Golos com cheiro a morte

O raciocínio é tão estúpido quanto inesperado.

Um jornalista inglês que deve ter uma vida enfadonha fez uma pesquisa e descobriu que a cada três golos que Aaron Ramsey marca pelo Arsenal morre uma celebridade, no dia, na véspera ou, no máximo, três dias antes.

Foi assim quando fez o gosto ao pé e morreu David Bowie, como já havia sido com Robin Williams, Paul Walker, Whitney Houston ou Steve Jobs.

A sorte dos famosos é que o rapaz só fez 44 golos! Mas tomem atenção ao próximo…