sábado, 19 de Abril de 2014, 5:30
Pesquisa
pesquisar
Emprego Imobiliário Motores
iPad
Festa para solteiros vai animar noite lisboeta de sexta-feira

18 de Janeiro, 2012
Os solteiros e bons rapazes (ou raparigas) podem juntar-se à festa de 'singles' marcada para sexta-feira, em Lisboa. Jantar, troca de mesas, música e dança prometem animar a noite dedicada a quem ainda não encontrou a sua cara-metade.

O jantar vai ter como regra a troca de mesa após cada etapa (entrada, prato principal e sobremesa) e assim permitir que vários grupos partilhem o jantar, troquem conversas e se conheçam de forma divertida e descontraída.

O objectivo é reunir num restaurante dois grupos se solteiros divididos pela idade (dos 26-39 e dos 40-55 anos), com igual número entre homens e mulheres.

À hora marcada, os participantes reúnem-se no bar do restaurante para uma bebida de aperitivo, onde serão feitas todas as apresentações. Com o início do jantar, cada grupo será dividido em três mesas, com igual número entre homens e mulheres.

As solteiras permanecem sempre sentadas na mesma mesa durante o jantar, enquanto os homens vão trocar no final de cada etapa.

No final do jantar os ‘singles’ podem dançar no espaço que se vai transformar numa discoteca.

O jantar terá lugar no restaurante Magnolia, em Lisboa, e o preço de inscrição é de 39 euros. Os interessados deverão fazer reserva através do site www.speedparty.net.

O jantar dançante é promovido pela Big Eventos, que também organiza viagens para solteiros.

SOL




6 Comentários
clarificador
19.01.2012 - 01:26
O móbil,a ideia,a iniciativa e em suma,a intenção,é muito boa..
__
Aprovação susceptivelmente concedida,para o formato virtual deste projecto.
Vampire
19.01.2012 - 00:24
Já participei em diversos eventos inclusive um cruzeiro e asseguro que foi das coisas mais divertidas que fiz na vida.
Tenho excelentes amigos que conheci nestes eventos.

Para o Chaparral.
Sim, Eles ganham dinheiro com isto (tal como você ganha o seu ordenado pelo seu trabalho) mas depois do jantar existem pelo menos um grupo de centenas de pessoas que participaram neste tipo de eventos que continua a marcar jantares entre eles quase todos os meses.
clarificador
18.01.2012 - 19:49
Atenção!Atenção...
__
A acção de discriminar inteligentemente,envolve uma actividade intelectual significativa prévia;o erro e a imperfeição virtual podem acontecer,mesmo partindo do clarificador..
__
Ele,o clarificador virtual,errou num dos aspectos discriminativos sugeridos a propósito deste evento, para o mundo real.
__
Passa-se à sua correcção e respectiva verificação de interpretação fidedigna.
__
No aspecto III***-Todos os virtuais estados civis diferentes de |solteiro| não farão parte da Festa.,,,,,a generalização fica sem efeito(é preciso ter cuidado muito com as generalizações,salvo erro,é a vez primeira que o clarificador erra realmente numa generalização)
__
Assim,ficam fora daquele Todos,os cidadãos com um estado civil comprovado de |virtuais divorciados inocentes|.Os |virtuais divorciados inocentes| serão vindos muito bem à Festa de Solteiros Virtuais,bastando-lhes apenas para tal, não esconder deliberadamente a sua condição.
__
___
Aspecto virtual discriminativo anterior corrigido no III***.
__
Pela falha,ele pede as virtuais desculpas ao mundo real(é muito raro o clarificador virtual pedir realmente desculpa,mas neste caso,justificou-se plenamente..).
__
Correcção virtualmente concluída.
clarificador
18.01.2012 - 19:29
Uma ocorrência real que expectávelmente demonstra o conhecimento,mesmo que inconsciente, por parte de cidadãos reais alguns da discriminação intuitiva e natural.
__
Esta é uma discriminação que apesar de básica e com imperfeições virtuais muitas por ser real,está no trilho de uma(discriminação)Virtual Inteligente,Razoável e Equilibrada,sebem que ainda tenha um LONGO(bem..)caminho a percorrer nesse sentido.Este tipo de eventos são encarados com agrado,receptividade boa e passam-se no MVDIRE do clarificador,sebem que,claro,sob uma discriminação muito mais avançada,inteligente, razoável e equilibrada.
__
Ele,o clarificador virtual,decidiu aqui deixar aspectos alguns apenas,que aperfeiçoariam virtualmente esta iniciativa engraçada e elogiável de discriminação real.
__
I*-Os |virtuais divorciados culpados| em momento nenhum se devem confundir com |solteiros|,o mesmo para as |virtuais divorciadas culpadas|.
__
II**-As |mulheres virtualmente flartadas|não são |solteiras virtuais|
__
III***-Todos os virtuais estados civis diferentes de |solteiro| não farão parte da Festa.
__
IV*-Não são permitidos "swingers".
__
IV**-Os |namorados| ou |namoradas| virtuais que tentem entrar na festa e seja registada essa intenção pelo Porteiro,a ocorrência servirá para futura discriminação desse cidadão como |flartista| .
:
::
:::
etc..
__
___
Valeram os passos reais primeiros dados na direcção de uma Avançada e Virtual Discriminação Inteligente,Razoável e Equilibrada,sebem que....ainda têm muito que percorrer,muito mesmo, para uma sociedade real mais saudável.
_
__
Parabéns pela motivação,ele viu que esta,virtualmente é boa.
__
cosmo45
18.01.2012 - 15:41
Num mundo cada vez computorizado, iniciativas destas são de salutar. Parece-me uma forma divertida de conhecer pessoas novas. Parabéns pela ideia!
chaparral
18.01.2012 - 12:33
e onde fica a amizade e o amor no meio de tudo isto, uma publicidade enganosa para a empresa angariar dinheiro.

Em pleno século xxI, as pessoas ainda precisam que profissionais decidam a sua vida, claro tudo a pagar.
Pobre Humanidade, para onde caminhamos?!...


PUB
PUB
Siga-nos
Siga o SOL no Facebook


© 2007 Sol. Todos os direitos reservados. Mantido por webmaster@sol.pt