete vezes duquesa,22 vezes condessa e ainda 24 vezes maquesa!?Isto é que foi "trabalhar"?
Antiesquerdalha0004
09.08.2011 - 21:05
pontaesquerda, não foste tu, parasita...
pontaesquerda
09.08.2011 - 19:39
anacronismos...quem pagou todo esse patrimonio???...
ABA
09.08.2011 - 19:06
A insanidade mental é um perigo...A familia terá de agir para a mulher não acabar na miséria...
quartocrescente
09.08.2011 - 18:59
Lá se vai o Alfonso!


PUB
PUB
Siga-nos
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt