Economia





  • Intervalo

    Euro 2024. A inevitável dor azul de Portugal

    A França atirou-nos pela borda fora deste Europeu com naturalidade. Continuamos a ser uma seleção pequenina e de futebol redondinho, sem laivos de classe que façam a diferença, dependurada pelos suspensórios da universalidade de um Ronaldo que se extingue a pouco e pouco como a chama e uma vela.

    Euro 2024. A inevitável dor azul de Portugal

    Intervalo

    Euro 2024. A inevitável dor azul de Portugal

    Euro 2024. A inevitável dor azul de Portugal

    A França atirou-nos pela borda fora deste Europeu com naturalidade. Continuamos a ser uma seleção pequenina e de futebol redondinho, sem laivos de classe que façam a diferença, dependurada pelos suspensórios da universalidade de um Ronaldo que se extingue a pouco e pouco como a chama e uma vela.

Encartes em destaque