Cultura

Paula Rego inaugura '1961: Ordem e Caos' com obras do início da carreira

A exposição "1961: Ordem e Caos" vai mostrar, pela primeira vez, a partir de hoje, obras de Paula Rego produzidas no início da carreira da artista, que estará presente na inauguração, na Casa das Histórias, em Cascais.

Paula Rego inaugura '1961: Ordem e Caos' com obras do início da carreira

De acordo com a Casa das Histórias Paula Rego, serão também apresentadas, nesta exposição, obras do marido da pintora, o pintor Victor Willing (1928-1988), e dos artistas Eduardo Batarda e Bartolomeu Cid dos Santos.

Com curadoria de Catarina Alfaro e Leonor de Oliveira, a exposição vai mostrar, pela primeira vez, um vasto conjunto de obras de Paula Rego, produzido durante as décadas de 1960 e 1970.

"1961: Ordem e Caos", que inaugura hoje às 18:30 e ficará no museu até 26 de Outubro, apresentará pintura, gravura e desenho, e incluirá também um núcleo documental para reforçar a evocação dos momentos mais marcantes do início do percurso artístico de Paula Rego em Portugal.

O objectivo, segundo a entidade, é documentar e analisar o início do percurso artístico da artista e o seu impacto no panorama português da época.

Os trabalhos que acompanham as obras de Paula Rego, nesta mostra, dizem respeito a dois artistas que desenvolveram uma linguagem figurativa própria e assumiram, igualmente, uma postura crítica em relação à ditadura e à vida social e cultural do país, naquela época - Bartolomeu Cid dos Santos e Eduardo Batarda.

Lusa/SOL

 

Os comentários estão desactivados.