Sociedade

Funcionários públicos podem faltar no primeiro dia de aulas dos filhos

Falta será automaticamente justificada

Os funcionários públicos que sejam encarregados de educação podem faltar ao trabalho no dia do regresso às aulas.

A falta será automaticamente justificada, de acordo com o decreto-lei ontem aprovado em Conselho de Ministros. A medida inclui os trabalhadores do Estado responsáveis por crianças com menos de 12 anos e pretende gerar “melhor equilíbrio entre vida pessoal e profissional”.

Fora desta medida estão os trabalhadores do privado. O comunicado do Governo diz que a medida é aplicada apenas aos trabalhadores do Estado “central, regional e local”.

A medida ontem aprovada já tinha sido anunciada há um ano pela ex-ministra da Presidência do Conselho de Ministros, Maria Manuel Leitão Marques.