Internacional

Funcionária deu almoço a aluno que não tinha dinheiro para pagar e acabou despedida

No dia seguinte o jovem voltou para pagar a refeição

Uma funcionária de um refeitório de uma escola em New Hamphire, nos Estados Unidos, alega ter sido despedida por dar o almoço a um aluno que não tinha dinheiro para pagar.

Ao perceber que o cartão do estudante não tinha dinheiro para pagar a refeição, Bonnie Kimball, que trabalhava na Escola Secundária Mascoma Valley Regional há cinco anos, deixou o jovem passar sem pagar.

"Diz à tua mãe que a tua conta está sem dinheiro", disse-lhe a funcionária, citada pelo The Washington Post, deixando-o levar a comida.

No dia seguinte, o jovem pagou a conta do almoço, mas mais tarde, no mesmo dia, Kimball foi chamada por um gerente que havia testemunhado o que havia acontecido e foi demitida.

A empresa responsável pela concessão do refeitório naquela escola disse que jamais  "autorizaria um empregado a não dar de comer a um aluno ou a um funcionário" e que as “informações relatadas são falsas”, já que a funcionária não seria despedida por “este gesto”. No entanto, recusou-se a prestar mais informações por questões de confidencialidade.