Sociedade

Enfermeiro violou doente na casa de banho do hospital de Beja

Mulher estava incapaz de resistir devido à medicação

Um enfermeiro foi condenado no tribunal de Beja, esta quarta-feira, a seis anos de prisão por ter violado uma doente, numa maca na casa de banho do serviço de urgências do hospital daquela cidade alentejana, segundo o Correio da Manhã.

A condenação do enfermeiro, atualmente com 36 anos, remonta ao crime cometido em julho de 2013.

O homem ter-se-á aproveitado do facto de a mulher, de 29, estar incapaz de resistir, devido à medicação.

O enfermeiro além da pena de prisão ficou inibido de exercer a profissão e terá de indemnizar a vítima em 15 mil euros, escreve o mesmo jornal.