Economia

CMVM analisa condições legais da OPV da Zon Optimus para trabalhadores

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) está a analisar as disposições legais da Oferta Pública de Venda (OPV) aos trabalhadores anunciada  pela Zon Optimus.

A operadora colocou à disposição dos seus trabalhadores 1.750.000 acções, representativas de 0,34% do seu capital social. Mas, caso o pretendam fazer, o prazo é curto. Só têm até às 12 horas desta terça-feira, 13 de Maio, segundo o documento enviado pela Zon Optimus para o regulador dos mercados.

Em comunicado a CMVM informa que "está em curso a apreciação da conformidade do anúncio e da oferta nele anunciada, com as disposições legais aplicáveis".

Caso os trabalhadores das Zon Optimus queriam adquirir as acções, a empresa oferece um desconto de 90%. 

O preço é calculado com o valor de fecho dos títulos da operadora no dia anterior à entrega das acções. Ou seja, como no dia 12 de Maio a operadora fechou a sessão a subir 0,89% para 5,125 euros, o preço para os funcionários será de  0,5125 euros por cada título.

sara.ribeiro@sol.pt