Chineses passam a poder ter dois filhos em 2016

Foi promulgada a lei que acaba com a política de filho único na China. O anúncio tinha sido feito em outubro, mas sabe-se agora que a medida entra em vigor a 1 de janeiro de 2016.

Os casais poderão passar a ter dois filhos, mas não mais. Durante décadas, os chineses privilegiaram os rapazes – com abortos e abandonando bebés do sexo feminino – o que recentemente levou à necessidade de ‘importação’ de raparigas estrangeiras.

SOL