Economia

Mercedes chama quase 100 mil carros na China

Em causa estão os defeitos nas cremalheiras da direção. Uma situação que poderá afetar a segurança dos carros. 

A Beijing Benz, subsidiária na China da alemã Mercedes-Benz, revelou que vai chamar para revisão quase 100 mil veículos devido a defeitos nas cremalheiras da direção. Uma situação que poderá afetar a segurança dos carros.

A informação foi revelada pelas autoridades oficiais chinesas, mas a marca já veio garantir que irá substituir as peças defeituosas sem qualquer encargo para os clientes. 

Entre os modelos afetados destacam-se alguns populares, como os berlina Classe C e o Classe E e o todo o terreno urbano GLC.