Politica

Assis: Vitória do PS é “aprovação de grande moção de censura”

O cabeça-de-lista do PS às Europeias, Francisco Assis, afirmou hoje que uma vitória do PS no domingo será o “momento de aprovação de uma grande moção de censura nacional à acção do Governo”. 

"Estas eleições são o momento de o povo português de novo tomar a voz exprimir-se democraticamente e pode e deve ser o momento de aprovação de uma grande moção de censura nacional à acção do governo que tem agido de forma tão contrária aos interesses do nosso país", afirmou Assis num almoço de militantes na Cervejaria Trindade, em Lisboa.

No início desta semana, o jornal digital Observador noticiou que a direcção do PS estaria a ponderar uma moção de censura para apresentar após as Europeias. 

Assis apelou à penalização do Governo nas urnas porque “o governo falhou”: tornou o país mais pobre, atacou “violentamente” os funcionários públicos e pensionistas e conduziu à imigração da juventude. 

Críticas ainda à campanha da coligação que lançou “ataques” e “fantasmas”, numa alusão às referências de Paulo Rangel e Nuno Melo a José Sócrates.

O ex-primeiro-ministro estava, aliás, presente no almoço de militantes socialistas. E Francisco Assis fez questão de lhe agradecer. 

Ao líder do PS, António José Seguro, Assis depositou confiança no seu futuro como primeiro-ministro: “Estás à altura de assumir essa responsabilidade histórica”. 

sonia.cerdeira@sol.pt