Desporto

Bruno de Carvalho e Leonardo Jardim, lado-a-lado na despedida

Presidente do Sporting oficializou no final da tarde de terça-feira a rescisão com o técnico, com os “leões” a receberem 3 milhões de euros, que podem chegar a 6.

 

Bruno de Carvalho e Leonardo Jardim, lado-a-lado na despedida

"A Sporting, SAD e o treinador Leonardo Jardim chegaram a acordo para a rescisão do contrato, por isso não vai continuar no Sporting. Tinha uma cláusula de 15 milhões para Portugal e uma cláusula de confidencialidade de 3 milhões para o estrangeiro", anunciou Bruno de Carvalho.

"Tínhamos tudo acertado para a renovação. E tínhamos uma proposta até ao dia de hoje, com um acordo melhorado com o treinador – agora, com todo o seu sportinguismo, Leonardo pode melhorar esta indemnização de 3 para 6, consoante os objectivos", justificou o líder leonino.

"No regresso nos próximos 4 anos a Portugal terá de ser pago o remanescente ate 15 milhões”, referiu ainda Carvalho, numa referência de um eventual regresso ao país para treinar um dos rivais.

“Quero agradecer todo o profissionalismo e o carinho com que esta equipa técnica ao Sporting”, disse em tom de despedida, falando unm fim de ciclo que marcou esta época passada em Alvalade.

Leonardo Jardim: “Sinto tristeza…”

O treinador, sentado ao lado de um sorridente Bruno de Carvalho, disse estar entre sentimentos contraditórios.

“Por um lado tristeza, é um clube que me diz muito”, avançou Jardim. “Por outro lado, é mais um passo na minha carreira”.

“Um dos motivos por que aceitei é para dar um passo na minha carreira”, reiterou para desejar sorte ao clube que acaba de deixar. "Faço votos para que o Sporting seja cada vez mais forte", rematou, sem querer falar se o seu futuro passa pelo Mónaco.

(Em actualização)

SOL

Os comentários estão desactivados.