Sociedade

PJ deteve autor de furto do relicário de arcebispo

O detido, um jovem de 25 anos de idade, será esta sexta-feira de tarde apresentado ao juiz de instrução criminal de Viana do Castelo.

A Polícia Judiciária de Braga deteve o presumível autor do furto do relicário do arcebispo de Braga, D. Frei Bartolomeu dos Mártires, crime cometido esta terça-feira, em Viana do Castelo.

Foi subtraído – e já recuperado – um relicário que continha uma vértebra que se reputa pertencer ao Arcebispo D. Frei Bartolomeu dos Mártires, relíquia considerada de grande valor sentimental e objeto de grande devoção religiosa na Diocese de Viana do Castelo, até por se tratar de um dos mais ilustres arcebispos de Braga, que chegou a participar no Concílio de Trento, onde teve um papel muito importante naquele conclave.

A detenção coube esta quinta-feira ao Departamento de Investigação Criminal de Braga da Polícia Judiciária, tendo o furto sido cometido durante a tarde do dia 11 de junho, na Igreja de São Domingos, na freguesia de Monserrate, em Viana do Castelo.

O detido, um jovem de 25 anos de idade, será esta sexta-feira de tarde apresentado ao juiz de instrução criminal de Viana do Castelo, para primeiro interrogatório e aplicação das respetivas medidas de coação.