Internacional

Príncipe Carlos compara Putin a Hitler

Durante a sua visita oficial ao Canadá, o príncipe Carlos, herdeiro da coroa britânica, comparou o Presidente russo Vladimir Putin a Hitler. Numa conversa informal com a refugiada judaica Marienne Fergunson, no Museu de Imigração, em Halifax, Nova Escócia, o filho mais velho da Rainha Isabel II terá comparado as recentes acções de Putin com as perpetuadas por Adolf Hitler antes da II Guerra Mundial. 

“Falei com ele sobre a família que perdi no Holocausto e de como vim para o Canadá. E o príncipe Carlos disse que Putin está a fazer agora quase o que Hitler fez no passado”, contou Marienne. O comentário foi testemunhado por algumas pessoas, tendo sido divulgado inicialmente pelo tablóide britânico Daily Mail. 

A refugiada nasceu em Gdansk e conseguiu fugir com os seus parentes mais próximos para o Canadá, pouco antes da tomada da cidade polaca pelos nazis, sendo que outros familiares foram detidos e morreram nos campos de concentração. “Devo dizer que estou de acordo com o que o príncipe disse. Mas fiquei surpreendida com o seu comentário, porque eles (família real) não devem dizer este tipo de coisas. Mas senti que ele foi muito honesto e sincero”, concluiu Marienne.

Esta comparação já está a causar algum embaraço diplomático e revela-se especialmente constrangedora, uma vez que está previsto que Carlos e Putin se encontrem a 6 de Junho, em França, por ocasião das comemorações do 70.º aniversário do Dia D. A Clarence House, a Casa Real britânica, evitou comentar as declarações do príncipe. 

filipa.moroso@sol.pt