Politica

Mais de metade dos portugueses eleitos estreiam-se em Estrasburgo

Mais de metade dos candidatos eleitos por Portugal nas eleições europeias realizadas domingo vão ser deputados ao Parlamento Europeu pela primeira vez, com 11 dos 21 eurodeputados a estrearem-se na sessão constitutiva agendada para Julho em Estrasburgo, França.

A lista definitiva de 21 eurodeputados portugueses para a legislatura 2014-2020, conhecida na última madrugada com a distribuição dos últimos quatro mandatos que faltavam conhecer, é composta por 10 deputados já com experiência nos hemiciclos de Bruxelas e Estrasburgo e 11 "estreantes", sendo a delegação do Partido da Terra (MPT), composta por Marinho e Pinto e José Inácio Faria, estreante absoluta e a única sem qualquer experiência comunitária.

Na delegação do PS, que elegeu oito eurodeputados, três já têm experiência -- o cabeça de lista, Francisco Assis (deputado ao PE entre 2004 e 2009), e Ana Gomes e Elisa Ferreira, ambas a caminho do terceiro mandato -, enquanto cinco são "estreantes" nestas funções: Maria João Rodrigues, Carlos Zorrinho, Ricardo Serrão Santos, Pedro Silva Pereira e Liliana Góis.

Nas delegações do PSD e CDS-PP, partidos que concorreram coligados enquanto Aliança Portugal, elegendo sete deputados, três dos sociais-democratas eleitos já estiveram pelo menos na última legislatura - o cabeça de lista Paulo Rangel, Carlos Coelho (recordista absoluto entre os eurodeputados portugueses, em funções desde 1998) e José Manuel Fernandes -- e os restantes três estreiam-se (Fernando Ruas, Sofia Ribeiro e Cláudia Aguiar) -, enquanto o democrata-cristão Nuno Melo cumprirá o seu segundo mandato.

Na delegação da CDU, João Ferreira, que foi cabeça de lista, e Inês Zuber continuam em funções, agora acompanhados de Miguel Lopes Vieira, "estreante".

A delegação do MPT tem então uma estreia absoluta na assembleia europeia, enquanto Marisa Matias, a única eleita pelo Bloco de Esquerda, vai cumprir o seu segundo mandato como eurodeputada.

De registar que, dos 21 deputados eleitos por Portugal para o Parlamento Europeu, 13 são homens e 8 mulheres, o que representa 38 por cento de mulheres, valor ligeiramente acima da média do hemiciclo europeu na anterior legislatura (35%).

A sessão constitutiva do "novo" Parlamento Europeu realiza-se entre 01 e 03 de Julho em Estrasburgo, com os eurodeputados a ocuparem o seu lugar no hemiciclo e a eleger o presidente e vice-presidentes da assembleia.

Ainda em Julho, os eurodeputados voltarão a rumar a Estrasburgo, para uma segunda sessão, entre 14 e 17 de Julho, na qual deverão eleger o futuro presidente da Comissão Europeia.


Lista dos 21 deputados portugueses eleitos para o Parlamento Europeu (2014-2020)

- PS

Francisco Assis

Maria João Rodrigues

Carlos Zorrinho

Elisa Ferreira

Ricardo Serrão Santos

Ana Gomes

Pedro Silva Pereira

Liliana Góis

- PSD e CDS-PP (Aliança Portugal)

Paulo Rangel

Fernando Ruas

Sofia Ribeiro

Nuno Melo (CDS)

Carlos Coelho

Cláudia Aguiar

José Manuel Fernandes

- CDU

João Ferreira

Inês Zuber

Miguel Lopes Viegas

- MPT

Marinho Pinto

José Inácio Faria

- Bloco de Esquerda

Marisa Matias