Politica

CDS marca debate no parlamento sobre "abusos do fisco"

“ [O fisco] parece que coloca cada contribuinte na situação de quase criminoso”, disse Assunção Cristas. 

O CDS quer acabar com os casos de “abuso claríssimo” nas penhoras aos contribuintes, por parte da Autoridade Tributária (AT). Durante uma conferência de imprensa no parlamento, Assunção Cristas anunciou que o partido marcou um debate sobre esta matéria na Assembleia da República para a próxima quarta-feira, dia 19 de junho. 

Os centristas já tinham feito o agendamento e hoje anunciaram o tema. A líder do CDS ainda apresentou cinco propostas, que constam no programa eleitoral às legislativas, para combater os abusos do fisco.

Assunção Cristas foi criticada pelo BE por ter convocado a referida conferência de imprensa ao mesmo tempo que estava a decorrer o debate sobre as taxas moderadoras. Apesar de ter estado ausente só durante uma parte do debate, a dirigente não foi poupada a comentários menos positivos. O deputado bloquista Pedro Filipe Soares considerou que, perante a atuação de Cristas, as taxas moderadoras na saúde "não contam e não interessam" aos centristas.