Politica

Parlamento. Um minuto de silêncio em homenagem a Ruben de Carvalho

O funeral do histórico comunista Ruben de Carvalho vai decorrer no domingo em Lisboa.

A Assembleia da República cumpriu durante a manhã desta sexta-feira um minuto de silêncio em memória de Ruben de Carvalho que morreu aos 74 anos, na terça-feira, vítima de doença prolongada. 

O voto de pesar, apresentado pelo PCP, foi aprovado no Parlamento por unanimidade, ao qual se associou o Presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues.

No texto, os comunistas salientaram o percurso político do ex-deputado na "luta antifascista", recordaram as "constantes perseguições da PIDE a Ruben de Carvalho, destacaram a sua atuação enquanto jornalista e o seu papel essencial na criação e organização da Festa do Avante!.

O funeral do histórico comunista Ruben de Carvalho vai decorrer no domingo em Lisboa.Mas as cerimónias fúnebres vão ter início no sábado, com o corpo em câmara ardente nos Paços do Concelho a partir das 17h30. No dia seguinte, pelas 15 horas, o corpo será encaminhado para o Cemitério do Alto de São João, onde será cremado.