Politica

Relvas alerta os sociais-democratas: 'PS pode sair fortalecido'

O ex-ministro dos Assuntos Parlamentares foi à reunião do Conselho Nacional do PSD, convocada para analisar os resultados das eleições europeias, e deixou um aviso ao partido.

Segundo Miguel Relvas, os sociais-democratas não podem nem devem baixar as defesas com o PS em convulsão interna já que "os grandes partidos têm a capacidade de se reinventar depois de processos de disputa interna".

Este recado serviu para refrear o entusiasmo de todos os que na maioria já acreditam que o PS vai ficar com muitas feridas por cicatrizar depois do 'assalto ao poder' de António Costa.

Relvas marcou ainda a sua intervenção na reunião do órgão máximo entre congressos com uma proposta à direcção de Passos Coelho. "O PSD deve liderar uma profunda reforma do sistema político", afirmou justificando que essa poderá ser a única forma de combater a abstenção.

A preocupação com as consequência que decisões do Tribunal Constitucional sobre medidas do governo, e que estão para breve, podem vir a ter no "futuro próximo da governação" também ficou registada.

sofia.rainho@sol.pt