Economia

Construção em Portugal regista as maiores quedas da UE

A produção na construção registou uma queda homóloga de 13,8% em Março em Portugal e de 3% face a Fevereiro, as maiores descidas entre os 28 países da União Europeia, adianta o Eurostat.

Segundo as estimativas do gabinete oficial de estatísticas da União Europeia, na comparação como Fevereiro, a produção no sector da construção diminuiu 0,6% na zona euro e 0,5% no conjunto dos 28 Estados-membros. 

Já em relação a Março de 2013, a produção na construção aumentou 5,2% entre os países da moeda única e 5,3% na União Europeia.

Em termos mensais, as maiores descidas neste sector foram observadas em Portugal (-3%), nos Países Baixos (-2,6%) e na Alemanha (-2,2%), enquanto os aumentos mais significativos se verificaram na Roménia (10,3%), na Eslovénia (8,9%) e em Itália (1,9%).

Em termos homólogos, isto é, relativamente a Março de 2013, as maiores subidas registaram-se na Eslovénia (44,9%), na Hungria (34,1%), em Espanha (19,1%) e na Polónia (18,4%).

Portugal foi o país da União Europeia com a maior descida homóloga, de 13,8%, seguindo-se a Suécia (-2,8%) e a Itália (-1,4%).

Lusa/SOL