Economia

Imprensa espanhola diz que BBVA vai sair de Portugal

O jornal espanhol El Pais avança hoje que o Banco Bilbao e Vizcaya Argentaria (BBVA) vai sair de Portugal na sequência de três anos de prejuízos que somaram 133 milhões de euros até Setembro passado.

Imprensa espanhola diz que BBVA vai sair de Portugal

De acordo com o jornal, que cita fontes próximas do processo, o banco está à procura de um comprador para o negócio em Portugal, onde está presente há 23 anos.

A decisão, refere o jornal, foi tomada devido à falta de rentabilidade do negócio em Portugal e vai afectar 83 balcões.

A saída do BBVA de Portugal coincide com a do banco britânico Barclays, que anunciou, na semana passada, ter deixado de considerar a operação em Portugal estratégica.

O BBVA chegou a Portugal em 1991, ainda como BBV, tendo depois crescido ao comprar unidades de bancos estrangeiros que queriam vender filiais.

Em 2002, comprou as unidades do Argentaria, que levou depois a uma fusão das duas entidades, e do Crédit Lyonnais, Midas, além da divisão de crédito ao consumo do Banco Efisa.

Nas últimas contas apresentadas pelo banco espanhol, o BBVA já mostrou uma redução da presença em Portugal, onde chegou a ter 150 balcões. Em 2012, esse número foi reduzido para 87 e, actualmente, situa-se nos 83. 

A unidade de Portugal, que está incluída na de Espanha, representa 0,91% dos activos totais e inclui quatro negócios: a banca generalista, uma unidade de fundos de pensões, uma outra unidade dedicada a fundos de investimento -- onde se inclui o BBVA Leasing, que constituiu o negócio pioneiro do banco em Portugal -- e uma unidade de financiamento imobiliário.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.