Nove etarras presos

O ministro espanhol do Interior declarou que a polícia deteve nove indivíduos suspeitos de liderarem um grupo considerado violento dentro da ETA

estas foram as primeiras detenções desde que a 5 de setembro a eta anunciou um cessar-fogo em troca de algumas concessões por parte do governo espanhol.

o executivo espanhol respondeu com cepticismo e a prova foram os raides desta madrugada que resultaram na prisão dos nove etarras.

segundo declarações oficiais os indivíduos presos pertenciam ao núcleo de uma organização basca, a ekin, que foi declarada ilegal em 2007 por fazer parte da eta.

lusa / sol