Economia

Como irá funcionar o novo PPR da União Europeia

A Comissão assim fazer com que os cidadãos consigam poupar quantias maiores, impulsionando também o crescimento uma vez que existirá mais capital para investimento. 

Um novo produto de reforma pan-europeu (PIRPE) irá ser criado depois de, nesta quarta-feira, ter sido aprovado o acordo entre a presidência e o Parlamento Europeu.

Esta nova forma de poupança para todos os cidadãos europeus será vendida “em qualquer lado na União Europeia (UE) sob um conjunto de regras comuns que vão garantir uma proteção mais forte do investidor”, explicou a Comissão Europeia em comunicado. 

Os aforradores, todos aqueles que queiram poupar sem limite de idade, vão poder escolher entre seis opções de investimento que poderão alterar ao fim de cinco anos sem qualquer custo.Estes planos serão registados numa central da Autoridade dos Seguros e Pensões. Os interessados vão encontrá-los à venda através de seguradoras, fundos de pensões, bancos, entre outras, em toda a União Europeia.

A Comissão irá fazer assim com que os cidadãos consigam poupar quantias maiores, impulsionando também o crescimento uma vez que existirá mais capital para investimento.