Sociedade

Detidos por posso ilegal de arma e violência doméstica

Os factos terão ocorrido em Felgueiras e Marco de Canaveses.

DR  

Nos passados dias 14 e 15  de maio, a GNR do Porto apreendeu três armas e deteve dois suspeitos no âmbito de dois processos de violência doméstica, nos concelhos de Marco de Canaveses e Felgueiras.

No caso de Marco de Canaveses, na sequência do cumprimento  de um mandado de busca, a GNR “apreendeu uma arma de fogo, em situação ilegal, uma arma branca e um bastão de fabrico artesanal”. Segundo o comunicado a que o i teve acesso, no decorrer de um processo de violência doméstica, a GNR apurou que o homem, de 45 anos, a residir fora de Portugal, “ameaçava a ex-mulher, de 37 anos, com uma arma de fogo, perseguindo a mesma constantemente.”

Num outro processo, também de violência doméstica, a GNR procedeu à detenção de um homem de 48 anos pela prática do crime de violência doméstica no concelho de Felgueiras. Segundo a GNR o suspeito “agredia física e verbalmente a vítima de 50 anos”.

O detido foi posteriormente presente a primeiro interrogatório judicial tendo ficado sujeito à medida de coação de proibição de manter qualquer tipo de contactos com a vitima.