Desporto

Pedro Marques aposta na Rampa de Santa Marta

“Para isso quero estar o mais concentrado possível, nem nunca cometer erros, para assim conseguir melhorar em todas as subidas, a fim de atingir os objetivos a que me proponho, sendo mais um desfio que quero superar”, acrescentou Pedro Marques cheio de otimismo.

O piloto bracarense Pedro Marques aposta na Rampa de Santa Marta, que se disputa este fim de semana, para arrancar rumo a uma série de vitórias no Campeonato de Portugal de Montanha JC Group 2019, depois dos problemas mecânicos com a Seat Leon, na Falperra.

Pedro Marques explicou que não se deparou com contrariedades somente na 40ª Rampa Internacional da Falperra, em Braga: também no Open de Velocidade, o automóvel sofreu problemas e nesta última prova, disputada no Circuito Vasco Sameiro, de Palmeira, também em Braga, teve mesmo que desistir, “situação que não se adequa” às suas ambições automobilísticas.

Pedro Marques, que corre pelas cores do seu universo empresarial, a Mobycar, de Braga, refere “esperar este fim de semana na Rampa de Santa Marta ter o Seat Leon a 100 por cento, para assim poder fazer uma boa prova, sem problemas, sempre a tirar partido das potencialidades do carro e poder lutar por mais uma vitória na categoria”.

“Para isso quero estar o mais concentrado possível, nem nunca cometer erros, para assim conseguir melhorar em todas as subidas, a fim de atingir os objetivos a que me proponho, sendo mais um desfio que quero superar”, acrescentou Pedro Marques cheio de otimismo.

Pedro Marques e o seu Seat Leon irão fazer as verificações técnicas e documentais no centro da vila duriense de Santa Marta, sábado da manhã, para da parte da tarde dar lugar às subidas de treino e à primeira subida oficial de prova, sendo que as restantes subidas terão lugar no domingo, em pleno Alto Douto Vinhateiro, região onde sempre houve boas tradições automobilísticas e com esta prova organizada pelo Clube Automóvel da Régua.